Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

31
Out18

CINE ESTREIA: "Raiva", de Sérgio Tréfaut

raiva.jpg

 

Realização: Sérgio Tréfaut

Argumento: Sérgio Tréfaut (a partir do romance "Seara de Vento" de Manuel da Fonseca)

Fotografia: Acácio de Almeida

Música: Hino dos Mineiros de Aljustrel

Produção: Faux (Portugal), Refinaria Filmes (Brasil), Les Films d'Ici (França)

Locais de rodagem: Baixo Alentejo (Serpa e Beja)

 

Elenco: Isabel Ruth, Leonor Silveira, Hugo Bentes, Kaio César, Rita Cabaço, Adriano Luz, Lia Gama, Diogo Dória, Dinis Gomes, Catarina Wallenstein, Marília Villaverde Cabral, José Pinto, Pedro Gabriel Marques, Chico Chapas, João Pedro Bénard, Américo Silva, Herman José, Rogério Samora, Catarina Santos, Sergi López (Espanha), Luis Miguel Cintra

 

Sinopse: Alentejo, 1950. Nos campos desertos do Sul de Portugal, fustigados pelo vento e pela fome, a violência explode de repente: vários assassinatos a sangue frio têm lugar numa só noite. Porquê? Qual a origem dos crimes?


Adaptação de «Seara de Vento», de Manuel da Fonseca, um clássico da literatura portuguesa do século XX, "Raiva" é um conto negro sobre o abuso e a revolta. 

 

Prémios: Prémio Tejo Internacional - Prémio do Público no Periferias Festival Internacional de Cinema de Marvão 2018

Prémio do Júri Internacional da Federação de Cineclubes da Rússia "Keen Eyes" e Prémio da Imprensa Independente - jornal Kommersant no Festival Internaciona de Cinema de Moscovo 2018

 

 

 

Resultado de imagem para manuel da fonseca      Seara-de-Vento.jpg

 

Manuel da Fonseca nasceu a 15 de Outubro de 1911, em Santiago do Cacém, na região do Baixo Alentejo, mas cedo foi para Lisboa. Poeta, romancista, contista e cronista, toda a sua obra é atravessada pelo Alentejo e o seu povo. Considerado um vulto destacado do neo-realismo, evoluiu no sentido de um regionalismo crescente, ligado ao seu Alentejo natal, retratando o povo desta região e a miséria por ele sofrida. Contestatário e observador por natureza, a sua escrita era seguida de perto pela censura. Colaborou em várias publicações, de que se destacam as revistas Afinidades, Altitude, Árvore, Vértice, O Pensamento, Sol Nascente, Seara Nova, os jornais O Diabo e Diário e fez parte do grupo do «Novo Cancioneiro». Com uma obra literária dividida pela poesia, contos, crónicas e romance, "Seara de Vento" é um romance neo-realista publicado em 1958. Manuel da Fonseca faleceu a 11 de Março de 1993, com 81 anos.

 

Resultado de imagem para sérgio tréfaut

 

Sérgio Tréfaut, filho de pai português (o escritor e jornalista Miguel Urbano Rodrigues) e mãe francesa, nasceu no Brasil em 1965. Passou a infância em São Paulo e, em 1974, depois do 25 de Abril, vem com a família para Portugal. Em 1975, volta ao Brasil e, em 1977, regressa a Lisboa. Viveu ainda seis anos em Paris. Após um mestrado em Filosofia na Sorbonne (Paris), começou a trabalhar em Lisboa como produtor e realizador. Os seus documentários foram premiados internacionalmente e exibidos em mais de 40 países. Quase todos, como Outro País (1999), Fleurette (2002), Lisboetas (2005), A Cidade dos Mortos (2009), Alentejo, Alentejo (2014) tiveram distribuição em salas de cinema. A sua primeira ficção, Viagem a Portugal (2011), com Maria de Medeiros e Isabel Ruth, recebeu vários prémios internacionais. 

 

 

Filmografia:

 

Raiva (2018)

Treblinka (2017)

Alentejo, Alentejo (documentário, 2014)

Viagem a Portugal (2011)

Waiting for Paradise (curta-metragem, 2010)

A Cidade dos Mortos (documentário, 2009)

Lisboetas (documentário, 2004)

Novos Lisboetas (curta-metragem documental, 2003)

Fleurette (documentário, 2002)

Outro País: Memórias, Sonhos, Ilusões... Portugal 1974/1975 (documentário, 2000)

Alcibiades (curta-metragem, 1991)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D