Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

04
Nov11

Lisbon & Estoril Film Festival (4 a 13 Novembro)

 

 

http://www.leffest.com/pt

 

 

 
 
 
 
 
«A 7ª Arte de Paulo Branco
 
 
Paulo Branco colecciona triunfos um pouco por todo o lado. O maior produtor independente da Europa é um homem que todos os cinéfilos do mundo conhecem. Engenheiro químico, sonhador, arrojado e criativo, infatigável jogador, domador de riscos, meio sedutor, meio ar de "bandido", pirata chique, o produtor que não seguiu as regras e para quem um filme constitui uma relação esquizofrénica entre a arte e a indústria, entre a capacidade de experimentar e a necessidade de obter os meios financeiros que lhe permitam a independência para o fazer.
 
Grande senhor do cinema, é o mais produtivo dos produtores europeus, com mais de 200 filmes, 70 dos quais portugueses. Graças ao seu trabalho, directores como Manoel de Oliveira, Wim Wenders ou Raoul Ruiz, entre muitos outros portugueses e estrangeiros, encontraram em Paulo Branco um produtor com quem partilhamos a sua paixão pelo cinema.
 
Manoel de Oliveira e Paulo Branco, ou vice-versa, têm alcançado uma importância fundamental, que vai para além do cinema português - abriram novos horizontes ao cinema europeu, sendo Paulo Branco o melhor representante do cinema autêntico, criando um espaço entre os grandes grupos de comunicação europeus e os interesses do colonialismo cultural de Hollywood como pilar da cultura cinematográfica europeia.
 
Paulo Branco responde ao cansaço evidenciado na imagética instituída pela produção em série, procurando que a sétima arte assim se continue a chamar, projectando, através da criatividade e energia das novas gerações, diferentes experiências e olhares sobre o mundo.
 
Portugal é hoje, seguramente, o maior dos pequenos países em matéria de cinema. Forneceu a esta arte alguns dos seus mestres incontestáveis, como Paulo Rocha, João Botelho, João César Monteiro, Pedro Costa, José Fonseca e Costa, Rui Simões, Teresa Villaverde, António Reis e, claro, o grande senhor Manoel de Oliveira, entre muitos outros.
 
O cinema português é de excelente qualidade, tem óptimos profissionais e obtém, pelo mundo fora, não apenas prémios, mas também audiências, constituindo um poderoso embaixador da nossa cultura.
 
"O filme chamado Portugal", onde somos todos produtores, realizadores e actores, não pode deixar de ser rodado e exibido pelas salas do mundo. A cada um de nós, como a ti, Paulo, cabe a coragem de continuar a correr riscos, de continuar a acreditar no poder das ideias e de nunca, nunca deixar de sonhar.»
 
(Setembro 2004)
 
 Excerto do texto "A 7ª Arte de Paulo Branco", in"Portugal Genial", de Carlos Coelho

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub