Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

31
Mai18

CINE ESTREIA: "Cabaret Maxime", de Bruno de Almeida

 

Realização: Bruno de Almeida

Argumento: Bruno de Almeida e John Frey

Música: Manuel João Vieira

Produção: BA Filmes (Bruno de Almeida)

 

Elenco: Michael Imperioli (EUA), Ana Padrão, John Ventimiglia (EUA), David Proval (EUA), Manuel João Vieira, Nick Sandow (EUA), John Frey (EUA), Anthony Siciliano (EUA), Drena De Niro (EUA), Mike Starr (EUA), Sharon Angela (EUA), Arthur Nascarella (EUA), Meital Dohan (Israel), Suzie Peterson, Selma Uamusse, Irmãos Catita, Ena Pá 2000, Phil Mendrix, Celeste Rodrigues, Tony Brum, José Nascimento, Zita Almeida, Jani Zhao, Joana Almeida, Joe Anacleto, Romina Cartolari (Brasil), Alisa Greaves, Fernando Gomes, Tom Mescall (EUA), Afonso Guerreiro, Nadine Cadima, Sandra Martins, Tita Marisol, Lily Doll, Sandro Core (Itália), Filipe Raquel, Luís Eusébio, Luís Gonçalves, Cristiane Gouveia, Dora Albino, Tony Felix, Violeta Lancu, Magic Nery, João Amado, Leandro De Niro Rodriguez (EUA)

 

Sinopse: A história de Bennie Gaza (Michael Imperioli), o dono de um Cabaret num velho bairro de má fama, onde um colorido grupo de artistas apresenta números musicais, de burlesco, de comédia e strip-tease.

 

Bennie dirige o cabaret como uma família unida, lidando com as personalidades peculiares de cada artista ao mesmo tempo que toma conta de Stella (Ana Padrão), a sua mulher bipolar. Quando o velho bairro, há muito decadente, começa a sofrer um processo de gentrificação, Bennie tem que lutar para manter o seu clube à tona. À medida que os residentes vão sendo empurrados para fora do bairro, Bennie é ameaçado quando se recusa a deixar-se corromper. A pressão vai subindo até culminar num desfecho dramático, quando Bennie se vê obrigado a enfrentar os poderes instalados.

 

O filme conta a história ficcionada do verdadeiro Cabaret Maxime, do qual o realizador Bruno de Almeida foi sócio juntamente com o músico e artista plástico Manuel João Vieira, que também entra no filme. O Cabaret Maxime foi um dos espaços mais míticos e carismáticos da noite de Lisboa, na Praça da Alegria (no filme, a história passa-se no Cais do Sodré). O espaço de diversão nocturna teve várias vidas, a última das quais com gestão e direcção artística de Manuel João Vieira. É sobre o fabuloso universo do artista plástico e músico de bandas como os Ena Pá 2000 e os Irmãos Catita que se desenvolve o ambiente do filme "Cabaret Maxime".
 
 

 

 

Resultado de imagem para bruno de almeida

 

Bruno de Almeida, filho de pais portugueses, nasceu em Paris, em 1965, cresceu em Lisboa e, desde 1985, vive entre a capital portuguesa e Nova Iorque. Começa a carreira artística como músico e compositor, em Lisboa, no início dos anos 80. Toca guitarra eléctrica em bandas de jazz e compõe para coreografias de Francisco Camacho, Vera Mantero, Mónica Lapa e Paulo Ribeiro. Em 1982, é um dos membros fundadores do grupo de fusão Contrabanda. Em 1985, muda-se para Nova Iorque e integra a banda Graham Haynes & No Image. A partir de 1988, entra no mundo do cinema. Estuda e trabalha no Film/Video Arts, como director de fotografia e montador, e, em 1990, abre a sua produtora, Arco Films. Em 1991, realiza o vídeo-concerto "Amália Rodrigues - Live in New York City", filmado no Town Hall de Nova Iorque, que é exibido na RTP e editado na Europa pela EMI-Valentim de Carvalho e, nos EUA, pela Whitestar. A partir daí, inicia uma carreira cinematográfica que inclui a realização de longas e curtas-metragens e documentários, mas também filmes para teatro e projectos para televisão.

 

 

Filmografia:

 

Cabaret Maxime (2018)

Fado Camané (doc., 2014)

The Lecture (curta-metragem, 2012)

Operação Outono (2012)

Rip (2010)

Bobby Cassidy (doc., 2009)

6=0 Homeostética (doc., 2008)

Camané - As Gravações de "Sempre de Mim" (curta-metragem doc., 2008)

The Lovebirds (2007)

The Collection (2005)

Live/Evil - Evil/Live (2005)

Beyond Borders: John Sayles in Mexico (doc., 2003)

A Arte de Amália (doc., 2000)

Em Fuga (1999)

Amália - Uma Estranha Forma de Vida (vídeo doc., 1995)

A Dívida (curta-metragem, 1993)

The King in Exile (curta-metragem, 1992)

Amália Rodrigues Live in NYC (doc., 1991)

Anti Glamour (curta-metragem doc., 1990)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D