Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

11
Jan19

CINE TV: Ruth (TVCine 1/ sábado, 12 - 21h30)

Resultado de imagem para Ruth TVCine 1

 

Ano: 2018

Realização: António Pinhão Botelho

Argumento: Leonor Pinhão

Banda Sonora Original: The Legendary Tigerman (Paulo Furtado)

Produção: Leopardo Filmes (Paulo Branco)

Locais de rodagem: Lisboa, Alcochete, Moçambique

 

Elenco: Igor Regalla, Álvaro Correia, António Nipita (Moçambique), António Simão, Dinis Gomes, Fernando Luís, José Raposo, Josefina Massango (Moçambique), Luís Lucas, Marcello Urgeghe, Miguel Borges, Vítor Norte, Afonso Lagarto, Almeno Gonçalves, Ana Bustorff, André Gago, André Gomes, Bruna Quintas, Bruno Cabrerizo (Brasil), Buanamade Amad (Moçambique), Filipe Crawford, Filipe Vargas, Francisco Tavares, Henrique Feist, Hugo Mestre Amaro, Ivo Alexandre, JP Simões, João Aragão, João Cabral, Lídia Franco, Marco Delgado, Maria Emília Correia, Maria João Pinho, Mauro Hermínio, Miguel Monteiro, Miguel Nunes, Paulo Duarte Ribeiro, Paulo Furtado, Paulo Pinto, Pedro Inês, Rui Melo, Rui Morisson, Shaquille Adamugy (Moçambique), Suzana Borges, Teresa Madruga, Anabela Moreira, Evandro Gomes, Francis Selleck, Francisco Pessoa Júnior (Brasil), Gonçalo Cabral, Guilherme Gomes, José Eduardo, José Manuel Mendes, José Neto, Maria Atália (Moçambique), Marina Albuquerque, Miguel Bogalho, Miguel Rocha, Nuno Feist, Pedro Andrade, Pedro Carraca, Pedro Ferreira, Pedro Lacerda, Sérgio Moura Afonso, Tiago Sarmento, Artur Dinis, Carolina Brandão, Eduardo Jordão, Anabela Faustino, Andreia Bento, Erica Rodrigues, Euclides Guiliche (Moçambique), Flora Inês (Moçambique), Leonor Cabral, João Barbosa, Mário Castanheira, Miguel Faustino, Tiago Abelho, Shelsio (Moçambique), Gonçalo de Morais, Melanie de Vales Rafael (Moçambique), António Vicente, Mário Wang, César Passinhas, David Neto, José Augusto, Milan Danao, Francisco Correia

 

Sinopse: "Ruth" é um retrato da sociedade portuguesa metropolitana e ultramarina no início da década de 60. Portugal foi o último império colonial a colapsar. É também a história de um mito do futebol, em todo o mundo: Eusébio.

 

No pior ano do regime fascista português, 1960, um jovem futebolista africano de Moçambique chega a Lisboa e é apanhado no meio da maior rivalidade clubística do país. Atleta predestinado do Sporting Clube de Lourenço Marques, vê-se cobiçado e contratado pelo clube rival, o Benfica. Enquanto os ventos da mudança começam a soprar através da guerra, pirataria e outros acontecimentos históricos, Eusébio da Silva Ferreira começa o seu difícil trajecto. Chantagem, tentativas de rapto, envolvimento de ministros, delírio nos jornais e promessas milionárias fazem da história da transferência do futebolista - um miúdo que nunca ninguém vira jogar - uma saga desenrolada em dois continentes. Termina quando a lenda começa: com a estreia de Eusébio na Luz.

 

No mês em que se assinalam 77 anos do nascimento (25 Janeiro) e 5 anos do falecimento (5 Janeiro) de Eusébio da Silva Ferreira, o TVCine 1 exibe o filme "Ruth".

 

O Cinema Português tem cada vez mais motivos para se orgulhar e de contribuir para enriquecer o património cultural do país. Nesse sentido, os Canais TVCine começam o ano com uma celebração do que de melhor se faz na indústria e dedicam todo o mês de Janeiro à produção nacional, com o Especial Êxitos do Cinema Português, onde, todos os sábados, será exibido um blockbuster recém-lançado.

 

 

EUSEBIO 2.jpg

 

Eusébio da Silva Ferreira nasceu a 25 de Janeiro de 1942, em Lourenço Marques (actual Maputo), capital de Moçambique, antiga colónia portuguesa. Começou a jogar futebol no Sporting de Lourenço Marques e, em 1960, vem para Lisboa, para o Sport Lisboa e Benfica, onde inicia uma carreira gloriosa, que o tornará num dos melhores futebolistas mundiais de sempre. É o melhor marcador de sempre do Benfica, onde ganhou 11 Campeonatos Nacionais, 5 Taças de Portugal e 1 Taça dos Campeões Europeus. Ganhou a Bola de Ouro de Melhor Jogador Europeu, em 1965, e a Bota de Ouro (melhor marcador europeu) em 1968 e 1973. Com a Selecção Nacional Portuguesa, chegou ao 3º lugar do Mundial de 1966, sendo o melhor marcador da competição. Eusébio, o "Pantera Negra", o "King", faleceu a 5 de Janeiro de 2014, aos 71 anos. 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D