Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

14
Abr21

ESTREIA TV: Vento Norte (RTP1 - 21h00)

Pode ser uma imagem de 12 pessoas, pessoas em pé e texto

 

 

Ideia original: João Lacerda Matos, Almeno Gonçalves, João Cayatte

Argumento: João Lacerda Matos, Raquel Palermo

Realização: João Cayatte

Direcção Fotografia: Francisco Vidinha

Música original: Rafael Machado, Miguel Pedro

Produção: Recados do Mundo Filmes

Locais gravações: Braga, Arcos de Valdevez, Lago (Amares)

 

Elenco: Almeno Gonçalves, Natália Luiza, Sisley Dias, Patrícia Pinheiro, Rodrigo Tomás, Ana Zanatti, Eva Barros, Margarida Carpinteiro, Ana Catarina Afonso, António Melo, Teresa Faria, Iris Cayatte, Sílvia Chiola, Carlos Feio, Joana de Verona, Rubén Riós (Espanha), Paulo Calatré, Pedro Almendra, José Martins, Diogo Martins, Elmano Sancho, Gracinda Nave, Lucinda Loureiro, Joaquim Nicolau, João Maria Pinto, João Pedro Vaz, Cristina Carvalhal, Nuno Gil, Carlos Carvalho, André Laires, Filipe Amorim, Tânia Alves, José Miguel Braga, Rui Madeira, André Cruz, Rogério Paulo, Tânya Ruivo,  Tânia Vilas Boas, Diego Alexandre, Luís Filipe Silva, Jaqueline Rodrigues, Ricardo Correia

 

Sinopse: Um retrato dos Mello, uma família aristocrata do Minho, no início do século XX. Mas, em paralelo, esta história segue também a vida dos seus criados. Tudo se passa nos anos após a Primeira Guerra Mundial, entre 1919 e 1926. Uma história de costumes onde os segredos e as tramas políticas se misturam com amores impossíveis e paixões arrebatadoras. 

 

A história das raízes de uma mudança profunda, do Golpe Militar que instaurou uma das primeiras ditaduras europeias, vista pelos olhos de uma família abastada de Braga. A família Mello.

 

As personagens - os membros da família e os seus empregados - contam-nos as suas histórias, ao mesmo tempo que acompanhamos o desenrolar dos acontecimentos a partir de 1919 e que vão culminar no golpe de 28 de Maio de 1926, que institui a Ditadura Militar e, mais tarde, o Estado Novo. 

 

"Vento Norte" conta-nos também a história dos anos 20 em Portugal. E o período, entre golpes, em que Lisboa viveu a loucura da época. 

 

Um romance histórico de 10 episódios, rico em intriga e em drama. Uma visão de um Portugal à beira da Ditadura, em plenos anos loucos, em que tudo parecia possível. 

 

Quartas, às 21h00, na RTP1.

 

 

 

joao matos.jpg

 

João Lacerda Matos nasceu em Lisboa, em 1974. É argumentista, escritor e jornalista. Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Esteve cinco anos em exclusivo no jornalismo, passando pelos cargos de redactor, editor e editor em chefe em publicações como a revista FACTOS e o jornal Semanário e foi fundador do site de notícias tsf.pt. Em 2001, aceitou o desafio da produtora NBP para começar a escrever ficção para televisão e, desde então, essa é a sua actividade principal. Foi co-autor de projectos televisivos como "Anjo Selvagem", "Morangos com Açúcar", "Saber Amar" ou "Mundo Meu", todos exibidos na TVI. Em 2005, vai para a SIC e é responsável por novos projectos como "Floribella" ou "Jura". Paralelamente, começa a escrever, em co-autoria, algumas obras infanto-juvenis para a editora Guerra e Paz, tendo editado em 2017 três títulos (Caderno de Memórias de Difícil Acesso vol. 1 e vol. 2 e a adaptação de Frankenstein de Mary Shelley). Foi co-autor do telefilme "E depois matei-o", para a RTP1, galardoado com o Prix Italia para melhor Argumento e exerceu as funções de story editor e script editor na produtora Plural. Como autor principal, escreveu as novelas "Mundo ao Contrário", "O Beijo do Escorpião" e a série "O Clube". Divide o seu tempo entre a escrita e produção de histórias em múltiplos formatos (TV, cinema, internet) e as aulas de guionismo e escrita criativa. É casado com a também argumentista Raquel Palermo.

 

Argumentos Televisão:

Vento Norte (série, RTP1; 2021)

O Clube (série, OPTO SIC; 2020/1)

Inspector Max (série, TVI; 2017)

O Beijo do Escorpião (novela, TVI; 2014)

Mundo ao Contrário (novela, TVI; 2013)

E Depois, Matei-o (telefilme, RTP1; 2012)

Vidas a Crédito (telefilme, RTP1; 2012)

Rebelde Way (série, SIC; 2008/9)

Chiquititas (série, SIC; 2007)

Jura (novela, SIC; 2006/7)

Floribella (série, SIC; 2006)

Mundo Meu (novela, TVI; 2005/6)

Morangos com Açúcar I e II (série, TVI; 2003-2005)

Saber Amar (novela, TVI; 2003)

Anjo Selvagem (novela, TVI; 2001-2003)

 

 

 

raquel palermo.jpg

 

Raquel Palermo nasceu em 1973. É escritora, argumentista e realizadora. Licenciada em Comunicação Social – Jornalismo, pelo ISCSP-UTL, estudou realização durante 2 anos. É autora de filmes, livros, reportagens jornalísticas, peças de teatro, séries de televisão e séries online. É co-autora dos telefilmes da RTP "E depois matei-o", distinguido com o Prix Italy Single Play (2013), e "Vidas a Crédito" (2012), tendo coordenado o arranque da novela "Mulheres" (TVI), projecto nomeado para os International Emmy Awards (2015). É co-autora do filme "Jacinta" (2017), de Jorge Paixão da Costa. No final de 2018, juntou-se à equipa de escrita da série "A Espia" (RTP1), da Ukbar Filmes, depois de ter desenvolvido a série "Santo António", apoiada pelo ICA, para a Coral Europa. Em 2017, escreveu alguns episódios de "Filha da Lei" (RTP1) para a Stopline. É autora e co-autora de diversos contos e livros pensados para crianças, entre os quais as colecções "Romeu o normal", "Caderno de Memórias de Difícil Acesso" e "Alerta Premika – Risco Online Detetado", esta última para o Instituto de Apoio à Criança. Fez formação em argumento com Robert McKee, Jürgen Wolf, Leo Sheldon, Guy Meredith, Virgílio Almeida e Possidónio Chachapa. Frequentou a formação Developing interactive narrative content seminar (Sagasnet – 2006, Estugarda), do Media Programme; e os workshops de realização DocLisboa-2012, coordenado por Miguel Clara Vasconcelos, e Directing as Visual Storytelling, com Josh Appignanesi, na London Film School (2011), entre outras formações. É casada com o também argumentista João Lacerda Matos.

 

Argumentos Televisão:

Vento Norte (série, RTP1; 2021)

A Espia (série, RTP1; 2020)

Jacinta (série, TVI; 2017)

Água de Mar (novela, RTP1; 2014)

E Depois, Matei-o (telefilme, RTP1; 2012)

Vidas a Crédito (telefilme, RTP1; 2012)

Os Serranos (série, TVI; 2005/6)

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub