Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

28
Abr14

Ticha Penicheiro no Corredor da Fama do Desporto da Virgínia

 

A ex-basquetebolista portuguesa Ticha Penicheiro entrou, no passado sábado, para o Corredor da Fama do Desporto do estado da Virgínia, nos Estados Unidos. No sítio oficial do Hall of Fame da Virgínia lê-se que "Ticha Penicheiro foi uma excelente jogadora de basquetebol na Universidade de Old Dominion entre 1994 e 1998 e levou as Lady Monarchs ao título da NCAA (campeonato universitário) em 1997."

 

Patrícia Nunes Penicheiro nasceu a 18 de Setembro de 1974, na Figueira da Foz. Começou a jogar basquetebol aos 6 anos de idade, tendo passado pelo Ginásio Figueirense e União de Santarém, em Portugal. Grande parte da sua carreira como sénior foi feita na WNBA, a competição mais importante do basquetebol feminino norte-americano. Começou por jogar basquetebol universitário pela Old Dominion University (estado da Virgínia), entre 1994 e 1998, e, em 1998, ingressa na WNBA, com a equipa das Sacramento Monarchs (estado da Califórnia), tendo ficado em 3º lugar no prémio de estreante do ano. Em 1999 e 2000, foi seleccionada para a equipa ideal da WNBA. Em 2005, sagrou-se campeão da WNBA pelas Sacramento Monarchs. Durante as paragens da liga feminina norte-americana, Ticha Penicheiro actuou também em várias equipas europeias, tendo inclusive jogado no Algés e Dafundo, em 2010/11.

 

Considerada a melhor basquetebolista portuguesa de sempre, Ticha Penicheiro representou Portugal em mais de 100 ocasiões. Retirou-se da competição em 2013 e, do seu palmarés, constam os títulos de campeã da WNBA (2005), vencedora da Euroliga (2007), campeã da Rússia (2007), campeã de França (2005), bicampeã da Polónia (2000 e 2001) e campeã de Portugal (1993). Abandonou a carreira como a "rainha" das assistências da WNBA: lidera a lista histórica em termos totais (2597) e de média (5,7).

 

Em 1999, foi agraciada pelo Presidente da República Jorge Sampaio com o grau de Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e, em 2005, recebeu a Medalha de Honra do Mérito Desportivo, concedida pelo governo português.

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D