Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

31
Mai20

CINE TV: Mistérios de Lisboa (RTP2 - 14h50)

misterios-de-lisboa.jpg

 

Ano: 2010

Realização: Raúl Ruiz (Chile, 1941 - 2011)

Argumento: Carlos Saboga (adaptação da obra de Camilo Castelo Branco)

Produção: Paulo Branco

 

Elenco: Adriano Luz, Maria João Bastos, Ricardo Pereira, Clotilde Hesme (França), Afonso Pimentel, Léa Seydoux (França), Albano Jerónimo, João Arrais, Martin Loizillon (França), Julien Alluguette (França), Joana de Verona, Rui Morisson, Carloto Cotta, Maria João Pinho, João Baptista, José Manuel Mendes, Malik Zidi (França), Melvil Poupaud (França), Margarida Vila-Nova, Sofia Aparício, Catarina Wallenstein, André Gomes, Filipe Vargas, José Airosa, Marco D'Almeida, Martinho da Silva, Paulo Pinto, Vânia Rodrigues, Américo Silva, Ana Chagas, António Simão, Dinarte Branco, Duarte Guimarães, Helena Coelho, João Villas-Boas, Lena Friedrich (França), Marcello Urgeghe, Miguel Monteiro, Nuno Távora, Pedro Carmo, Tiago Fagulha, Cleia Almeida, Bruno Ambrósio, Carlos António, Martim Barbeiro, António Pinhão Botelho, Joana Botelho, Ana Sofia Campos, São José Correia, Raquel Dias, Leonor Figueiredo, Afonso Lagarto, Sofia Leite, Beatriz Leonardo, Sofia Marques, Eduardo Martins, Rui Neto, Júlio Salgado, Leonor Vasconcelos, Thor Schenker (França)

 

Sinopse: «Tinha 14 anos e não sabia quem era...» "Mistérios de Lisboa" mergulha-nos num turbilhão imparável de aventuras e desventuras, coincidências e revelações, sentimentos e paixões violentos, vinganças, amores desgraçados e ilegítimos numa atribulada viagem por Portugal, França, Itália e Brasil. Nesta Lisboa de intrigas e identidades ocultas, encontramos uma série de figuras que dominam o destino de Pedro da Silva, órfão de um colégio interno - Padre Dinis, que de aristocrata e libertino se converte em justiceiro; uma condessa roída pelo ciúme e sedenta de vingança; um pirata sanguinário tornado próspero homem de negócios - que atravessam a história do séc. XIX e a procura da identidade do nosso personagem.

 

Por ocasião dos 130 anos da morte de Camilo Castelo Branco, a RTP2 homenageia o génio da literatura portuguesa com a adaptação do seu romance Mistérios de Lisboa pelo cineasta chileno Raúl Ruiz. Esta produção de Paulo Branco conta com um elenco de luxo composto por grandes nomes nacionais e internacionais. O filme mereceu grande destaque em todo o mundo, tendo sido referenciado como uma extraordinária obra-prima pelos críticos a nível nacional e internacional. Conquistou a crítica pela realização, argumento, direcção de arte e guarda-roupa. Foi eleito Melhor Filme Estrangeiro em França, Estados Unidos e Canadá, tendo também recebido o prémio de Melhor Série de Televisão pelos críticos de cinema francês.

 

 

Biografia de Camilo Castelo Branco | Luso LivrosMistérios de Lisboa | Luso Livros

 

Camilo Castelo Branco nasceu a 16 de Março de 1825, em Lisboa. Com uma breve passagem pelo curso de Medicina, estreia-se nas letras em 1845 e, em 1851, publica o seu primeiro romance, Anátema. Em 1860, na sequência de um processo de adultério desencadeado pelo marido de Ana Plácido, com quem mantinha um relacionamento amoroso desde 1856, Camilo e Ana Plácido são presos, acabando absolvidos no ano seguinte por D. Pedro V. Entre 1862 e 1863, Camilo publica onze novelas e romances, atingindo uma notoriedade dificilmente igualável. Tornou-se o primeiro escritor profissional em Portugal, dotado de uma capacidade prodigiosa para efabular a partir da observação da sociedade, com inclinação para a intriga e análise passionais. Considerado o expoente do romantismo em Portugal, autor de obras centrais na história da literatura nacional, como Mistérios de Lisboa, Amor de PerdiçãoA Queda dum Anjo ou Eusébio Macário. Camilo Castelo Branco, cego e impossibilitado de escrever, suicidou-se com um tiro de revólver a 1 de Junho de 1890, na sua casa de S. Miguel de Seide, concelho de Vila Nova de Famalicão. 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub