Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

24
Jul15

TV: Hélder Moutinho - Um Fado na Mouraria (RTP2/ domingo, 26 - 14h45)

Um-fado-na-Mouraria.jpg

 

Poeta e intérprete único, Hélder Moutinho representa as raízes mais fortes do fado tradicional, um dos poucos artistas de fado que ainda está ligado às suas origens, onde tudo começou quando ele era apenas uma criança. De uma voz poderosa e rara profundidade emocional, Hélder Moutinho é a prova de que ser fadista é uma condição de vida.


A curta-metragem "Hélder Moutinho - Um Fado na Mouraria" retrata este ambiente único: a tradição das casas de fado, o respeito pelos anciãos, a condição de ser fadista, o sentido de laços familiares que só o mais puro amor pela música ajuda a crescer.


"Hélder Moutinho - Um Fado na Mouraria" é o retrato de como o fado exulta a transformação de quem o ouve. Convidados especiais: Bela, Celeste Rodrigues, Gaspar Varela Silva (guitarra portuguesa), Judite Marceneiro, Tony Carolas e Rosinha de Braga.

24
Jul15

CINE TV: Linhas de Wellington (RTP2/ sábado, 25 - 22h50)

Linhas-de-Wellington.png

 

Ano: 2012

Realização: Valeria Sarmiento (Chile)

Produtor: Paulo Branco

Argumento e diálogos originais: Carlos Saboga

 

Elenco: Nuno Lopes, Victória Guerra, Soraia Chaves, Albano Jerónimo, Paulo Pires, Joana de Verona, José Meireles, Filipe Vargas, Adriano Luz, Afonso Pimentel, Carloto Cotta, Rita Martins, Sara Carinhas, Miguel Borges, Maria João Bastos, Marcello Urgeghe, João Arrais, Gonçalo Waddington, Diogo Dória, Elmano Sancho, João Villas-Boas, Pedro Ferreira, Miguel Monteiro, Pedro Lacerda, João Saboga, Ricardo Aibéo, Manuel Wiborg, Dmitry Bogomolov, Francis Braddell-Dawson (Portugal), Vincent Perez, Melvil Poupaud, Mathieu Amalric, Catherine Deneuve, Miriam Heard, Michel Piccoli, Malik Zidi, Jemina West, Isabelle Hupert, Elsa Zylberstein, Christian Vadim, Chiara Mastroianni, Lucrèce Carmignac (França), John Malkovich (EUA), Marisa Paredes (Espanha)

 

Sinopse: Em 27 de Setembro de 1810, as tropas francesas, comandadas pelo marechal Massena, são derrotadas na Serra do Buçaco pelo exército anglo-português do general Wellington. Apesar da vitória, portugueses e ingleses retiram-se a marchas forçadas diante do inimigo, numericamente superior, com o objectivo de o atrair a Torres Vedras, onde Wellington fez construir linhas fortificadas dificilmente transponíveis. Simultaneamente, o comando anglo-português organiza a evacuação de todo o território compreendido entre o campo de batalha e as linhas de Torres Vedras, numa gigantesca operação de terra queimada, que tolhe aos franceses toda a possibilidade de aprovisionamento local. É este o pano de fundo das aventuras de uma plêiade de personagens de todas as condições sociais – soldados e civis; homens, mulheres e crianças; jovens e velhos -, arrancados à rotina quotidiana pela guerra e lançados por montes e vales, entre povoações em ruína, florestas calcinadas, culturas devastadas. Perseguida encarniçadamente pelos franceses, atormentada por um clima inclemente, a massa dos foragidos continua a avançar cerrando os dentes, simplesmente para salvar a pele, ou com a vontade tenaz de resistir aos invasores e rechaçá-los do país, ou ainda na esperança de tirar partido da desordem reinante para satisfazer os mais baixos instintos. Todos, quaisquer que sejam o seu carácter e as suas motivações – do jovem tenente idealista Pedro de Alencar, passando pela maliciosa inglesinha Clarissa Warren ou pelo sombrio traficante Penabranca, até ao vindicativo sargento Francisco Xavier e à exuberante vivandeira Martírio -, convergem por diferentes caminhos para as linhas de Torres, onde o combate final deve decidir do destino de cada um.

 

 

 

24
Jul15

TV: GNR + GNR no Pavilhão Atlântico (RTP1/ sábado, 25 - 21h55)

 

A banda de Rui Reininho, Toli César Machado e Jorge Romão (GNR - Grupo Novo Rock) subiu ao palco do Pavilhão Atlântico, em Lisboa, com a banda sinfónica da Guarda Nacional Republicana (GNR), para celebrar 25 anos de música.


O rock vanguardista e peculiar dos GNR e a tradição secular da Banda Sinfónica da GNR num concerto memorável!

 

24
Jul15

DOC TV: Camilo de Oliveira (RTP1/ sábado, 25 - 11h50)

camilo oliveira.jpg

 

Popular, versátil, carismático, Camilo de Oliveira é uma referência na história da comédia e do teatro de variedades em Portugal.


Natural da Figueira da Foz, nasceu literalmente em palco, no dia 23 de Julho de 1924, quando a sua mãe representava uma das peças do Grupo Caras Direitas, que pertencia à sua avó. Mais tarde, com apenas 9 anos, estreia-se no grupo de teatro da família - uma das companhias itinerantes mais conhecidas do seu tempo - e o talento do jovem actor depressa se faz notar.


Conhecido pelo seu rigor e profissionalismo, Camilo contracenou com grandes actores portugueses ao longo da sua carreira. De Beatriz Costa a Raul Solnado, foi com Ivone Silva que protagonizou a inesquecível dupla "Agostinho e Agostinha" no Sabadabadu da RTP, no início dos anos 80.


Beneficiando de enorme popularidade junto de várias gerações de público, as sucessivas séries do impagável "Camilo" constituíram sempre grandes êxitos de audiência. Neste documentário, ao longo de 50 minutos, Camilo revela-se e fala das memórias de infância, dos seus grandes amores e dos momentos mais marcantes da sua carreira.

23
Jul15

LETRAS LUSAS: "O Caçador do Verão", de Hugo Gonçalves

o_cacedor_do_verao.jpg

 

 

Sinopse: Por mais longe que cheguemos, nunca podemos fugir da infância. Quando José é convocado pelo velho patriarca da família, com quem não fala há anos, a sua perplexidade é enorme e, por isso, inescapável a recordação do Verão de 1982, em que o avô – nadador de longas distâncias e anticomunista fanático, a quem o cancro levou todas as mulheres – o foi buscar a uma aldeia algarvia onde a mãe o deixara com uma estranha, decidido a tornar-se o pai que ele nunca tivera. Foi nesse Verão que a perigosa quadrilha de Mancha Negra fugiu da cadeia, provocando uma caça ao homem sem precedentes que deixou o País em sobressalto; que José mergulhou da rocha mais alta e que foi atingido por um raio, julgando assim ganhar os superpoderes necessários para descobrir o paradeiro dos bandidos e resolver o mistério do desaparecimento da mãe; e que, na companhia de um rafeiro chamado Rocky e de três amigos extraordinários, viu nascer dentro de si uma força e uma ferida que, mais tarde, o levariam a tentar corrigir os males do mundo pelas próprias mãos. As memórias da vida numa mansão do Estoril, com o avô austero, uma tia devota e uma prima cúmplice, levam-no a regressar à serra algarvia 30 anos depois, para resgatar o que ficou dessas férias grandes, descobrindo, afinal, o que precisava de saber sobre si próprio. O Caçador do Verão é um romance fascinante sobre a importância da família e da infância nas nossas vidas, que recupera um tempo em que Portugal se aproximava velozmente da Europa, com tudo o que isso tinha de grato e fatídico.

 

 

Hugo Gonçalves nasceu em 1976. Foi correspondente, em Nova Iorque, Madrid e Rio de Janeiro. Colaborou com Jornal de Notícias, Diário Económico, jornal i, Expresso, Visão e, actualmente, escreve uma crónica no Diário de Notícias. Em 2001 recebeu o Prémio Revelação do Clube Português de Imprensa.
 
 

23
Jul15

GRANDE REPORTAGEM: Os Tratadores (Jornal da Noite, SIC - 20h00)

tratadores-9fbb.jpg

 

Surya trabalha num hospital psiquiátrico do Porto como cão de terapia. MoMo trabalha numa escola de Silves como cão ouvinte. São animais treinados para ajudar a tratar. 

 

Mais de 10 mil anos de domesticação levaram o Homem a explorar a relação com os animais em novas áreas: a educação e a saúde. Nos últimos anos, as Intervenções Assistidas por Animais deram passos de gigante em Portugal.

 

A Grande Reportagem SIC mostra-lhe os resultados surpreendentes do trabalho destas equipas de terapeutas e animais. Com exemplos em áreas tão diversas como os comportamentos de risco na adolescência, as adições, a dislexia, o autismo, a esquizofrenia ou as demências.

 

Para ver esta quinta-feira, no Jornal da Noite, na SIC, com início às 20h00.

22
Jul15

DOC TV: O Cometa da República (RTP2 - 23h35)

 

"O Cometa da República" é um documentário sobre a passagem do cometa Halley, em 1910, e todas as suas implicações a nível social e político. O temor e o pânico causados e a sua ligação à Implantação da República. O documentário é realizado por José Luís Leitão, a partir de uma ideia original de Joaquim Fernandes. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub