Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

05
Jan21

João Cutileiro (1937 - 2021)

Morreu o escultor João Cutileiro - Plataforma Media

 

Faleceu esta madrugada, aos 83 anos, o escultor João Cutileiro. 

 

João Cutileiro nasceu a 26 de Junho de 1937, em Lisboa, mas passou a infância em Évora, cidade onde os pais se conheceram, e os Açores, onde o seu pai, médico da Organização Mundial da Saúde, foi colocado. A família regressa a Lisboa em 1943 e instala-se numa casa nas Avenidas Novas, frequentada por algumas das maiores personalidades culturais e intelectuais da época. Foi uma dessas personalidades, o escritor e artista plástico António Pedro, quem, em 1946, convida João Cutileiro para desenhar no seu ateliê. 

 

Essa experiência dura dois anos e, durante essa época, João Cutileiro contactou com diversos artistas, escultores e críticos ligados ao movimento surrealista. Em 1951, com apenas 14 anos, realiza a sua primeira exposição individual, em Reguengos de Monsaraz, numa loja de máquinas de costura, onde apresenta peças de escultura, cerâmica, aguarelas e pinturas. 

 

João Cutileiro completou o liceu no Colégio Valsassina e foi nessa altura que começou a demonstrar as suas ideologias políticas, quando ingressou na organização juvenil do MUD (Movimento de Unidade Democrática). Anos mais tarde, em 1960, ingressa no PCP (Partido Comunista Português), mas essa passagem como militante será breve. 

 

Em 1951, quando ia a caminho de Cabul, capital do Afeganistão, onde o seu pai esteve a trabalhar durante um ano, passa pela cidade italiana de  Florença, onde toma contacto com a obra de Miguel Ângelo. Esse momento teve um impacto tão grande na sua vida que o fez decidir-se a enveredar pela Escultura. De regresso a Portugal, matricula-se na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, mas dois anos depois decide sair do País e ruma à Slade School of Art, em Londres. Durante os anos em que esteve na capital britânica, nunca deixou de vir a Portugal, tendo exposto por diversas vezes em Lisboa e no Porto. No início dos anos 70, regressa a Portugal e instala-se em Lagos, no Algarve, onde realizou uma das suas obras mais mediáticas e polémicas: o D. Sebastião

 

João Cutileiro participou em exposições um pouco por todo o mundo. Em 1985, muda-se para Évora, onde está exposta boa parte da sua obra. Outra das suas obras mais conhecidas, e também polémicas, é o Monumento ao 25 de Abril, que está no Parque Eduardo VII, em Lisboa. 

 

Foi condecorado com a Ordem de Sant'Iago da Espada, em 1983, e recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora e pela Universidade Nova de Lisboa. Em 2018, João Cutileiro recebeu a Medalha de Mérito Cultural, atribuída pelo Governo, numa cerimónia no Museu de Évora que serviu igualmente para formalizar a doação do espólio do escultor ao Estado Português.

 

Lagos comemora 444º aniversário de elevação a cidade com palestra e  exposição

D. Sebastião (Lagos)

 

Monumento ao 25 de Abril no Parque Eduardo VII - Lisboa | Guia para visitar  em 2020 - oGuia

Monumento ao 25 de Abril (Parque Eduardo VII, Lisboa)

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub