Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

21
Dez20

LETRAS LUSAS: "Sentir & Saber - A Caminho da Consciência", de António Damásio

Bertrand.pt - Sentir & Saber

 

Editora: Temas e Debates

 

Sinopse: Nas últimas décadas, numerosos filósofos e cientistas cognitivos têm debatido a consciência como se fosse uma questão à parte, dando-lhe um estatuto especial, o de problema único, não apenas difícil de investigar mas insolúvel. Porém, António Damásio está convencido de que as mais recentes descobertas da Neurobiologia, da Psicologia e da Inteligência Artificial nos facultam as ferramentas necessárias para solucionar este mistério. Em 49 breves capítulos, o autor ajuda-nos a compreender a relação entre a consciência e a mente - porque estar consciente não é o mesmo que estar acordado e não precisa de mente -; o papel fundamental dos sentimentos; e a relação entre o cérebro biológico e o desenvolvimento da consciência.



António Damásio não realiza apenas uma síntese entre as descobertas de várias ciências e as perspectivas da filosofia: apresenta a sua própria e original investigação, que tem transformado o entendimento do cérebro e do comportamento humanos.

 

Dan Brown e António Damásio apresentam novos livros em Lisboa - Cm ao  Minuto - Correio da Manhã

 

António Damásio nasceu em Lisboa, a 25 de Fevereiro de 1944. É professor da cátedra David Dornsife de Neurociência, Psicologia e Filosofia e director do Brain and Creativity Institute na University of Southern California, em Los Angeles, EUA. Neurologista e neurocientista, Damásio tem dado contributos fundamentais para a compreensão dos processos cerebrais subjacentes às emoções, aos sentimentos e à consciência. O seu trabalho sobre o papel do afecto na tomada de decisões teve um impacto profundo na neurociência, psicologia e filosofia. É membro da National Academy of Medicine (EUA), American Academy of Arts and Sciences (EUA) e da Bavarian Academy of Sciences (Alemanha). Recebeu a Medalha Freud (2017) e foi distinguido com numerosos prémios, entre os quais o Prémio Grawemeyer (2014), o Prémio Honda (2010), o Prémio Príncipe das Astúrias de Investigação Científica e Técnica (2005) e os prémios Nonino (2003), Signoret (2004) e Pessoa (1992). Descreveu a sua investigação e as suas ideias em diversos livros, entre os quais O Erro de Descartes (1995), O Sentimento de Si (2000), Ao Encontro de Espinosa (2003), O Livro da Consciência (2010) e A Estranha Ordem das Coisas (2017), que estão traduzidos em mais de trinta línguas e são ensinados em universidades de todo o mundo.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub