Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

09
Set20

DOC TV: Fojos (RTP2 - 23h00)

 

Autoria e Realização: Anabela Moreira e João Canijo

Produção: Midas Filmes

 

Sinopse: Ruralidade, envelhecimento, isolamento e ligação à natureza num documentário de Anabela Moreira e João Canijo sobre Castro Laboreiro, a terra mais a Norte de Portugal.

 

«Os homens são como o lobo,
só lhes falta ter o rabo.
Andam de dia e de noite
na figura do diabo.»

 

Castro Laboreiro, a terra mais a Norte de Portugal, é um lugar cujos montes terminam numa rua sem saída. Chamam-lhe o buraco do fim do mundo. Ali vivem, lado a lado, lobos e homens. Os lobos saem dos seus covis para atacarem livres as presas dos homens trancados nas suas tocas. Uns e outros armadilhados dentro do grande fojo que é a vida e de onde não se pode sair vivo.

 

Nos últimos anos, a actriz Anabela Moreira e o realizador João Canijo têm documentado, em várias obras, as terras do Norte e do Centro português (Portugal – Um Dia de Cada Vez, 2015; Diário das Beiras, 2017). Este seu mais recente filme é rodado em Castro Laboreiro, no concelho de Melgaço, e regista o quotidiano dos seus habitantes, marcado pelo isolamento, o envelhecimento e a ligação à natureza, num território de lobos ibéricos, em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês.

 

09
Set20

MAR DE LETRAS - Feira do Livro de Lisboa (RTP África - 21h30)

Feira do Livro de Lisboa

 

O "Mar de Letras" regressa ao Parque Eduardo VII para marcar presença na 90ª edição da Feira do Livro de Lisboa. Neste programa as conversas sobre os livros, a leitura e a Língua Portuguesa são com José Jorge Letria, Presidente da Sociedade Portuguesa de Autores, e Tony Tcheka, Presidente da Associação de Escritores da Guiné-Bissau.

08
Set20

Vicente Jorge Silva (1945 - 2020)

Morreu Vicente Jorge Silva, fundador e primeiro diretor do “Público” – O  Jornal Económico

 

Faleceu, na madrugada desta terça-feira, aos 74 anos, o jornalista e cineasta Vicente Jorge Silva.

 

Vicente Jorge Silva nasceu a 8 de Novembro de 1945, no Funchal, capital da ilha da Madeira. É na infância que se apaixona pelo cinema e, na adolescência, começa a escrever artigos sobre filmes para maiores de 17 anos na página Foco, do Jornal da Madeira. Aos 15 anos foi expulso do liceu no Funchal e vai para o continente para continuar os estudos. Com 18 anos, foi para França e, mais tarde, para o Reino Unido, tendo regressado depois à sua ilha natal. Em 1966, torna-se director do jornal Comércio do Funchal, que teve um importante papel na renovação da imprensa regional e na oposição ao regime salazarista.

 

Em 1974, já em Lisboa, ingressa no semanário Expresso, que tinha sido fundado dois anos antes, onde desempenha as funções de chefe de redacção e director-adjunto. Criou e dirigiu a Revista do Expresso. Em 1990, foi um dos fundadores, e o primeiro director, do jornal Público. Vicente Jorge Silva foi o autor da expressão "Geração Rasca", que surgiu num editorial escrito por si onde falava das manifestações de estudantes contra Manuela Ferreira Leite, ministra da Educação do governo de Aníbal Cavaco Silva. Vicente Jorge Silva foi ainda colunista do Diário Económico e do Diário de Notícias e colaborou com o semanário Sol

 

Além do jornalismo, a sua outra grande paixão era o cinema. Realizou os filmes "O Limite e as Horas", "O Discurso do Poder", "Bicicleta - Ou o Tempo que a Terra Esqueceu", "Vicente Fotógrafo", "A Ilha de Colombo", "Porto Santo" e a série documental "As Ilhas Desconhecidas", exibida na RTP1 em 2009.

 

O jornalista e cineasta também se envolveu no mundo da política. Filiou-se no Partido Socialista e chegou a ser eleito pelo círculo de Lisboa, entre 2002 e 2004. 

 

Vicente Jorge Silva, um homem de grande cultura, foi um dos maiores e mais importantes nomes do jornalismo português. O último artigo que assinou foi publicado no dia 9 de Agosto, no Público, e era um alerta a Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira, que defende uma aliança do PSD com o Chega, partido que defende ideias e valores anti-democráticos. Pode lê-lo aqui: https://www.publico.pt/2020/08/09/opiniao/opiniao/idiotas-uteis-cultura-marxista-fascistas-chega-flama-1927524

08
Set20

CINE TV: Luminita (RTP2 - 23h45)

Luminita

 

Ano: 2014

Realização e Argumento: André Marques

Produção: Rodrigo Areias e André Marques

Música: Anouar Brahem (Tunísia)

 

Elenco (Roménia): Dragos Bucur, Damian Victor Oancea, Constantin Cojocaru,  Dorina Lazar, Emilia Dobrin, Ion Haiduc

 

Sinopse: Dois irmãos que não se comunicam há anos encontram-se no funeral da sua mãe, onde têm de lidar com a sua família de luto, as suas obrigações enquanto filhos e os seus próprios sentimentos de perda.

 

A curta-metragem "Luminita", do realizador e argumentista português André Marques, foi filmada na Roménia com actores romenos.

 

08
Set20

LIGA NAÇÕES: Suécia x Portugal (RTP1 e Sport TV1 - 19h45)

 

Depois de vencer a Croácia por 4-1, no passado sábado, a Selecção Nacional vai disputar o segundo jogo da fase de grupos da Liga das Nações. O próximo adversário é a Suécia. 

 

O jogo Suécia x Portugal disputa-se na Friends Arena, em Solna, na Suécia, tem início às 19h45 e será transmitido pela RTP1 e Sport TV1.

 

FORÇA, PORTUGAL!!!

08
Set20

QUALIFICAÇÃO EURO SUB-21: Portugal x Bielorrússia (Canal 11 - 17h30)

 

Depois de vencer o Chipre por 4-0, na passada sexta-feira, Portugal volta a entrar em campo para disputar mais uma partida de qualificação para o Campeonato Europeu de Futebol sub-21. O próximo adversário é a Bielorrússia. 

 

O jogo Portugal x Bielorrússia disputa-se na Cidade do Futebol, no concelho de Oeiras, tem início às 17h30 e será transmitido pelo Canal 11. 

 

FORÇA, PORTUGAL!!!

 

07
Set20

Portugal sagra-se bicampeão europeu de Futebol de Praia

 

A Selecção Nacional sagrou-se, este domingo, bicampeã europeia de futebol de praia, ao derrotar a Suíça por 5-4, na final disputada na Nazaré.

 

Até chegar ao derradeiro jogo da Superfinal da Liga Europeia, Portugal disputou e venceu três jogos: França (7-0), Alemanha (4-1) e Ucrânia (4-2). Na final, os golos portugueses foram marcados por Léo Martins (3), André Lourenço e Belchior.

 

Além do título colectivo, houve ainda títulos individuais para jogadores portugueses, como o de Melhor Guarda-Redes (Andrade) e Melhor Jogador (Léo Martins).

 

Este é o sétimo título europeu, e o segundo consecutivo, conquistado pela Selecção Nacional de Futebol de Praia.

 

PARABÉNS, PORTUGAL!!!

 

A BOLA - Portugal revalida título europeu em final emocionante com a Suíça ( Futebol de Praia )

06
Set20

NOVOS SONS LUSOS - Pedro Mafama

PEDRO MAFAMA - NÃO PODIA TER SURGIDO NOUTRO SÍTIO

 

Pedro Mafama é natural de Lisboa, tendo crescido entre os bairros populares dos Anjos e da Graça. Estudou Artes Plásticas na faculdade e viveu em Bruxelas, capital da Bélgica, durante um ano, em Molenbeek, um bairro com uma grande comunidade marroquina. Em 2017, começou a dedicar-se mais a sério a música e, em 2018, lançou o EP "Tanto Sal". A sonoridade de Pedro Mafama tem várias influências, da batida/kuduro lisboetas ao trap e drill americanos, passando pelo fado e melodias árabes. 

 

06
Set20

LETRAS LUSAS: "Oração a que Faltam Joelhos", de Jacinto Lucas Pires

Bertrand.pt - Oração a que faltam joelhos

 

Editora: Porto Editora

 

Sinopse: Órfã de mãe, desde cedo Kate Souza aprendeu a conviver com os silêncios do pai António e o espaço que estes ocupavam na ampla casa familiar, de madeira, com cerca e relvado à frente, igual a tantas outras, nessa terra das oportunidades para onde há muito os pais haviam emigrado. No entanto, quando António morre afogado no rio Lima, durantes as primeiras férias de Kate em Portugal, ela sente-se perdida, culpada e com uma história nas mãos. Uma história que é a sua vida. Talvez seja isso que – num mundo duro e doente, com cada vez menos capacidade de imaginação – faz dela escritora.


Identidade e culpa, amizade e amor, jornalismo e literatura, totalitarismo e loucura, terrorismo e religião cruzam-se na história desta mulher, num tempo e num mundo onde, à falta de outro milagre, as velhas linguagens parecem querer renascer.

 

Jacinto Lucas Pires - WOOK

 

Jacinto Lucas Pires nasceu no Porto, em 1974, e vive em Lisboa. Escreve romances, contos, peças de teatro, filmes, música. Em 2020, foi publicado, na colecção do Teatro Nacional D. Maria II, Canto da Europa. No teatro, Lucas Pires trabalha com diferentes grupos e encenadores. Realizou o filme Triplo A. Faz parte da banda Os Quais (que lançou o disco Geral em 2019) e da companhia Ninguém. Recebeu o Prémio Europa – David Mourão-Ferreira (Univ. Bari/IC, 2008) e o Grande Prémio de Literatura DST 2013 (com o romance O verdadeiro ator). Na Rádio Renascença, comenta temas da actualidade. Tem um espaço de crónica n’O Jogo chamado «Descalço na Catedral». Escreve também no Ponto SJ e no seu blogue, «O que eu gosto de bombas de gasolina».

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub