Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alma-lusa

alma-lusa

11
Nov10

"Senhor do Adeus" (1931 - 2010)

 

 

Chamava-se João Manuel Serra, mas em Lisboa todos o conheciam por "Senhor do Adeus". "O Senhor do Adeus", uma das figuras mais típicas da capital, faleceu ontem, aos 79 anos.

 

Todos os dias, o "Senhor do Adeus" andava pelas ruas de Lisboa - em especial na zona do Saldanha e, nos últimos tempos, mais por Belém e Restelo - a acenar a quem passava, apenas porque acreditava que assim fazia os lisboetas mais felizes... e eram muitos o que retribuiam o seu cumprimento, acenando ou buzinando. Ao contrário do que muitos julgam, dizia "olá" e não "adeus"!

 

Pode parecer estranho, mas este peculiar modo de vida tinha uma explicação. Começou depois da morte da mãe do senhor João e era uma forma de afugentar a solidão. "Essa senhora é uma malvada, que me persegue por entre as paredes vazias da casa. Para lhe escapar, venho para aqui. Acenar é a minha forma de comunicar, de sentir gente."

  

  

  

 

  

 João Manuel Serra nasceu em 1931 e adorava cinema. Ia, todos os domingos, ao El Corte Inglés ver filmes com os amigos Filipe Melo (músico de jazz, realizador e autor de banda desenhada) e Tiago Carvalho e os seus comentários e impressões acerca dos filmes eram depois comentados no blogue "O Senhor do Adeus". ( http://senhordoadeus.blogs.sapo.pt/17962.html) Assinava uma rubrica de cinema no programa "A Rede", no Canal Q, foi retratado na banda desenhada "As aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy" (de Filipe Melo e Juan Cavia) e participou no filme "I'll See You in My Dreams" e na série "Mundo Catita".

 

Ficará ainda imortalizado no fado "O Homem do Saldanha", escrito por Boss AC e cantado por Marco Rodrigues e Carlos do Carmo.

 

 

 

Esta noite, os lisboetas irão prestar homenagem e despedir-se do "Senhor do Adeus".

 

Até sempre, "Senhor do Adeus"! Até sempre, Senhor João!

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub