Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

19
Ago10

"Os Lusíadas" em mirandês

               

 

 

O épico de Luís Vaz de Camões, "Os Lusíadas", já pode ser lido em mirandês, a segunda língua oficial de Portugal. Amadeu Ferreira, um dos maiores especialistas em língua mirandesa, levou oito anos a traduzir aquela que é considerada a maior obra da língua portuguesa. O autor explicou que "os poemas cantados por Camões foram uma epopeia dos portugueses e, entre os portugueses, havia gente que possivelmente falava mirandês".

 

A obra, assinada com o pseudónimo de Francisco Niebro, tem prefácio de Ernesto Rodrigues, professor na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e será lançada pela Editora Âncora. O livro será apresentado no dia 17 de Setembro numa cerimónia promovida pela Câmara Municipal de Miranda do Douro, no âmbito das comemorações do Dia da Língua Mirandesa, onze anos depois de ter sido reconhecida como língua oficial.

 

Amadeu Ferreira, em parceria com José Ruy, já tinha lançado, em banda desenhada, a edição d'"Os Lusíadas" em mirandês e o livro "História de um povo e de uma língua" que conta as aventuras e desventuras do povo mirandês e da sua peculiar forma de comunicar. Além disso, também já traduziu três histórias de Astérix e os Quatro Evangelhos da Bíblia para mirandês, além de ter publicado centenas de crónicas, na língua mirandesa, no "Público" e no "Jornal Nordeste". Irá ainda publicar, em parceria com José Pedro Ferreira, um dicionário de mirandês-português.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub