Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

20
Set12

ISTO É PORTUGAL! - Cartonagem Trindade

Caixa garrafas Quinta do Pessegueiro 2010

 

 

 

Origem: São João da Madeira

 

A portuguesíssima Trindade moldou a arte francesa da cartonagem à alma de um negócio que cresceu sem perder a dimensão de família. O segredo está na caixa.

 

Baptizada em nome da matriarca da família, Maria da Silva Trindade, uma pequena fábrica de caixa de sapatos, nascida em 1966 numa garagem em Santa Maria da Feira, foi o embrião de uma linhagem empresarial que não mais parou de crescer. Superada a tragédia das mortes do pai e do marido da fundadora, coube a um dos filhos, Pedro Ventura, com apenas 16 anos, assumir os destinos de um negócio onde não só se encaixou como acabou por reinventar. Dois anos mais tarde, Ovar foi o berço da Cartonagem Trindade que, de há 17 anos para cá, se moldou ao mercado das embalagens de alta gama. Hoje, a imponente estrutura espelhada e as linhas depuradas das instalações de São João da Madeira, que mais se assemelham a um edifício de arquitectura contemporânea do que a uma fábrica, não podiam ser melhor metáfora para o ofício da Trindade: a embalagem diz tudo sobre o requinte que lá vai dentro.

 

O pontapé de saída para aliar o saber português à tradição francesa da cartonnage foi dado no sector do calçado, lado a lado com as marcas lusas Armando Silva e Evereste, que acreditaram no potencial do cartão compacto para fazer brilhar os seus produtos. A Trindade conta com mais de 600 clientes, muitos deles de referência mundial. Gautier, Kenzo, Armani ou Carolina Herrera, Porto Taylor's, Murganheira e Raposeira, champanhes Bollinger, Billecart-Salmon ou Charles Gardet, cristais Swarovski e hotéis Ritz Four Seasons - fora outras «estrelas» com acordos de sigilo - são algumas das insígnias que a Trindade embala.

 

Num desfile de 285 matérias-primas onde o cartão impera sobre papel, plástico, madeiras, espumas, mousses, veludos e peças metálicas, os mais de 200 fornecedores são na sua maioria estrangeiros, por não existirem alternativas em solo pátrio. Cerca de 90% da produção segue para fora de portas: 30% em exportação directa e 60% graças a um rol de clientes nacionais.

 

1800 produtos diferentes revezam-se na produção diária da Cartonagem Trindade. Na fábrica de São João da Madeira, estão mais de 2000 moldes e a capacidade para armazenar até 6200 paletes. Nos cerca de 13 mil metros quadrados da nova casa, para onde a Trindade se mudou há cerca de 6 anos, também há espaço para arrecadar matéria-prima que, diariamente, chega para encher dois a três camiões TIR.

 

Disposta a pagar o preço da qualidade, a Trindade já ultrapassou os 20 milhões de euros de investimento nas linhas de produção. Para 2013, serão investidos mais 3,5 milhões, para criar novos postos de trabalho e abrir novos mercados. Depois de algumas incursões no Médio Oriente, o grupo liderado por Pedro Ventura acaba de descobrir o caminho para a Índia onde, já no próximo mês de Outubro, se prepara para entregar uma encomenda de 200 mil embalagens.

 

Como não poderia deixar de ser, na liderança do grupo Trindade - onde se inclui a Cartonagem Trindade Indústria, a Trindade Investimentos, a Litografia Ventura e a Cartotécnica Ventura - corre o sangue da família: os dois principais accionistas são Pedro Ventura e a irmã, Olinda Ventura Costa. A mãe, Maria da Silva Trindade, aos 78 anos, mantém o seu lugar nas linhas de montagem, Ângelo, o irmão mais velho, apesar da deficiência, multiplica-se em tarefas e há ainda mais de uma centena de funcionários que Pedro Ventura conhece pelo nome.

 

(retirado do artigo "Portugal faz bem - A mão que embala o luxo" publicado na edição nº 1020 da revista VISÃO)

 

http://www.cartonagemtrindade.com/

 

Embalagem promocional da visita de Sua Santidade Papa Bento XVI ao Porto (Maio 2010)

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D