Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

28
Nov17

POSTAL GRANDE GUERRA - Portugália

Em pleno Verão há quem garanta que nada sabe tão bem quanto uma cerveja geladinha. Conforme o copo e a região, esta refrescante bebida ganhou nomes muitíssimo variados: tulipa, lambreta e, no Porto, "fino". O que é que a cerveja tem a ver com a Primeira Guerra Mundial é o que lhe revela o próxima Postal da Grande Guerra!

 

28
Nov17

LETRAS LUSAS: "O Mistério da Rua Saraiva de Carvalho", de Reinaldo Ferreira

 

Editora: PIM! edições

 

Sinopse: «Como teria podido o sinistro bandido dos olhos tortos obter documentos de uma natureza tão importante? E essa mulher velada que, dentro de um automóvel no largo do Museu de Artilharia, entregara o rolo daqueles papéis, que traidora missão desempenharia em todo este crime para que a mais bárbara espionagem seria generosa? Perante a inesperada resolução daquele segredo que um acaso providencial me levava a desenterrar das águas do Tejo, em frente da audaciosa coragem daqueles bandidos, impunha-se a mais enérgica e decidida intervenção.»

 

Sob o pseudónimo de «Gil Goes», Reinaldo Ferreira escreveu em 1917 para o jornal O Século as fictícias cartas que denunciavam um misterioso crime em Campo de Ourique, Lisboa, dando origem em 1919 à publicação do seu primeiro livro, «O Mistério da Rua Saraiva de Carvalho», aqui reeditado pela primeira vez. Esta obra foi também adaptada a cinema por José Leitão de Barros, através da empresa Lusitânia Film, com o título «O Homem dos Olhos Tortos», tendo sido o primeiro serial português, embora inacabado.

 

Neste volume, o primeiro de uma colecção dedicada às obras mais marcantes de Reinaldo Ferreira, o mítico Repórter X, reproduz-se o primeiro folhetim policial do autor, tal como foi publicado na edição da noite do diário O Século, há exactamente 100 anos. Desde 1919 que este "Mistério da Rua Saraiva de Carvalho" não era reeditado.

 

 

Reinaldo Ferreira nasceu em Lisboa, a 10 de Agosto de 1897. Conhecido pelo pseudónimo de Repórter X, foi o mais marcante jornalista português da primeira metade do século XX e pioneiro, entre nós, da literatura policial. Faleceu a 4 de Outubro de 1935.

 

 

28
Nov17

QUALIFICAÇÃO MUNDIAL FUTEBOL FEMININO: Portugal x Itália (RTP1 - 17h00)

PT ITALIA.jpg

 

Depois de, na passada sexta-feira, ter derrotado a Moldávia por uns esmagadores 8-0, a Selecção Nacional de Futebol Feminino volta a entrar em campo para mais um jogo de qualificação para o Mundial 2019, a realizar em França.

 

Portugal defronta a Itália no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

 

O jogo Portugal x Itália tem início às 17h00 e será transmitido pela RTP1.

 

FORÇA, PORTUGAL!!!

 

27
Nov17

Caminhos do Cinema Português 2017 (Coimbra - 27 Novembro a 3 Dezembro)

caminhos cinema pt 2017.jpg

 

https://caminhos.info/

 

De 27 de Novembro a 3 de Dezembro, decorre a 23ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português, em Coimbra. São sete dias de cinema português, num total de 130 filmes, para ver no Teatro Académico Gil Vicente, no Mini-Auditório Salgado Zenha do Centro de Estudos Cinematográficos e nas salas do Cinema NOS do Alma Shopping. 

 

27
Nov17

LETRAS LUSAS: "O 25 de Novembro e os Media Estatizados", de Ribeiro Cardoso

 

Editora: Caminho

 

Sinopse: O 25 de Novembro de 1975 ainda tem muito para e por contar, pois o que ficou na nossa memória colectiva pouco tem a ver com o que se passou na realidade. Ao cair do pano daquele dia, na execução de uma estratégia muito antes gizada por sectores político-militares, 152 trabalhadores da comunicação social estatizada de Lisboa foram afastados impiedosa e ilegalmente dos seus postos de trabalho. Suspensos sem culpa formada, sem processo disciplinar e através de listas ad-hoc organizadas apenas por motivos político-ideológicos, ficaram em casa à força e sem salário. 

Recorreram para os Tribunais do Trabalho, da Relação e Supremo, e em todos venceram sem apelo nem agravo. Durante dois anos, e após ter consultado cerca de 60 processos que correram nos tribunais, fui ouvir dezenas de trabalhadores que passaram por esse tormento. Esta é, pois, uma das muitas histórias do 25 de Novembro que estão por contar. E nos dois últimos capítulos deixo-vos também, para meditar, uma nova versão, documentada, dos casos do jornal República e da Rádio Renascença, explorados sem pudor, aqui e lá fora, pelo PS e pela Igreja. (Ribeiro Cardoso)

 

 

 

 

 

Ribeiro Cardoso é natural do Porto e tem 65 anos. Jornalista desde 1971, iniciou-se no Diário de Lisboa e foi fundador de O Jornal, O Diário e Europeu. De 1989 a 1992, foi director-adjunto do semanário O Comércio de Macau, tendo permanecido até 1993 naquele antigo território português como freelancer e correspondente para a Ásia do Jornal de Notícias e da RDP-Antena Um. Regressado a Portugal, foi redactor do Tal & Qual, director de publicações da editora da RTP «TV Guia» e coordenador da revista Autores, da Sociedade Portuguesa de Autores. De 2001 a 2004, integrou os quadros da RTP Internacional e da Direcção de Novos Projectos e Arquivos da RTP. De 2004 até 2009 foi responsável editorial e um dos moderadores do programa Clube de Jornalistas, emitido na RTP2. Eleito pelos jornalistas portugueses, foi membro do Conselho de Imprensa (1977-81) e, no Sindicato dos Jornalistas, presidente do Conselho Técnico e de Deontologia (1981- 83) e vice-presidente da Direcção (1987-89). Integra, há vários mandatos, os corpos sociais do Clube de Jornalistas e, de 2003 a 2009, os da Casa da Imprensa.
27
Nov17

ESTREIA TV: A Televisão dos Militares (RTP3 - 22h00)

televisão militares.jpg

 

Autoria: Jacinto Godinho

 

A RTP passou de ser uma televisão ao serviço da ditadura para ser uma televisão ao serviço da Revolução. A mini-série documental "A Televisão dos Militares" analisa ao pormenor o período entre 1974 e 1977, quando a RTP foi liderada por uma equipa militar. Foram os militares que ficaram com a tarefa de assegurar a transição da ditadura para a democracia da única emissora de televisão existente, nesses tempos, em Portugal.

 

Episódio 1 - A Tropa manda na RTP

Após o 25 de Abril, os militares foram chamados para controlarem e evitarem a partidarização da emissão e da informação da RTP. Em 1974, o Movimento das Forças Armadas (MFA) coloca Vasco Gonçalves à frente do Governo, mas Spínola consegue nomear o Coronel Casimiro Gomes para mandar na RTP. Com ele vem o jovem Major Ramalho Eanes.

 

Episódio 2 - Aliança RTP/MFA

Para contrariar o poder de Eanes na televisão, Vasco Gonçalves criou uma comissão consultiva com poder para impedir a exibição de programas. Acusado de ligações ao golpe Spinolista de 11 de Março, Eanes acabou derrotado e demitiu-se da Presidência da RTP.

 

Episódio 3 - Um golpe de estado em directo

No dia 25 de Novembro de 1975, nos Estúdios do Lumiar, às 16h45, o Capitão Duran Clemente interrompe a "Telescola" e dá início a uma emissão revolucionária anunciada com o slide "Poder Popular". O País ficou dividido também na televisão: no Norte os espectadores viam um filme de Danny Kaye, no Sul via-se o Telejornal.

 

De 2ª (27) a 4ª (29), às 22h00, na RTP3.

25
Nov17

POSTAL GRANDE GUERRA - Viver em Tancos

A 22 de Julho de 1916, mais de 20 mil homens participaram numa parada militar em Montalvo, perto de Tancos. Foram também figurantes involuntários em dois filmes – uma encomenda do Ministro da Guerra, Norton de Matos. A ideia era impressionar Portugal e os países estrangeiros.

 

 

Depois de uma instrução preliminar a nível regional tratou-se de reunir as tropas em Tancos, mas a falta de disciplina de muitas praças e a falta de liderança de muitos oficiais fez com que até a marcha até Tancos arrancasse atrasada.

 

 

O que os soldados rasos pensavam do regime de "Paulona", como chamavam a Tancos, não sabemos muito bem. Mas queixavam-se que as cartas, narrando o que se passava lá dentro, não chegavam ao destino.

 

25
Nov17

TV: Festival Eurovisão Júnior da Canção c/ Mariana Venâncio (RTP1/ domingo, 26 - 15h00)

Eurovisão Júnior da Canção 2017

 

A Eurovisão Júnior da Canção destina-se a crianças entre os 9 e os 14 anos e a grande final está marcada para o próximo domingo, 26 de Novembro, na Geórgia. O evento terá lugar na Arena Olympic Palace, em Tbilisi, capital daquele país do leste europeu.

 

Mariana Venâncio, natural de Carcavelos, irá representar Portugal na competição com o tema "YouTuber", da autoria de João Cabrita.

 

As votações online já estão abertas em     https://vote.junioreurovision.tv/

 

Nota: na votação online, os portugueses podem votar na concorrente portuguesa

 

mariana venancio.jpg

 

 

25
Nov17

CINE TV: As Mil e Uma Noites - Volume 3, O Encantado (RTP2 - 00h15)

O Encantado

 

Ano: 2015

Realização: Miguel Gomes

Argumento: Telmo Churro, Mariana Ricardo, Miguel Gomes

 

Elenco: Crista Alfaiate, Chico Chapas, Luísa Cruz, Joana de Verona, Gonçalo Waddington, Margarida Carpinteiro, Américo Silva, Jing Jing Guo, Teresa Madruga, João Pedro Bénard, Isabel Cardoso, Carloto Cotta, Bernardo Alves, Quitério, Louison Tresallet

 

Sinopse: Num país europeu em crise - Portugal -, um realizador propõe-se a construir ficções a partir da miserável realidade onde está inserido. Mas, incapaz de descobrir um sentido para o seu trabalho, foge cobardemente, dando o seu lugar à bela Xerazade. Ela precisará de ânimo e coragem para não aborrecer o Rei com as tristes histórias desse país! Com o passar das noites, a inquietude dá lugar à desolação e a desolação ao encantamento. Por isso Xerazade organiza as histórias que conta ao Rei em três volumes. 

 

Vol. 3, O Encantado: No qual Xerazade duvida que ainda consiga contar histórias que agradem ao Rei, dado que o que tem para contar pesa três mil toneladas. Por isso foge do palácio e percorre o Reino em busca de prazer e encantamento. O seu pai, o Grão-Vizir, marca encontro com ela na roda gigante e Xerazade retoma a narração: "Oh venturoso Rei, fui sabedora que, em antigos bairros de lata de Lisboa, existia uma comunidade de homens enfeitiçados que, com rigor e paixão, se dedicava a ensinar pássaros a cantar…". E vendo despontar a manhã, Xerazade calou-se.

 

 

 

25
Nov17

TELETEATRO: Isto é para Televisão? (RTP2 - 22h15)

Isto é para a Televisão?

 

Realização: Adriano Nazareth

Autoria: Sofia Ângelo

Produção: Roger Madureira (Teatro de Carnide, Lisboa)

 

Intérpretes: Nuno Pinheiro e Tiago Costa

 

Sinopse: 25 de Abril, 21h30, Dia da Liberdade.


Um homem prepara-se para discursar. Procura falar para uma multidão sem a ver, o que encontra é uma câmara de filmar e um assistente disposto a ajudá-lo no grande desafio do indizível. Fragmentos de memória invadem o pensamento, o homem terá que se libertar da gravata que o sufoca.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D