Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

19
Set16

ESTREIA TV: Júlio Pereira e os Homens do Cavaquinho (RTP2 - 23h45)

julio pereira cavaquinho.jpg

 

Autoria, Realização e Produção: Ivan Dias

 

Sinopse: Série documental de 3 episódios, da autoria de Ivan Dias, no qual são reveladas as rotas do instrumento português na Indonésia e do popular "fado indonésio", marcando igualmente o regresso do compositor e multi-instrumentista Júlio Pereira ao universo do cavaquinho, instrumento que, há mais de 30 anos, levou ao seu reconhecimento nacional e internacional.

 

A realização deste documentário surge a partir de um sonho antigo de Ivan Dias de procurar as origens do cavaquinho, instrumento que nasceu em Braga, a sua cidade natal, e de contá-las ao grande público. O Cavaquinho é um instrumento português. No princípio era só um cavaco, um "braguinha", talvez com o nome da terra que lhe deu vida nos seus primórdios: Braga. Andou pela Madeira, viajou até Cabo Verde, Brasil, chegou ao Havai... até aqui, a história tem sido pacífica e todos os países que o acolheram reconhecem a sua origem.

 

O que está por contar é que, mais que o Fado, o cavaquinho representa a portugalidade no mundo e encontrou na Indonésia um habitat natural. Na ilha de Java chamam-lhe Keroncong, mas poucos identificam a sua origem portuguesa. É, aliás, tão comum que é o instrumento com que as crianças pedem esmola nas ruas de Jacarta e que anima bailes populares. Encontramos na comunidade Tugu um homem do cavaquinho que nos leva pelas estórias etnomusicológicas, mas também pela grande história dos portugueses no mundo...

 

Passados mais de 30 anos, no momento em que o músico Júlio Pereira volta a colocar o cavaquinho nos ouvidos de todos, vamos com ele fazer uma viagem de Braga à Madeira, de Lisboa a Jacarta.

 

Segundas, às 23h45, na RTP2.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub