Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

29
Out15

DOC TV: Alto Bairro (RTP2 - 23h30)

alto bairro.jpg

 

Realização: Rui Simões

Actores: Lia Gama, Henrique Gil, Carla Bolito, Marina Albuquerque, Marta Félix, Ana Cruz

 

Sinopse: 1950, Bairro Alto. João tem 13 anos e decidiu fazer uma investida no "bairro das prostitutas", em Lisboa. Foi o início de uma etapa nova na sua vida, num bairro também ele feito de etapas distintas. O que hoje resta do Bairro Alto das prostitutas, dos jornalistas, artistas e artesãos? Que mudanças o atravessam e como poderão afectar o futuro da cidade? Seguimos os rostos e as vozes que o recheiam pelas ruas vazias do dia e pela excitação da noite numa tentativa de inscrever as memórias e expectativas, os sonhos e anseios que compõem o Bairro Alto no ano do seu 500º aniversário.

 

 

28
Out15

TEATRO: Entraria nesta sala... (Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa - até 8 Novembro)

entraria680_25427809560ec05603233.jpg

 

Texto: Ricardo Neves-Neves

Encenação: Sandra Faleiro

Cenário e Figurinos: Maria João Castelo

Música: Sérgio Delgado

Elenco: Cristina Carvalhal, Joana Campelo, Ricardo Neves-Neves, Rui Melo

 

Sinopse: Comédias que fizeram rir gerações. Musicais cujos grandes temas ainda hoje se trauteiam. Mas também dramas que deixaram marcas no imaginário colectivo. O cinema português dos anos de 1930 e 1940, ora marcado pelo gosto do regime político, ora inteligentemente subversivo, é o ponto de partida para este espectáculo encenado por Sandra Faleiro.

 
O texto de Ricardo Neves-Neves, ao mesmo tempo que recupera cenas marcantes dos filmes da época, envolve-nos na aventura de uma família investida, por uma Nossa Senhora que só sabe falar espanhol, de uma incrível missão: matar Hitler.
 
Da Costa do Castelo à Berlim de 1945, que estava "pior que o campo da Palhavã quando se desmonta a feira", entra-se num jogo de novidade e reconhecimento, que fará com que uns recordem tempos que já lá vão e outros tenham a oportunidade de conhecer, e se deixar contagiar, pelas incontornáveis figuras que povoaram o grande ecrã.

 

28
Out15

MINI LETRAS LUSAS: "A vida difícil de Gastão Latife", de Carlos J. Campos

O Dono da Lua e A Rainha Linguaruda são os dois primeiros volumes da série A vida difícil de Gastão Latife, que narra as aventuras e, sobretudo, as desventuras de um ex-aprendiz de feitiçaria que ficou com cara de coelho (ou de rato, as opiniões variam) graças a um misterioso incidente. E assim nasceu um herói  improvável e algo trapalhão, mas muito divertido.

 

Carlos J. Campos, autor e ilustrador da série, mistura habilmente imaginação e humor, transportando o leitor para um mundo mágico e maravilhoso, de feitiçarias e encantamentos.

 

Aconselhado a leitores dos 6 aos 12 anos.

 

O-Dono-da-Lua_capa.jpg

 

 

Sinopse: Gastão Latife é um rapaz como outro qualquer, apesar do incidente que fez com que ficasse com cara de coelho (ou de rato, as opiniões variam). Por ser muito trapalhão e distraído, Gastão acaba por ser expulso da Grande Escola de Magia onde estudava e parte sozinho e sem rumo pela floresta. Não tarda a encontrar novos amigos, Cão Pulguento e Pirí, o pirilampo que trocou a capacidade de dar luz pela capacidade de falar, nem consegue evitar meter-se em sarilhos. Ao sair da floresta, Gastão é preso por um rei que pensa ser dono da lua. Para se salvar, assim como a todos aqueles que são vítimas da tirania do rei, o ex-aprendiz de feiticeiro vai ter de provar aquilo que vale.

 

A-Rainha-Linguaruda_capa.jpg

 

 

Sinopse: Depois de ter ganho fama de grande mago, Gastão Latife vive despreocupadamente em viagem com os seus amigos, embora Pirí não se canse de repetir que, no fim da primeira aventura, ao adormecer, viu a sua cara de coelho (ou de rato, as opiniões variam) voltar ao aspecto original de rapaz. Mas Gastão enganava-se se pensava que ia manter-se longe de sarilhos. Uma rainha intriguista e coscuvilheira obriga-o a desfazer a terrível maldição que lhe faz crescer a língua de cada vez que conta um mexerico. E o pior é que mantém refém o Pulguento enquanto Gastão não conseguir que a sua língua volte ao normal. Será o ex-aprendiz de feiticeiro capaz de salvar o amigo ao mesmo tempo que dá uma lição à caprichosa rainha?

28
Out15

ESTREIA TV: A Arte Eléctrica em Portugal (RTP1 - 22h50)

Estreia-A-Arte-Elétrica-em-Portugal-750x422.jpg

 

 

"A Arte Eléctrica em Portugal" é uma série documental de 6 episódios sobre a história do rock em Portugal desde os anos 60 até ao início dos anos 90. Foram entrevistadas mais de 50 pessoas, entre protagonistas dos vários movimentos e especialistas da área musical. Como nasceu o rock em Portugal? Que diferenças existiam entre o Rock em português e o Rock que se fazia lá fora? De que forma a realidade portuguesa dificultava a vida aos músicos que andavam na estrada? As respostas em 6 episódios contados na primeira pessoa sobre fãs, drogas, rivalidades entre bandas e muitas outras curiosidades sobre o movimento da arte eléctrica em Portugal.

 

Uma série documental a partir de uma ideia de António-Pedro Vasconcelos, com autoria e realização de Leandro Ferreira e Pedro Clérigo, Rui Miguel Abreu como jornalista e consultor, produção Panavideo.

 

Episódio 1: Os anos do IÉ-IÉ

 

Foi nos anos 60 que teve início o rock em Portugal. Face à dificuldade de obter discos vindos do estrangeiro, coube à rádio o papel fundamental na divulgação da realidade pop-rock que se vivia lá fora, sendo o programa de rádio "Em Órbita" uma referência. O filme "Sementes de Violência" com o tema "Rock Around the Clock", de Billy Haley, ajuda também a criar uma onda de adesão ao novo movimento.


É nesta década que surgem bandas como o Conjunto Académico João Paulo, Ekos, Conchas, Daniel Bacelar e Quarteto 1111, com José Cid. Vítor Gomes e os Gatos Negros trazem uma nova rebeldia, com uma atitude ousada e um novo visual.


A chegada à cena portuguesa de fenómenos musicais internacionais como os Beatles originam o aparecimento de bandas como os Shakes, de Paulo de Carvalho e Fernando Mendes.  Em paralelo aparecem os primeiros concursos de música, sendo o "Concurso do IÉ-IÉ" o mais emblemático, realizado pelo Movimento Nacional Feminino.


O contexto social e político que se vivia em Portugal acabaria por determinar o fim de muitas destas bandas. Apesar de, nos anos 60, a música eléctrica que se fazia em Portugal ser maioritariamente "covers", estes anos foram muito importantes para o processo formativo que iria dar frutos nas décadas seguintes.

 

Quartas, às 22h50, na RTP1.

27
Out15

CONCERTO: José Cid & Big Band (Coliseu do Porto - 31 Outubro)

jose cid.jpg

 

 

José Cid apresenta o seu mais recente álbum, "Menino prodígio", no Coliseu do Porto já no próximo dia  31 de Outubro. O músico e compositor regressa ao Coliseu da Invicta acompanhado pela Big Band, com a qual tem percorrido o país numa digressão ímpar. José Cid subiu ao palco do Coliseu do Porto, anteriormente, em Fevereiro de 2014, tendo esgotado a sala e, em Junho último, actuou ao ar livre, na cidade, no âmbito das Festas de S. João, com uma audiência de cerca de 120.000 pessoas. 

 

Agora está de regresso para um concerto inesquecível! Do alinhamento deste espectáculo farão parte os grandes clássicos de sempre e grandes canções que compõem o novo disco editado em Abril, como "Menino prodígio", "De mentirosos está o cemitério cheio" ou "Blá!, Blá!, Blá!", um dos temas composto para o Quarteto 1111 e que foi motivo de censura pelo antigo regime. 

 

27
Out15

DOC TV: Alentejo Alentejo (TVCine 2 - 22h00)

alentejo alentejo.jpg

 

Ano: 2014

Realização: Sérgio Tréfaut

Com: Os Camponeses de Pias, Cantadores de Aldeia Nova de São Bento, Grupo da Casa do Povo de Serpa, Os Ceifeiros de Cuba, Grupo do Sindicato Mineiro de Aljustrel, Papoilas do Corvo, Coro Feminino Cantares de Alcáçovas, Os Rouxinóis da Damaia, Os Bubedanas

 

Sinopse: De origem popular, o cante alentejano sobrevive graças aos grupos que o cultivam no Alentejo e na periferia de Lisboa, os quais recapitulam em ensaio o repertório conhecido de memória, quase sem registo escrito ou sonoro e com reduzidas alterações criativas. No Alentejo, dezenas de grupos amadores reúnem-se regularmente para ensaiar antigos cantos polifónicos e para improvisar cantos sobre o tempo presente. Nascido nas tabernas e nos campos, cantado por camponeses e por mineiros, o cante alentejano deixou os campos e atravessou as fronteiras da sua região. Nas últimas décadas, com a diáspora alentejana, apareceram novos grupos na periferia industrial de Lisboa e em diversos países de emigração, acentuando o cante como traço identitário dos alentejanos onde quer que estejam. Este filme é uma viagem pelo Portugal contemporâneo, através de um modo musical único e dos seus intérpretes.

 

 

27
Out15

ESTREIA TV: Os Segredos da Tia Cátia (24Kitchen - 21h00)

SEGREDOS CÁTIA.png

 

"Os Segredos da Tia Cátia" é o novo programa de produção nacional do 24Kitchen depois de outros como "Prato do Dia", "Gosto de Portugal", "Mercados da Minha Terra", "À Boleia da Filipa" ou "Papa-Quilómetros". Este é protagonizado por Cátia Goarmon que ficou conhecida pelo público português ao participar no concurso "Masterchef Portugal". Desde essa altura que Cátia conquistou as audiências com a sua simpatia e à-vontade e, neste seu novo programa, ela revela os seus segredos de cozinha e também um pouco da sua vida pessoal.

 

 

"Os Segredos da Tia Cátia" é um programa cuja acção recai sobre três protagonistas: a Tia Cátia, a sua casa e a comida. Ao longo do programa vamos ficar a conhecer cada um dos três protagonistas. Durante o programa, a Tia Cátia leva-nos a conhecer a sua quinta, fazendo-se sempre acompanhar da sua grande paixão que é a cozinha.

 

 

Neste programa vamos degustar com os olhos a verdadeira comida de conforto, nacional e internacional, mas sempre com um toque de requinte e sofisticação. Filmado na sua quinta, Cátia convida-nos a entrar na sua vida e na sua cozinha. 

 

Terças, às 21h00, no 24Kitchen.

 

27
Out15

QUALIFICAÇÃO EURO 2017 FEMININO: Portugal x Irlanda (TVI24 - 15h00)

cartaz (2).jpg

 

 

É o primeiro jogo da Selecção Nacional A Feminina na fase de apuramento para o Euro 2017 e pode ser o primeiro apuramento de sempre na história de Portugal, neste Campeonato!

 

Integrada no grupo 2 de apuramento, juntamente com as selecções da República da Irlanda, Montenegro, Finlândia e Espanha, Portugal tudo fará para, jogo a jogo, conseguir marcar presença na Holanda, em Julho e Agosto de 2017. A qualificação para o Europeu é a ambição desta jovem e destemida Selecção Nacional Feminina!

 

A estreia de Portugal na fase de qualificação para o Europeu de 2017, frente à República da Irlanda, é transmitida, na TVI24, às 15h00. Em directo do Parque Desportivo Comendador Joaquim Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, no Minho, a equipa portuguesa vai lutar pela vitória.

 

27
Out15

SOCIEDADE CIVIL - Vinho do Porto (RTP2 - 14h00)

sociedade civil.jpg

 

Bebida espirituosa, doce, frutada e, para alguns, forte. É apreciada por muitos e distribuída pelos quatro cantos do mundo. O vinho do Porto é usado para brindes importantes ou para enriquecer receitas culinárias. É deste néctar que se fala no Sociedade Civil desta terça-feira.

 

O mesmo Sociedade Civil de sempre, agora com imagem renovada e com a apresentação de Luís de Castro que modera as participações dos vários parceiros em cada emissão

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D