Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

16
Fev21

Carmen Dolores (1924 - 2021)

Resultado de imagem para carmen dolores poesia

 

Faleceu hoje, aos 96 anos, a actriz Carmen Dolores.

 

Filha de pai português e mãe espanhola, Carmen Dolores nasceu a 22 de Abril de 1924, em Lisboa. Com apenas 12 anos, estreou-se no teatro radiofónico, no Rádio Clube Português, tendo trabalhado com grandes nomes como Rogério Paulo, Alves da Costa, Isabel Wolmar, Laura Alves, Álvaro Benamor ou António Silva. Com 19 anos, estreou-se no cinema, ao protagonizar "Amor de Perdição", filme realizado por António Lopes Ribeiro e baseado no romance de Camilo Castelo Branco. É o início de uma carreira que há-de passar pelo cinema, teatro e televisão, consagrando Carmen Dolores como uma das maiores actrizes portuguesas.

 

Carmen Dolores criou, com outros actores, o Teatro Moderno de Lisboa, no palco do Cine-Teatro Império, por onde passaram novas encenações de peças de autores consagrados portugueses e estrangeiros. No teatro, foram várias as peças em que entrou, como "O Vestido de Noiva", "Sonho de uma Noite de Verão", "Dona Inês de Portugal", "O Gebo e a Sombra", "O Render dos Heróis", "O Jardim das Cerejas", "Jardim Zoológico de Cristal" ou "Copenhaga", entre muitas outras.

 

No cinema, entrou em filmes como "Amor de Perdição", "Camões", "O Princípio da Sabedoria", "A Balada da Praia dos Cães" ou "A Mulher do Próximo", entre outros. Na televisão, Carmen Dolores entrou em séries e novelas, como "Frei Luís de Sousa", "Claxon", "A Viúva do Enforcado", "A Banqueira do Povo", "A Lenda da Garça" ou "A Casa da Saudade", todas na RTP1. 

 

Carmen Dolores despediu-se dos palcos em 2005, com a peça "Copenhaga", encenada por João Lourenço. Além da representação, era também uma grande amante de poesia e uma das maiores referências nacionais na arte de declamar. Publicou três livros de memórias: "Retrato Inacabado", "No Palco da Memória" e "Vozes Dentro de Mim".  

 

Foram várias as distinções que recebeu pela sua carreira. Em 2018, foi condecorada pelo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa com as insígnias de Grande Oficial da Ordem do Mérito, no âmbito de uma homenagem no Teatro da Trindade à actriz, que incluiu a estreia da peça "Carmen", inspirada nas suas memórias, e o baptismo da sala principal com o seu nome. Foi ainda distinguida com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, atribuído pelo Presidente da República Jorge Sampaio, com a Medalha de Ouro da Câmara Municipal de Lisboa, o Prémio Sophia de Carreira, da Academia Portuguesa de Cinema, e o Prémio António Quadros de Teatro, entre outros galardões.

 

Portugal perdeu hoje um dos maiores nomes da sua cultura!

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub