Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

30
Jul15

CINE ESTREIA: "O Pátio das Cantigas", de Leonel Vieira

patio cantigas.jpg

 

 

Realização e Produção: Leonel Vieira

Guião: Pedro Varela

Argumento Original (1942): António Lopes Ribeiro, Francisco Ribeiro, Vasco Santana

Música: Nuno Malo

 

Elenco: Miguel Guilherme, César Mourão, Sara Matos, Dânia Neto, Rui Unas, Manuel Marques, Anabela Moreira, Cristóvão Campos, Aldo Lima, José Pedro Vasconcelos, Bruna Quintas, Joaquim Nicolau, Manuel Cavaco, Oceana Basílio, Herman José, Vanessa Oliveira, Kundan Narendra, Noua Wong, Raquel Jacob, Daniela Faria, António Aldeia, Adriane Garcia, Joana Vieira, Cláudia Barbosa, Eric da Silva, Elisabete Pedreira, Sara Cecília, Rubens Sabóia, Francisco Monteiro, Luís Afonso, Francisco Magalhães, Matilde Magalhães

 

Sinopse: Rodado na Vila Berta, em Lisboa, mantendo as principais personagens e o ambiente bairrista e popular do filme original (1942), são histórias de amores e desamores durante as festas dos Santos Populares: a hilariante arrogância de Evaristo, a irreverência de Narciso ou a cândida Rosa, mas numa versão actualizada. "Bom dia, menina Rosa!" é como começa a história n'"O Pátio das Cantigas", onde mora a linda balconista Rosa e os seus dois pretendentes: Narciso, um guia turístico poliglota que trabalha noite e dia… e o Evaristo, dono da mercearia gourmet, pessoa de génio agreste e pai da menina Celeste, aspirante a artista de telenovela. Já não tarda o Santo António e eis o caso nunca visto das tentações do demónio do pátio do Evaristo.

 

«O Pátio das Cantigas» é o primeiro filme a estrear de  uma "trilogia de clássicos" que a produtora Stopline Films preparou com a RTP e de que fazem ainda parte outros filmes do chamado período de ouro da comédia cinematográfica portuguesa: «O Leão da Estrela», que estreia em Dezembro, e «A Canção de Lisboa», a estrear em 2016.

 

 

(Re)veja algumas das cenas mais emblemáticas d' "O Pátio das Cantigas" original (1942), protagonizado por António Silva e Vasco Santana:

 

 

 

 

Leonel Vieira nasceu em 1969, em Miranda do Douro, filho de pai espanhol e mãe portuguesa. Estudou Design, História da Arte e Técnicas de Pintura na Escola de Arte Árvore, no Porto, e, em seguida, ingressou no Curso de Cinema da Escuela Superior de Artes y Espectaculos TAI, em Madrid. Leonel Vieira é produtor e realizador de vários filmes. Para televisão, realizou as séries "Ballet Rose - Vidas Proibidas", "Segredo", "Conexão" e "Tempo Final", todas exibidas pela RTP1, e o telefilme "Mustang", exibido na SIC. Com a sua produtora, Stopline Films, realiza trabalhos para cinema, tv e publicidade.

 

Filmografia:

 

O Pátio das Cantigas (2015)

Arte de Roubar (2008)

Julgamento (2007)

Um Tiro no Escuro (2005)

A Selva (2002)

A Bomba (2002)

A Sombra dos Abutres (1999)

Zona J (1998)

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D