Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

19
Set11

Rosa Fogo (SIC)

 

«Da dança ao paladar, da Argentina à Zona Oeste, e do amor ao ódio, “Rosa Fogo” conta uma história contemporânea, moderna e muitíssimo emocional. Situando-se entre o urbano e o campestre, relata o percurso de pessoas reais, com dramas e existências por todos identificados. O glamour, o humor, a esperança e o amor são os quatro grandes pilares desta novela, passada no país de hoje, para que as pessoas possam sonhar com um melhor amanhã.
Gilda Azevedo Mayer, a avó. Maria Mayer, a neta mais velha, bailarina de flamenco. Matilde Mayer, a neta mais nova. Proprietárias de um império farmacêutico – da qual faz parte a Forella, uma empresa de produtos para cabelo -, compõem uma família reduzida a três pelo destino. Unidas e fortes, vão ver as suas vidas abaladas pela entrada de José da Maia, um sedutor que se quer apropriar da fortuna Mayer e que elaborou um plano para o conseguir: faz-se passar pelo filho que Gilda teve há 50 anos. Gilda viverá iludida com a presença de um falso filho. E não imagina que José é o responsável pela morte de Horácio, o verdadeiro filho, levado para a Argentina em pequeno e onde viveu sempre.
O plano de José incluiu contratar Diogo, um ex-delinquente, para seduzir Maria e mantê-la controlada por ele. Maria não sabe quem é Diogo, nem sequer sabe que ele a engana, mas não consegue evitar a presença de Estêvão – um jovem e promissor gestor - na sua vida. Ele apaixona-se por ela. E ela vai fazer de tudo para não reconhecer que ele também não lhe é indiferente...
O que José não estava à espera era da oposição feroz que a pequena Matilde lhe vai fazer. Sempre acompanhada pelos seus labradores, os cães que a família Mayer cria na quinta da Zona Oeste, Matilde é uma criança sensitiva que pressente o mal que José se prepara para fazer. E está disposta a tudo para impedi-lo.
Além destas histórias, "Rosa Fogo" conta também com elementos de humor (através da confeitaria "Imperatriz" e do barbeiro "Barbeiro de Sevilha"), com riqueza visual de cenários como a Argentina e a Zona Oeste, com a forte presença da dança – flamenco, tango, ballet clássico – e ainda com casos inspirados em situações reais, todos destinados a fazer os portugueses pensar, sonhar e acreditar no futuro.»
 
A novela "Rosa Fogo" estreia hoje, às 21h15. De 2ª a 6ª, na SIC.
 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub