Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

02
Mar18

TV: "Os Troianos" c/ Elisabete Matos (RTP2/ sábado, 3 - 22h15)

 

Ópera de Berlioz com a soprano portuguesa Elisabete Matos, numa produção do famoso grupo de teatro catalão "La Fura dels Baus".

 

As óperas monumentais merecem grandes encenações e "Os Troianos", do francês Hector Berlioz (1803- 1869), é uma dessas obras. Com ensembles, bailados, grandes partes corais e orquestrais, esta grande ópera recebe um tratamento apropriado numa produção do famoso e controverso grupo de teatro catalão "La Fura dels Baus", num espectáculo majestoso gravado no Palau de les Arts de Valência, em Espanha.

 

Na primeira parte, o encenador Carlus Padrissa joga com o significado da palavra "Trojan" como um vírus informático. O seu "Cavalo de Tróia" leva no interior uma infecção que irá causar a falha do sistema e, em última análise, a destruição. Na segunda parte, Cartago é apresentada como a sede misteriosa de uma civilização futura, onde a humanidade caminha para a autodestruição causada pelos desastres ambientais.

 

"Os Troianos", ópera em 5 actos, é baseada na "Eneida", de Virgílio, um dos grandes poemas épicos da literatura mundial. Os gregos retiram-se de Tróia após um prolongado cerco e deixam para trás um grande cavalo de madeira. Os troianos reúnem-se para celebrar e transportam o cavalo, que alberga soldados gregos no interior, para dentro da cidade. A profetisa Cassandra (Elisabete Matos) avisa que Tróia está condenada, mas é ignorada.

 

O espectro de Heitor aparece a Eneias e diz-lhe para partir para Itália onde irá fundar um poderoso império. Em Cartago, o povo celebra sete anos de paz e prosperidade e louvam a sua rainha Dido, mas chegam os troianos e Eneias combate em defesa da cidade. Dido e Eneias expressam o seu amor. Dividido, Eneias acaba por partir para Itália onde irá cumprir o seu destino. Ao ouvir que a frota de Eneias se fez ao mar, Dido agarra num punhal e mata-se.

 

Resultado de imagem para Elisabete Matos Les Troyens

 

Elisabete Matos na ópera "Os Troianos"

 

02
Mar18

CINE TV: "Os Olhos da Minha Mãe" c/ Kika Magalhães (TVCine 4 - 23h00)

Resultado de imagem para os olhos da minha mae

 

Ano: 2017

País: EUA

Realização e Argumento: Nicolas Pesce

Elenco: Kika Magalhães (Portugal), Diana Agostini, Will Brill, Joey Curtis-Green, Flora Diaz, Paul Nazak, Clara Wong, Olivia Bond

 

Sinopse: Numa casa isolada de uma fazenda, uma mãe, ex-cirurgiã em Portugal, ensina à sua jovem filha, Francisca (Olivia Bond), a compreender a anatomia e a ser imperturbável pela morte. Uma tarde, um visitante misterioso rompe horrorosamente com o idílio da vida familiar de Francisca, traumatizando profundamente a jovem.

 

Anos mais tarde, e já adulta, Francisca (Kika Magalhães) adquire uma forma distintamente obscura, com uma sede de vingança pelo que aconteceu no passado, idealizando um plano para que o homem pague por aquilo que fez.

 

O filme norte-americano "Os Olhos da Minha Mãe" é protagonizado pela actriz portuguesa Kika Magalhães, que interpreta "Francisca", curiosamente também o nome próprio da actriz. Além de "Francisca" ser uma personagem portuguesa, há outras referências a Portugal neste filme: a banda sonora inclui fados de Amália Rodrigues; numa das cenas, "Francisca" surge a comer arroz de cabidela; e algumas cenas são faladas em português.

 

Kika Magalhães tem 32 anos e é natural de Vila Nova de Famalicão. Estudou Cinema na Universidade Independente, em Lisboa, e fez pequenas participações nas séries juvenis "Diário de Sofia" (RTP1) e "Morangos com Açúcar"(TVI). Viveu alguns anos em Londres e Barcelona e, em 2012, mudou-se para Nova Iorque para estudar representação na escola de teatro Neighborhood Playhouse. Actualmente, vive em Los Angeles. Entre os trabalhos mais recentes no cinema, Kika Magalhães participou em "City of Gold", produzido e protagonizado por Gus Van Sant, e em "Tapestry", onde desempenha o papel de mulher de Stephen Baldwin, ambos filmes ainda não estreados em Portugal.

 

Em 2016, o filme "Os Olhos da Minha Mãe" esteve em competição no Festival de Cinema de Sundance, nos EUA, e a crítica considerou a actriz portuguesa Kika Magalhães uma das grandes revelações, tendo o seu desempenho recebido muitos elogios.

 

01
Mar18

CINE ESTREIA: "Ramiro", de Manuel Mozos

 

Realização: Manuel Mozos

Argumento: Telmo Churro, Mariana Ricardo

Fotografia: João Ribeiro

Música: Bruno Pernadas

Produção: O Som e a Fúria (Sandro Aguilar, Luís Urbano)

 

Elenco: António Mortágua, Madalena Almeida, Sofia Marques, Fernanda Neves, Vítor Correia, Américo Silva, Duarte Guimarães, Ricardo Aibéo, João Tempera, António Simão, Cristina Carvalhal, Sara Carinhas, João Pedro Bénard, Mia Tomé

 

Sinopse: Ramiro (António Mortágua) é alfarrabista em Lisboa e poeta em perpétuo bloqueio criativo. Vive, algo frustrado, algo conformado, entre a sua loja e a tasca, acompanhado pelo cão, pelos fiéis companheiros de copos e pelas vizinhas: uma adolescente grávida e a avó a recuperar de um AVC. De bom grado continuaria nesse quotidiano pacato e algo anacrónico se eventos dignos da telenovela da noite não invadissem essa bolha.

 

 

 

Resultado de imagem para manuel mozos

 

Manuel Mozos nasceu em Lisboa, em 1959. Estudou História e Filosofia, acabando por ingressar na Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa, onde se especializou em Montagem. Trabalhou como montador, argumentista e assistente de realização com vários realizadores portugueses. Já realizou várias longas-metragens e documentários.

 

Filmografia:

 

Ramiro (2018)

Cinema: Alguns Cortes - Censura III (doc., 2015)

Cinzas e Brasas (curta-metragem, 2015)

A Glória de Fazer Cinema em Portugal (curta-metragem, 2015)

João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas que eu Amei (doc., 2014)

Cinema: Alguns Cortes - Censura II (curta-metragem doc., 2014)

Tóbis Portuguesa (doc., 2010)

Ruínas (doc., 2009)

4 Copas (2008)

Olhar o Cinema Português: 1896 - 2006 (doc., 2007)

Crescei e Multiplicai-vos (curta-metragem, 2000)

Censura: Alguns Cortes (doc., 1999)

... Quando Troveja (1999)

José Cardoso Pires - Diário de Bordo (vídeo doc., 1998)

Cinema Português? (doc., 1997)

Solitarium (1996)

Lisboa no Cinema, um Ponto de Vista (1994)

Xavier (1992)

Um Passo, Outro Passo e Depois... (1991)

Corações Periféricos (telefilme, 1991)

01
Mar18

ESPECTÁCULO: Raul, um espectáculo de homenagem a Solnado (Lisboa, Porto e Figueira da Foz)

 

Texto: Miguel Gila, Raul Solnado, Henrique Dias, Telmo Ramalho

Encenação: Henrique Dias

Cenografia: Eric Costa

Desenho de luz: Paulo Sabino

 

Com: Telmo Ramalho

 

Sinopse: "Raul" é um espectáculo de homenagem a Raul Solnado (1929 - 2009) que revisita os seus monólogos mais hilariantes pela voz de Telmo Ramalho. Textos como "É do Inimigo?" e "A Guerra de 1908", ou músicas como o "Malmequer" ou o "Timpanas", são reinterpretados por este seu antigo aluno, como forma de tributo ao seu professor e amigo.

 

Um espectáculo com humor e muita saudade, em que Telmo Ramalho evoca a memória do seu mestre contando como encontrou em Raul Solnado a vontade, a força e a inspiração para ser actor. Tudo isto com um sorriso e muitas gargalhadas, ou não estivéssemos a relembrar quem sempre nos pediu "Façam o favor de ser felizes!"

 

Espectáculos:

 

Auditório dos Oceanos - Casino Lisboa (1 Março a 1 Abril)

Teatro Sá da Bandeira, Porto (5 a 22 Abril)

CAE Figueira da Foz (5 Maio)

 

Resultado de imagem para raul solnado

 

Raul Solnado

 

 

01
Mar18

LINHA DA FRENTE - Bangla em Lisboa (RTP1 - 21h00)

Bangla em Lisboa

 

Um surpreendente retrato de uma comunidade rendida a Portugal. Já são 15 mil os bangladeshianos que escolheram o nosso país para viver. Em Lisboa, cruzam-se sons, aromas e trajes vindos da Ásia que nos transportam, por instantes, para o outro lado do mundo.


"Bangla em Lisboa" conta as estórias de Pavel, um jovem jornalista que revela um olhar atento sobre a realidade do seu país; de Lúcia, uma portuguesa que se apaixonou por Azad e com quem casou; de Jalil, que já abriu uma Guest House e que convive com todas as comunidades; de Ahmed, um estudante que está a fazer uma pós-graduação no Instituto Superior Técnico; e de Sharmin, que é designer de moda e cujo grande sonho é ver os motivos portugueses, que desenha com rigor, aplicados aos saris.


"Bangla em Lisboa" transporta-nos para outras paragens sem sair do mesmo lugar.

 

Uma grande reportagem de Mafalda Gameiro, com imagem de Paulo Jorge, edição de imagem de José Rui Rodrigues, grafismo de Pedro Sousa, pesquisa de Rita Rodrigues e produção de Natacha Silva Frey.

 

01
Mar18

TV: Campeonato do Mundo de Atletismo em Pista Coberta (RTP2 e RTP Play - 1 a 4 Março)

 

Entre os dias 1 e 4 de Março, a cidade industrial inglesa de Birmingham receberá o Campeonato do Mundo de Atletismo em Pista Coberta, no qual participam atletas portugueses.

 

Portugal estará representado por 8 atletas: Nelson Évora (Triplo Salto), Tsanko Arnaudov (Lançamento do Peso), Lecabela Quaresma (pentatlo), Cátia Azevedo (400 metros e 4×400 metros), Lorene Bazolo (60 metros), Dorothe Évora, Filipa Martins e Rivinilda Mentai (4×400 metros).

 

Acompanhe o Campeonato do Mundo de Pista Coberta em directo, na RTP2 e RTP Play, com narração de Luís Lopes.

 

Horários:

 

5ª feira, 1: 18h45 - 20h40

6ª feira, 2: 10h30 - 14h/ 18h - 21h45

sábado, 3: 10h10 - 13h20/ 17h45 - 21h30

domingo, 4: 14h40 - 18h

 

Pág. 9/9

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D