Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

05
Mai16

CINE ESTREIA: "Mudar de Vida - José Mário Branco, vida e obra", de Nelson Guerreiro e Pedro Fidalgo

mudardevida_0.jpg

 

 

Realização, Argumento, Fotografia e Produção: Nelson Guerreiro e Pedro Fidalgo

Montagem: Patrícia Leal

Com: José Mário Branco; depoimentos de Jean Sommer, Adelino Gomes, Manuela de Freitas, Nuno Pacheco, Trindade Santos, Paulo Salgado, Carlos Bica, Carlos Guerreiro, Fausto Bordalo Dias, Fernando Pinheiro, Filipe Raposo, Gaiteiros de Lisboa, Guilhermino Monteiro e Guto Lucena

 

 

Sinopse: Mudar de Vida - José Mário Branco, vida e obra é um documentário sobre a vida e obra do músico, compositor, poeta, actor, activista, cronista, produtor musical José Mário Branco, um homem dos 7 ofícios que usa as suas canções, cuja actualidade se mantém, como instrumento transformador da realidade. A rodagem começou em Abril de 2005 e, durante sete anos, passou por Portugal e França, por ensaios, gravações de discos, conversas e concertos. No filme, José Mário Branco fala de música, das suas convicções, da sua geração, do Estado Novo, da guerra colonial, da sua prisão e exílio. Trata-se do retrato de um homem que marcou o panorama artístico e cultural português e para quem a cantiga foi [sempre] uma arma.

 

O documentário "Mudar de Vida - José Mário Branco, vida e obra" estreou na RTP2 em Novembro de 2015 e chega agora às salas de cinema nacionais.

 

 

 

Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro

 

Nelson Guerreiro nasceu em Lisboa, em 1978. Trabalha em Cinema e Televisão.

 

Pedro Fidalgo nasceu em Portalegre. Estudou Cinema na Universidade da Beira Interior, na Covilhã. Licenciou-se em Estudos Cinematográficos e Audiovisuais na Universidade de Paris VIII e obteve o grau de Mestre em Realização de Documentário de Criação na mesma universidade. Tem realizado e produzido curtas-metragens e documentários.

 

Filmografia:

Mudar de Vida - José Mário Branco, vida e obra (documentário, 2014)

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub