Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

24
Abr18

ESPECIAL 25 DE ABRIL - RTP (25 Abril 2018)

RTP1

 

A Voz e os Ouvidos do MFA

 

A Voz e os Ouvidos do MFA (12h05)

 

Documentário sobre a aquisição de telefones para o Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas (MFA), assim como a montagem de um cabo de transmissões que teria de ser prolongado do Colégio Militar até ao Posto de Comando (PC), instalado na Pontinha. Normalmente, o Movimento dos Capitães, que culminou com o golpe militar do dia 25 de Abril, é comemorado a partir do momento em que os tanques do capitão Salgueiro Maia entram no Terreiro do Paço, deixando na sombra toda a conspiração que, ao longo de muitos meses, tornou possível o sucesso da operação. Fique a conhecer a primeira operação do MFA, cujo contributo foi decisivo para o sucesso do golpe militar que derrubou a ditadura no dia 25 de Abril de 1974.

 

 

Capitães de Abril

 

Capitães de Abril (15h10)

 

Na madrugada de 25 de Abril de 1974, o Rádio Clube Português emite a célebre e interdita canção de Zeca Afonso, "Grândola, Vila Morena". Trata-se um código combinado com o clandestino Movimento das Forças Armadas que, nessa madrugada, levou um grupo de capitães a executar um golpe de estado e acabar com o regime do Estado Novo. O capitão Salgueiro Maia marcha com o seu regimento sobre Lisboa, decidido a tomar a capital sem derramamento de sangue. Entretanto, Manuel, um outro veterano da guerra de África, toma com um punhado de camaradas o Rádio Clube Português que se vai transformar no centro difusor do progresso da revolução. Antónia, a mulher de Manuel, desconhecendo as actividades do marido preocupa-se com o destino de um aluno, preso pela PIDE. Maia chega a Lisboa e, com a ajuda de Gervásio, consegue levar os seus "Chaimites" até ao Quartel do Carmo, onde recebe a rendição de Marcelo Caetano. Nas ruas, o delirante entusiasmo popular aclamava os Capitães de Abril.

 

 

RTP2

 

Dos Livros para a Enxada

 

Dos Livros para a Enxada (23h15)

 

Documentário da jornalista Sofia Leite que descreve o Serviço Cívico Estudantil e o Plano Trabalho e Cultura, impulsionado pelo etnomusicólogo Michel Giacometti. No ano de 1974, poucos meses depois do 25 de Abril, cerca de 28.000 jovens pretendem candidatar-se à universidade. São o dobro do ano anterior. Em plena conjuntura revolucionária, torna-se imperativo solucionar a dificuldade do Ensino Superior em receber tão elevado número de estudantes. Ao fim de arrastada gestação, é criado, na primavera de 1975, o Serviço Cívico Estudantil. Não durará mais de dois anos. Os "cívicos", como são chamados, vão participar em actividades tão diversas como campanhas de alfabetização, educação sanitária, dinamização cultural e desportiva, pesquisa e recolha etnográfica, ou mesmo a construção de infra-estruturas.

 

RTP3

 

Conceição Matos e Domingos Abrantes

 

Grande Entrevista - Conceição Matos e Domingos Abrantes (23h05)

 

Uma história incrível da resistência à tortura no regime de Salazar. O casal Conceição Matos e Domingos Abrantes na Grande Entrevista com Vítor Gonçalves. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D