Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

07
Jan21

DOC TV: A Toca do Lobo (RTP2 - 22h55)

A Toca do Lobo

 

Ano: 2016

Realização e Argumento: Catarina Mourão

Fotografia: João Ribeiro, Catarina Mourão

Som: Armanda Carvalho

Montagem: Pedro Duarte

Música: Bruno Pernadas

Produção: Laranja Azul (Maria Ribeiro Soares)

 

Com: Catarina Mourão, Maria Rosa Figueiredo

 

Sinopse: «Todas as famílias guardam segredos. A minha não é excepção. Primeiro descubro um velho filme de 9.5 mm, depois redescubro os velhos álbuns de infância da minha mãe onde as fotografias me parecem todas ilusões ópticas. Mais tarde o meu avô, que nunca conheci, revela-se e fala comigo num estranho programa de televisão. Nesta viagem, quero desvendar os segredos da minha família durante a ditadura, que envolvem mistérios que foram passando de geração em geração. Entre passado e presente procuro reinterpretar velhas memórias e descobrir novas verdades, lutando contra o silêncio e as portas fechadas.» (Catarina Mourão)

 

Uma apaixonante "odisseia familiar" pela memória perdida de uma família e de um país num documentário de Catarina Mourão, vencedor do Prémio do Público para Melhor Longa-Metragem no IndieLisboa 2015.

 

Documentário muito pessoal de Catarina Mourão que explora memórias antigas do escritor Tomaz de Figueiredo, da família e da possível influência da ditadura salazarista no desenrolar da sua história. O documentário tem o título de um livro de Tomaz de Figueiredo, o avô que Catarina nunca conheceu. O escritor publicou, em 1947, "A Toca do Lobo", o seu romance mais conhecido e vencedor do prémio Eça de Queiroz, no qual revive a infância e juventude.
O documentário é narrado pela realizadora e pela mãe, Maria Rosa Figueiredo, e fala sobre família, ausência e memórias, entre elas a Casa de Casares, onde se encontra o espólio do avô de Catarina e onde a realizadora não conseguiu entrar.

 

Catarina Mourão tem-se afirmado como um dos olhares mais delicados do cinema português. Depois de "Pelas Sombras", um retrato da artista Lourdes Castro, a realizadora centra-se numa outra figura da vida cultural portuguesa: o escritor e seu avô Tomaz de Figueiredo (1902-1970). Um olhar que abre as portas secretas de uma vida em que apenas sobrou o seu trabalho para a memória dos filhos e dos netos, de uma família que se viu separada pela morte e marcada pelo dia-a-dia de um país ditatorial - um país duramente percorrido por quem escreveu sobre ele. Na sua antiga casa, vivem os segredos e os acontecimentos que nos falam, hoje, por um quarto fechado à chave - um quarto aberto pela câmara da realizadora e pelo movimento deste filme.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub