Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

14
Set16

LETRAS LUSAS: "Moniz Pereira - Vida e Obra do Senhor Atletismo", de Fernando Correia

moniz pereira vida e obra.png

 

 

Sinopse: Um mergulho fascinante na vida e obra de Mário Moniz Pereira, o Senhor Atletismo. Uma biografia feita pelo jornalista e escritor Fernando Correia em diálogo com o professor Moniz Pereira (1921 - 2016). Este livro é o resultado da profunda amizade que existia e há-de continuar a existir entre o biografado e o autor do livro. É encantador ler as histórias que Moniz Pereira escreveu na primeira pessoa e que dão nota do seu humor, da grande paixão pela vida e por todos aqueles que estavam à sua volta, provando que a solidariedade não é uma palavra vã. Mário Moniz Pereira fala com franqueza, no seu tom vivo e divertido, comunicando neste livro o entusiasmo pelo desporto – pelo seu atletismo, mas também por outras modalidades, futebol incluído –, pela música e pela cultura. E lembra a todos que há segredos para quem quer ser atleta de qualidade. Três segredos, na verdade: treinar, treinar e treinar! Sempre com o objectivo de demonstrar que para se ter sorte é necessário trabalhar muito. Este livro é um hino à vida e ao desporto.

 

 

Fernando Correia nasceu em 1935, em Lisboa, e dividiu a sua infância entre os bairros da Mouraria, Alto de Santo Amaro e São Domingos de Benfica. Jornalista, comentador de rádio e televisão, professor, entrou para a Emissora Nacional em 1958. Trabalhou depois na RDP, Rádio Clube Português, Rádio Comercial e TSF. Foi director do Diário Desportivo e redactor e colaborador dos jornais Record, A Capital, O Diário, Gazeta dos Desportos, Jornal de Notícias e Diário Popular. Actualmente colabora na Rádio Amália e é comentador residente da TVI. Sportinguista assumido, colabora com a Sporting TV, depois de ter sido director adjunto e director do jornal do clube. É casado, pai de cinco filhos e avô de dez netos. Nascido num dia quente de Verão, é Caranguejo de signo. É autor de Piso 3, Quarto 313, e do romance O Homem Que Não Tinha Idade, editados pela Guerra e Paz.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub