Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

31
Out18

TV: Porto Santo - 600 Anos (RTP1/ 5ª, 1 - a partir 11h)

Porto Santo - 600 Anos

 

No dia em que se assinala os 600 anos da descoberta da ilha de Porto Santo, a RTP1 marca a sua presença com uma emissão muito especial. Quinta-feira, 1 de Novembro, ao longo do dia (11h-13h/14h10-17h30), acompanhe o que a RTP1 tem preparado para si.


Nesta emissão especial, vamos descobrir a História da ilha de Porto Santo com os apresentadores Vanessa Oliveira e José Carlos Malato, em directo do Largo das Palmeiras, na Vila Baleira, capital da ilha, contando também com reportagem de Duarte Rebolo, que nos traz as histórias de quem nasceu e vive desde sempre neste pequeno paraíso português. A tradição e os costumes na primeira pessoa.

 

O ano de 1418 é apontado como o ano da descoberta da Ilha do Porto Santo, circunstância ocorrida após uma tempestade em alto mar que desviou da rota uma embarcação que seguia pela costa africana. João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e a tripulação foram salvos por este pequeno pedaço de terra a que chamaram de Porto Santo. Em 1419, avistou-se outro pedaço de terra, que foi designado por Madeira, devido à quantidade de árvores no local.


Se ilhas foram descobertas ou reconhecidas naquela época, por já integrarem alguns mapas anteriores àquela data, fica para confirmação dos historiadores, porque agora é o momento de comemorar.

 

31
Out18

CINE ESTREIA: "Raiva", de Sérgio Tréfaut

raiva.jpg

 

Realização: Sérgio Tréfaut

Argumento: Sérgio Tréfaut (a partir do romance "Seara de Vento" de Manuel da Fonseca)

Fotografia: Acácio de Almeida

Música: Hino dos Mineiros de Aljustrel

Produção: Faux (Portugal), Refinaria Filmes (Brasil), Les Films d'Ici (França)

Locais de rodagem: Baixo Alentejo (Serpa e Beja)

 

Elenco: Isabel Ruth, Leonor Silveira, Hugo Bentes, Kaio César, Rita Cabaço, Adriano Luz, Lia Gama, Diogo Dória, Dinis Gomes, Catarina Wallenstein, Marília Villaverde Cabral, José Pinto, Pedro Gabriel Marques, Chico Chapas, João Pedro Bénard, Américo Silva, Herman José, Rogério Samora, Catarina Santos, Sergi López (Espanha), Luis Miguel Cintra

 

Sinopse: Alentejo, 1950. Nos campos desertos do Sul de Portugal, fustigados pelo vento e pela fome, a violência explode de repente: vários assassinatos a sangue frio têm lugar numa só noite. Porquê? Qual a origem dos crimes?


Adaptação de «Seara de Vento», de Manuel da Fonseca, um clássico da literatura portuguesa do século XX, "Raiva" é um conto negro sobre o abuso e a revolta. 

 

Prémios: Prémio Tejo Internacional - Prémio do Público no Periferias Festival Internacional de Cinema de Marvão 2018

Prémio do Júri Internacional da Federação de Cineclubes da Rússia "Keen Eyes" e Prémio da Imprensa Independente - jornal Kommersant no Festival Internaciona de Cinema de Moscovo 2018

 

 

 

Resultado de imagem para manuel da fonseca      Seara-de-Vento.jpg

 

Manuel da Fonseca nasceu a 15 de Outubro de 1911, em Santiago do Cacém, na região do Baixo Alentejo, mas cedo foi para Lisboa. Poeta, romancista, contista e cronista, toda a sua obra é atravessada pelo Alentejo e o seu povo. Considerado um vulto destacado do neo-realismo, evoluiu no sentido de um regionalismo crescente, ligado ao seu Alentejo natal, retratando o povo desta região e a miséria por ele sofrida. Contestatário e observador por natureza, a sua escrita era seguida de perto pela censura. Colaborou em várias publicações, de que se destacam as revistas Afinidades, Altitude, Árvore, Vértice, O Pensamento, Sol Nascente, Seara Nova, os jornais O Diabo e Diário e fez parte do grupo do «Novo Cancioneiro». Com uma obra literária dividida pela poesia, contos, crónicas e romance, "Seara de Vento" é um romance neo-realista publicado em 1958. Manuel da Fonseca faleceu a 11 de Março de 1993, com 81 anos.

 

Resultado de imagem para sérgio tréfaut

 

Sérgio Tréfaut, filho de pai português (o escritor e jornalista Miguel Urbano Rodrigues) e mãe francesa, nasceu no Brasil em 1965. Passou a infância em São Paulo e, em 1974, depois do 25 de Abril, vem com a família para Portugal. Em 1975, volta ao Brasil e, em 1977, regressa a Lisboa. Viveu ainda seis anos em Paris. Após um mestrado em Filosofia na Sorbonne (Paris), começou a trabalhar em Lisboa como produtor e realizador. Os seus documentários foram premiados internacionalmente e exibidos em mais de 40 países. Quase todos, como Outro País (1999), Fleurette (2002), Lisboetas (2005), A Cidade dos Mortos (2009), Alentejo, Alentejo (2014) tiveram distribuição em salas de cinema. A sua primeira ficção, Viagem a Portugal (2011), com Maria de Medeiros e Isabel Ruth, recebeu vários prémios internacionais. 

 

 

Filmografia:

 

Raiva (2018)

Treblinka (2017)

Alentejo, Alentejo (documentário, 2014)

Viagem a Portugal (2011)

Waiting for Paradise (curta-metragem, 2010)

A Cidade dos Mortos (documentário, 2009)

Lisboetas (documentário, 2004)

Novos Lisboetas (curta-metragem documental, 2003)

Fleurette (documentário, 2002)

Outro País: Memórias, Sonhos, Ilusões... Portugal 1974/1975 (documentário, 2000)

Alcibiades (curta-metragem, 1991)

30
Out18

VISITA GUIADA - Santuário do Bom Jesus do Monte (Braga)

A sua imagem é tão icónica e familiar que os portugueses tendem a achar que não há nada de especial a saber sobre o Bom Jesus de Braga. Estão enganados. Este monumento à Paixão de Cristo já foi considerado por historiadores de renome internacional o mais complexo e perfeito monte sagrado do mundo católico. Com uma história com mais de 600 anos, o Santuário do Bom Jesus é "um caso" da arquitectura religiosa por causa dos seus escadórios, construídos nos séculos XVIII e XIX. Mas não só. Para uma ascensão menos dolorosa que a oferecida pelas centenas de degraus dos escadórios, aqui encontramos também o mais antigo funicular hidráulico do mundo em funcionamento. Eis uma visita para três guias: a arquitecta paisagista Teresa Andresen e os historiadores Eduardo Pires de Oliveira e José Manuel Cordeiro.

 

30
Out18

TV: "Private Eyes 2" c/ Paulino Nunes (FOX Life - 22h20)

PaulinoNunes.jpg

 

Esta terça-feira, a FOX Life transmite o último episódio da segunda temporada da série de investigação canadiana "Private Eyes", episódio que conta com a participação do actor português Paulino Nunes, no papel de Comissário.

 

Paulino Nunes nasceu em 1968 na cidade da Horta, capital da ilha do Faial, Açores, e, em 1969, emigrou com a família para o Canadá. Tem feito carreira como actor no Canadá e nos Estados Unidos da América, em várias séries e filmes. 

 

30
Out18

SOCIEDADE CIVIL - Nova School of Business & Economics (RTP2 - 14h00)

Resultado de imagem para nova school of business and economics carcavelos

 

Um grande país faz-se de grandes pessoas e projectos de sucesso. A Nova SBE (Nova School of Business & Economics), uma das mais bem reputadas Universidades da Europa na área de Economia, Finanças e Gestão, juntou essa reputação ao interesse internacional no nosso país. O resultado: um extraordinário novo espaço que conquistará estudantes de todo o lado. 


E é nesse novo espaço, em Carcavelos, e sobre a Nova SBE, o próximo Sociedade Civil.

29
Out18

Amadora BD - Festival Internacional de Banda Desenhada 2018 (Fórum Luís de Camões, Brandoa - até 11 Novembro)

 

http://amadorabd.com/

 

Até 11 de Novembro, a Amadora é o ponto de encontro internacional da Banda Desenhada.

 

Com várias exposições em vários locais do concelho da Amadora, este festival procura dinamizar a Banda Desenhada e é o mais consagrado do género em Portugal e um dos mais conceituados a nível internacional. Contando com a participação de muitos autores nacionais e estrangeiros, o Amadora BD apresenta, para além da Banda Desenhada, cartoons e caricaturas, cinema de animação, feira do livro e muitas actividades para os mais novos.

 

Em 2018, a 29ª edição do Amadora BD tem como convidado especial o Brasil.

 

O autor em destaque é Francisco Sousa Lobo. Nasceu em 1973 e faz banda desenhada desde 1980. Estudou e praticou arquitectura durante dez anos. Vive em Londres desde 2005 e, actualmente, trabalha em artes plásticas e BD, faz crítica artística e estética e é estudante de doutoramento no Goldsmiths College. Inaugurou o romance gráfico na Chili Com Carne com "The Dying Draughtsman – O Desenhador Defunto" (2013), narrativa que retoma em "Zona de Desconforto". Nos últimos tempos, lançou "O Andar de Cima" (2014) e "I Like Your Art Much" (2015).

Pág. 1/14

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D