Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

25
Fev14

Mário Coluna (1935 - 2014)

 

 

Faleceu hoje, aos 78 anos, o antigo futebolista Mário Coluna. Nascido a 6 de Agosto de 1935, na ilha da Inhaca, em Moçambique, foi um dos maiores jogadores do Benfica e da Selecção Nacional, sendo considerado um dos grandes médios do futebol português.

 

Mário Coluna, filho de um português e de uma moçambicana, começou a jogar futebol no João Albasini, clube que se destacava por todos os seus jogadores serem brancos ou descendentes de europeus, mas foi no Desportivo de Lourenço Marques, filial do Benfica, que começou a dar nas vistas. Com 18 anos, veio para Portugal para jogar no clube encarnado tendo-se tornado uma das suas maiores referências. Coluna jogou no Benfica de 1954 a 1970, ao serviço do qual conquistou 2 Taças dos Campeões Europeus (1961 e 1962), 10 campeonatos nacionais, 7 Taças de Portugal e 5 Taças de Honra da Associação de Futebol de Lisboa. Quando deixou o Benfica, ainda representou o Olympique de Lyon (1970/71) e o Estrela de Portalegre (1971/72).

 

Foi internacional A por Portugal em 57 ocasiões, tendo marcado 8 golos. Coluna, o "Monstro Sagrado", era o capitão da selecção portuguesa no Campeonato do Mundo de Futebol 1966, em que Portugal alcançou o 3º lugar. Nesse mesmo ano, foi agraciado com a Medalha de Prata da Ordem do Infante D. Henrique. Em 2013, recebeu o Colar de Honra ao Mérito Desportivo.

 

Depois do 25 de Abril de 1974, Mário Coluna regressa a um Moçambique independente, tendo sido deputado e Presidente da Federação Moçambicana de Futebol. Criou ainda uma Academia de Futebol para jovens moçambicanos. Foi em Moçambique que hoje partiu Coluna, um mês e meio depois da morte de outra glória do Benfica e da Selecção Nacional, Eusébio, a quem considerava como um filho.

 

O futebol português perdeu uma das suas maiores referências. Até sempre, "Capitão"!

 

 

 
 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D