Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

19
Jun11

100 anos da Bandeira de Portugal "verde e rubra"

 

A Bandeira de Portugal é um dos nossos maiores símbolos nacionais. O modelo actual foi aprovado por decreto nº141 da Assembleia Nacional Constituinte de 19 de Junho de 1911, após ser seleccionado, entre várias propostas, por uma comissão cujos membros incluíam Columbano Bordalo Pinheiro, João Chagas e Abel Botelho, sendo as suas dimensões e descrição mais pormenorizada definidas pelo decreto de 30 de Junho de 1911.

 

No entanto, desde a proclamação da República Portuguesa, a 5 de Outubro de 1910, que eram usadas bandeiras provisórias semelhantes ao modelo que viria a ser aprovado oficialmente.

 

Significado da Bandeira Portuguesa:

 

Verde - Simboliza a esperança.

 

Vermelho - Simboliza a coragem e o sangue dos portugueses mortos em combate.

 

Esfera Armilar - Representa o mundo que os navegadores portugueses descobriram nos séculos XV e XVI e os povos com quem trocaram ideias e comércio.

 

Os 7 Castelos - Simbolizam as localidades fortificadas que D. Afonso Henriques conquistou aos Mouros.

 

As 5 Quinas - Simbolizam os 5 reis mouros derrotados por D. Afonso Henriques na batalha de Ourique.

 

Os 5 pontos brancos dentro de cada quina - Simbolizam as 5 chagas de Cristo. Diz-se que, na Batalha de Ourique, Jesus Cristo crucificado apareceu a D. Afonso Henriques e disse: "Com este sinal, vencerás!". Contando as chagas, e duplicando as da quina do meio, dá o total de 30, que representa os 30 dinheiros que Judas recebeu por ter traído Jesus Cristo.

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub