Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

25
Abr21

CINE TV: Capitães de Abril (RTP1 - 16h55)

Capitães de Abril

 

Ano: 2000

Realização: Maria de Medeiros

Argumento: Maria de Medeiros, Eve Deboise (França)

Música original: António Victorino d'Almeida

 

Elenco: Stefano Accorsi (Itália), Maria de Medeiros, Joaquim de Almeida, Frédéric Pierrot (França), Fele Martínez (Espanha), Manuel João Vieira, Marcantónio del Carlo, Emmanuel Salinger (França), Rita Durão, Manuel Manquiña (Espanha), Duarte Guimarães, Manuel Lobão, Luís Miguel Cintra, Joaquim Leitão, Canto e Castro, Rogério Samora, Pedro Hestnes, Marcello Urgeghe, José Airosa, José Boavida, António Capelo, Ruy de Carvalho, Ricardo Pais, José Eduardo, Peter Michael, Raquel Mariano, Horácio Santos, Paula Guedes, José Manuel Mendes, Carlos César, Rosa Guerra, Guilherme Filipe, Carlos Matos Gomes, Pedro Efe, Mário Redondo, Henrique Viana, Luís Mascarenhas, Luís Lima Barreto, João Lagarto, Marco Delgado, Rui Luís, Miguel Melo, Sérgio Grilo, Vítor d'Andrade, João Cabral, Pedro Carraca, Carlos Vieira, Igor Sampaio, Joaquim Nicolau, António Victorino d'Almeida

 

Sinopse: Um retrato da Revolução que mudou a História portuguesa em 25 de Abril de 1974.

 

Na madrugada de 25 de Abril de 1974, o Rádio Clube Português emite a célebre e interdita canção de Zeca Afonso, "Grândola, Vila Morena". Trata-se de um código combinado com o clandestino Movimento das Forças Armadas que, nessa madrugada, levou um grupo de capitães a executar um golpe de estado e acabar com o regime do Estado Novo. O capitão Salgueiro Maia marcha com o seu regimento sobre Lisboa, decidido a tomar a capital sem derramamento de sangue. Entretanto, Manuel, um outro veterano da guerra de África, toma, com um punhado de camaradas, o Rádio Clube Português que se vai transformar no centro difusor do progresso da revolução. Antónia, a mulher de Manuel, desconhecendo as actividades do marido, preocupa-se com o destino de um aluno, preso pela PIDE. Maia chega a Lisboa e, com a ajuda de Gervásio, consegue levar os seus "Chaimites" até ao Quartel do Carmo, onde recebe a rendição de Marcelo Caetano. Nas ruas, o delirante entusiasmo popular aclamava os Capitães de Abril.

 

"Capitães de Abril" não foi só o projecto mais arrojado da carreira da actriz Maria de Medeiros, na sua qualidade de realizadora, como foi igualmente uma das mais impressionantes produções do cinema português. Partindo das memórias do capitão Salgueiro Maia, Maria de Medeiros recria com sensibilidade e emotividade o dia que mudou um país. Um golpe de estado absolutamente sui generis, na sua concepção e execução, que espantou o Mundo e que Maria de Medeiros aborda com contagiante entusiasmo. Entre a apoteose popular nas ruas de Lisboa, com os seus saborosos episódios de circunstância, e os momentos históricos mais marcantes do 25 de Abril, Maria de Medeiros filma com inegável sentido do espectáculo popular a Revolução de Abril. Um filme de reconstituição histórica, montado com sinceridade, romantismo e inteligência, que é, no limite, uma justa homenagem à memória de Salgueiro Maia e a um dia inesquecível que mudou Portugal.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub