Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

29
Mai20

CINE TV: Snu (NOS Studios - 21h15)

 

Ano: 2019

Realização: Patrícia Sequeira

Argumento: Cláudia Clemente e Patrícia Sequeira

Direcção Fotografia: João Ribeiro

Música Original: Surma

Efeitos Digitais: Sarofsky

Produção: Sky Dreams Entertainment, Santa Rita Filmes

 

Elenco: Inês Castel-Branco, Pedro Almendra, Inês Rosado, Simon Frankel, Rodrigo Tomás, Maria João Pinho, Nádia Santos, Joana Lopes, Ana Nave, João Vicente, Miguel Damião, João Reis, Patrícia Tavares, Pedro Saavedra, Eric da Silva, Paulo Calatré, Ivo Alexandre, Ana Vilela da Costa, Afonso Lagarto, José Neto, Pedro Frias, Susana Madeira, Beatriz Leonardo

 

Sinopse: Snu (Inês Castel-Branco) é dinamarquesa e a fundadora da editora D. Quixote, publicando livros que desafiam a censura do Estado Novo. Francisco (Pedro Almendra) é um dos mais carismáticos políticos portugueses. Ambos são casados. Ele tem cinco filhos e ela tem três. Snu Abecassis conhece Francisco Sá Carneiro no dia 6 de Janeiro de 1976. Apaixonam-se irremediavelmente e decidem assumir esse amor num Portugal em plena reconstrução das cinzas do fascismo, abalando as convenções nacionais. Partilham valores e ambição, lutam juntos pela democracia e pela liberdade, deixando a sua marca na política e na sociedade. Morrem tragicamente em 1980, protagonizando uma das grandes histórias de amor do século XX.

 

 

snu2 sá carneiro.jpg

 

Ebba Merete Seidenfaden, mais conhecida como  Snu Abecassis, nasceu em Copenhaga, capital da Dinamarca, a 7 de Outubro de 1940. Cresceu entre a Dinamarca e a Suécia, países onde se respirava liberdade. Em 1961, casou com o português Vasco Abecassis, veio viver para Portugal e, dessa união, nasceram três filhos: Mikaela, Ricardo e Rebecca. Snu Abecassis, vinda de países livres e democratas, entra em choque com um país que vivia numa ditadura. Na defesa da democracia e da liberdade de expressão, deixa uma marca indelével na cultura portuguesa quando, em 1965, funda as Publicações Dom Quixote. Após o 25 de Abril, começa uma relação com Francisco Sá Carneiro e divorcia-se de Vasco Abecassis. A história de amor de Snu e Sá Carneiro causou polémica na sociedade portuguesa de então. Os dois faleceram a 4 de Dezembro de 1980, num acidente de avião em Camarate. Snu Abecassis tinha 40 anos.

 

Francisco Sá Carneiro nasceu no Porto, a 19 de Julho de 1934, no seio de uma família católica da alta burguesia. Casou-se com Isabel e tiveram 5 filhos. Advogado e político, foi fundador e líder do PPD-PSD. A sua relação com Snu Abecassis causou escândalo e foi mal recebida entre muitos colegas do seu partido. Francisco Sá Carneiro nunca se divorciou porque a mulher nunca lhe quis dar o divórcio. Foi primeiro-ministro de Portugal durante onze meses, em 1980. Faleceu a 4 de Dezembro de 1980, num acidente de avião em Camarate, quando se dirigia ao Porto para participar num comício de apoio ao candidato presidencial Soares Carneiro. Tinha 46 anos.

 

Na noite de 4 de Dezembro de 1980, um avião Cessna levanta voo do aeroporto da Portela, em Lisboa, com destino ao Porto. Porém, algo trágico acontece e o voo durará apenas 38 segundos, acabando o avião por se despenhar em Camarate. Todos os ocupantes perderam a vida: Francisco Sá Carneiro, Snu Abecassis, o ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa e a mulher, Maria Manuela, António Patrício Gouveia, chefe de gabinete do primeiro-ministro, e os dois pilotos, Alfredo de Sousa e Jorge Albuquerque. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub