Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

12
Fev21

Joel Pina (1920 - 2021)

Resultado de imagem para joel pina guitarrista

 

Faleceu ontem, aos 100 anos, o músico e mestre da guitarra Joel Pina, que acompanhou Amália Rodrigues durante 29 anos.

 

Joel Pina nasceu a 17 de Fevereiro de 1920, na aldeia do Rosmaninhal, no concelho de Idanha-a-Nova, região da Beira Baixa. Teve os primeiros contactos com o fado ainda em criança, através das emissões radiofónicas, e, com 8 anos, começou a tocar quando o pai, numa viagem a Lisboa, lhe comprou um bandolim. Seguiram-se a viola e a guitarra, numa aprendizagem que disse ter sido autodidacta e pela observação dos outros. 

 

Em 1938, mudou-se para Lisboa e começou a frequentar o Café Luso, onde conheceu Martinho de Assunção que, em 1949, o convidou para integrar o Quarteto Típico de Guitarras de Martinho de Assunção. Deste conjunto, faziam também parte Francisco Carvalhinho e Fernando Couto. É neste conjunto que Joel Pina se começa a dedicar à viola baixo e se profissionaliza como músico. No ano seguinte, passa a integrar o elenco da Adega Machado, com Francisco Carvalhinho, na guitarra, e Armando Machado, na viola. Joel Pina começa a tornar frequente a presença da viola baixo no acompanhamento instrumental do fado, o que, até essa altura, não era habitual. Fica no elenco da Adega Machado durante dez anos, ao mesmo tempo que trabalhava  como funcionário público na Inspecção Económica,  actividade que iniciou em 1961 e que manteve até se reformar.

 

Joel Pina foi um dos fundadores do Conjunto de Guitarras, juntamente com Raul Nery, Fontes Rocha e Júlio Gomes, quarteto que alcançou um grande sucesso  e foi um marco na interpretação musical do universo do fado. Para além das emissões radiofónicas e da gravação de inúmeros discos, o conjunto popularizou-se também no acompanhamento dos mais carismáticos intérpretes de fado, nomeadamente Maria Teresa de Noronha ou Amália Rodrigues, entre muitos outros. A partir de 1966, Joel Pina começa a acompanhar regularmente Amália Rodrigues, actividade que mantém por 29 anos até ao final da carreira da fadista. Com ela percorrerá os palcos de todo o mundo, em inúmeros espectáculos e digressões que passam, por exemplo, pelo Canadá, Estados Unidos, Brasil,  Chile, Argentina, México, Inglaterra, França, Itália, Rússia, Japão, Austrália, África do Sul, Angola, Moçambique, Macau ou Coreia do Sul.

 

Com uma carreira tão longa, foram muitos os fadistas, de diferentes gerações, que Joel Pina acompanhou. Para além de Amália Rodrigues e Maria Teresa de Noronha, marcou presença na gravação de discos e espectáculos de fadistas como Carlos do Carmo, Carlos Zel, João Braga, Fernando Farinha, Nuno da Câmara Pereira, João Ferreira-Rosa, Teresa Silva Carvalho, Fernanda Maria, Celeste Rodrigues, Carlos Ramos, Lenita Gentil, Rodrigo e, mais recentemente, Cristina Branco, Joana Amendoeira ou Ricardo Ribeiro.

 

Joel Pina foi condecorado com a Medalha de Mérito Cultural, em Maio de 1992. Em 2012, recebeu a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique e a Medalha de Ouro da Cidade de Lisboa. A 24 de Setembro de 2020, a Câmara Municipal de Lisboa prestou-lhe homenagem no Teatro São Luiz descerrando uma placa com o seu nome junto à placa evocativa de Amália Rodrigues, que acompanhou em palco durante cerca de três décadas. Joel Pina foi ainda homenageado com um concerto de celebração dos seus 100 anos, que contou com a presença de diversos fadistas e guitarristas. O concerto foi, mais tarde, transmitido pela RTP1.

 

O Fado perdeu um dos seus maiores nomes, a poucos dias de completar 101 anos.

 

Resultado de imagem para joel pina guitarrista

Joel Pina, o eterno guitarrista de Amália Rodrigues

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub