Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

29
Dez11

ISTO É PORTUGAL! - Gluen

 

Origem: Fafe

 

De Fafe para Moscovo. Ou para Viena, só para darmos dois exemplos. Nascida no Norte do País, a Gluen ainda não comemorou um ano, mas conseguiu a internacionalização mais rápida de todas as marcas portuguesas.

 

As peças de roupa Gluen apareceram nas lojas (portuguesas e estrangeiras) só este ano, mas o sucesso parece estar, desde já, garantido. São modelos sofisticados e cosmopolitas, que «servem», sobretudo, às mulheres mais jovens, mas que, naturalmente, podem ser usadas por quem assumir este estilo. As apresentadoras da SIC Bárbara Guimarães e Vanessa Oliveira, por exemplo, já o «compraram». A Gluen nasceu pela mão de duas pessoas que, desde sempre ligadas à indústria têxtil, perceberam que o mercado ainda tinha lugar para receber mais uma marca - Camilo Marques foi uma delas. Mais tarde juntaram-se a estes dois sócios mais três: Pedro Chaves, Daniela Almeida e a estilista Odete Reis, todos na casa dos 40 anos de idade. Apesar de ainda não ter comemorado o primeiro aniversário, a Gluen mostra-se adulta: moderna e competitiva (qualidade, design e preço são atributos que a diferenciam de algumas marcas concorrentes), conseguiu já alcançar grandes volumes de exportação. Espanha, Itália, Áustria, França, Rússia, Bélgica, Holanda e Luxemburgo renderam-se a esta marca «made in Portugal». Porém, os responsáveis  pela Gluen têm uma meta a cumprir: alcançar os 90% de volume de exportação dentro de 2 anos.

 

As colecções da Gluen realçam os pormenores de qualidade e as tendências trendy que o mundo vive. Destaque para a utilização das sedas e de outras matérias nobres. Com vários temas como fonte de inspiração, desde a natureza até ao romantismo grunge, a feminilidade está sempre presente. A colecção Primavera-Verão 2012, já apresentada, desenvolve-se em torno do contraste entre o espírito aventureiro e a sensualidade. O conceito da campanha de comunicação apresenta precisamente uma «viagem em busca do desconhecido num descampado em ruínas». Green Mind, Savannah, Bringing the garden to the city, Romantic, Ethereal e Sofisticated são os nomes das colecções.

 

A estratégia inicial é tentar direccionar a Gluen para os canais multimarca, tendo já como parceiros importantes mercados europeus. Quando existir uma consolidação destes mercados, então avançarão com uma rede de lojas próprias e outras em regime de franchising.

 

(retirado do artigo "O ataque da Gluen à Europa" publicado na edição nº 981 da revista VISÃO)

 

http://www.gluen.com/web/

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D