Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

10
Abr15

TV: Cais de Fado - Cristina Branco e Camané (RTP2/ sábado, 11 - 00h10)

cais de fado.jpg

 

 

A Orquestra Sinfónica do Porto  Casa da Música reencontra-se com o fado nas vozes de duas figuras muito marcantes nas últimas duas décadas - Cristina Branco e Camané. Este concerto especial que a Casa da Música leva à Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, dá uma dimensão sinfónica a clássicos celebrizados por Amália, como "Maria Lisboa" e "Estranha Forma de Vida", mas também a fados contemporâneos de Mário Laginha, José Mário Branco ou Custódio Castelo, com letras de António Lobo Antunes ou Manuela de Freitas, entre outros. As orquestrações são de Mário Laginha, José Mário Branco e Filipe Melo.

 

10
Abr15

LINHA DA FRENTE - Os Discípulos da Bola (RTP1/ sábado, 11 - 20h45)

Clericus-Cup-2015-com-Portugal-Euro-de-Futsal-de-P

 

 

O "Linha da Frente" apresenta-lhe os Campeões da Europa de Futsal.

São 12 padres, 12 atletas. São os Discípulos da Bola.

Chegam das dioceses de Viana do Castelo, Braga, Porto e Vila Real. Uma geração de sacerdotes que quer ser diferente dentro e fora de campo, unidos pela alegria de jogar futebol e pela fé. Celebram dezenas de missas, percorrem centenas de quilómetros até Riba de Ave, ponto de encontro para os treinos de domingo à noite.

Gil, 38 anos, eleito o melhor jogador europeu, nem a feijões gosta de perder. A gargalhada faz parte da imagem de marca do padre e atleta Custódio, 32 anos. Zé Miguel diz ser igual a qualquer jovem de 28 anos. Nos gostos, na ocupação dos tempos livres, na forma de vestir e de comunicar.

"Os Discípulos da Bola" é uma reportagem da jornalista Sandra Vindeirinho, com imagem de David Araújo, edição de Paula Meira e grafismo de Tó Vasconcelos. Para ver no "Linha da Frente", este sábado, às 20h45, a seguir ao Telejornal, na RTP1.

 

 

10
Abr15

TEATRO: al mada nada (Teatro Nacional S. João - Porto/ 11 a 19 Abril)

TUNA_TNSJ-ALMADA-L-1746.jpg

 

 

De: Ricardo Pais (com Pedro Almendra, Rui Silva e Momentum Crew)

Textos: Almada Negreiros

Guião e Encenação: Ricardo Pais com Manuel Tur

Cenografia: Manuel Aires Mateus

Figurinos: Bernardo Monteiro

Música: Rui Silva

Interpretação: Pedro Almendra (actor), Bruce Almighty, Deeogo Oliveira, Lagaet Alin, Max Oliveira, Mix Ivanou, Pedro França (dança urbana) e Rui Silva (percussão)

 

Sinopse: Fernando Pessoa e heterónimos são despejados do seu "escritório vasto", subitamente invadido por magalas com bivaque e polainas de brim, saídos da escrita percutida de Almada Negreiros. Numa altura em que se comemora o centenário da revista literária Orpheu, al mada nada regressa ao palco do Teatro Nacional São João, um ano após o avassalador êxito desse lado b que Ricardo Pais projectou para o quintessencial Turismo Infinito. Se o espectáculo criado sobre textos de Pessoa figurava uma mente plural, al mada nada celebra a sensualidade, a cor, o movimento, coisas que Almada viveu apaixonadamente. Partindo sobretudo de Saltimbancos (1917) – texto único da nossa literatura, obsessivamente físico e sexual –, a criação de Ricardo Pais põe a girar, au ralenti ou em altíssima rotação, um caleidoscópio português em que se imbricam um quartel e um circo indigente, homens-cavalo, arraiais de verão, dramas de namorados, memórias de uma semi-imaginária Emissora Nacional, um sol a pique e um luar de acetileno… Contrastes simultâneos a que o actor Pedro Almendra, o percussionista Rui Silva e a Momentum Crew – um grupo de b-boys premiado internacionalmente – dão corpo, fazendo do palco uma arena de combate, mas também o lugar de um inesperado recolhimento.

 

 

10
Abr15

MÚSICA: Ciclo São Carlos (Teatro Municipal Joaquim Benite - Almada/ 12 Abril)

João Paulo Santos.jpg

João Paulo Santos 

 

No próximo domingo, dia 12 de Abril, terá início o Ciclo S. Carlos no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada. Dirigido pelo maestro João Paulo Santos, este ciclo de quatro concertos será inteiramente dedicado a compositores portugueses. Da Geração de 70, do século XIX, até à II Guerra Mundial, traça-se a evolução da música de câmara portuguesa. Novidades é o título do primeiro concerto, no qual serão interpretadas obras de Alfredo Keil, Augusto Machado, Augusto Neuparth, Artur Napoleão e Francisco de Sá Noronha.

 

O Teatro Nacional de S. Carlos organiza, em 2015, um ciclo de quatro concertos comentados, através dos quais se procura traçar o panorama da música portuguesa erudita entre o último quartel do século XIX e a segunda metade do século XX. Serão quatro os temas versados no âmbito deste ciclo (Novidades, As sociedades de concerto, A modernidade e Novos valores), ilustrados por dezenas de obras vocais e de câmara, da autoria de diversos compositores portugueses. À frente dos trabalhos estará o maestro João Paulo Santos, que, para além de conduzir a conversa com o público, acompanhará ao piano os cantores convidados.

 

João Paulo Santos (n. 1959), pianista e maestro, concluiu o Curso Superior de Piano no Conservatório Nacional de Lisboa. Há 34 anos ligado ao Teatro Nacional de S. Carlos, é actualmente Director de Estudos Musicais, Director Musical de Cena e Coordenador do Estúdio de Ópera nessa instituição. O seu percurso artístico abrange fundamentalmente três áreas: a direcção musical, o piano e a recuperação do património musical nacional.

 

 

 

10
Abr15

ESPECIAL TV: Casa da Música 10 Anos (TVI e TVI24)

casa-da-música-660x325.jpg

 

A Casa da Música, no Porto, celebra 10 anos e está em festa. Esta sexta-feira, 10 de Abril, a TVI e a TVI24 associam-se às celebrações com uma emissão especial.

 

O Jornal da Uma e o Jornal das 8 serão transmitidos, em directo, da Casa da Música, no Porto, e haverá ainda várias reportagens e directos na TVI24, durante todo o dia.

 

09
Abr15

CINE ESTREIA: "Carlos do Carmo - Um Homem no Mundo", de Ivan Dias

CarlosCarmo_f2.jpg

 

 

Realização: Ivan Dias

 

Sinopse:  A história do fadista Carlos do Carmo é contada pelo próprio, num percurso que parte da primeira gravação que fez aos 11 anos, na Adega da Lucília, com a própria mãe, Lucília do Carmo, e com o pai, até à entrega do Grammy Latino em Las Vegas, em Novembro de 2014. A história é debulhada folha a folha, entre conversas com familiares e amigos (Júlio Pomar, António Costa, Rui Vieira Nery, Pilar Saramago, Ivan Lins, entre outros) até chegarmos à pessoa que a conta. Acompanha um ano de consagração na vida de um homem que nos mostra que todas as consagrações se fazem em cada momento. Um homem que se reinventa a cada instante. Não é só a arte do Caminho que fica. É a arte de bem Caminhar. Neste homem do mundo o que parece ser o fim é sempre o princípio.

 

 

ivan dias.jpg

 

 

Ivan Dias nasceu em 1974, em Braga. Como realizador, tem-se dedicado à área dos documentários. Produziu o filme "Fados", do realizador espanhol Carlos Saura.

 

Filmografia:

 

Carlos do Carmo: Um Homem no Mundo (2015)

Lisboa vista do Rio (2013)

Bola Quadrada (2013)

Boteco (2012)

Fado: Um Legado Português para o Mundo (2011)

Mariza no Palco do Mundo (2011)

Guitarras à Portuguesa (2011)

Apanhei-te, Cavaquinho! (2011)

A Revolução de Abril no olhar de Carlos Gil (2010)

Os Filhos de Ivanovo (2010)

09
Abr15

Fronteira - Festival Literário de Castelo Branco (10 e 11 Abril e 4 Maio)

fronteira festival castelo branco.png

 

A 10 e 11 de Abril e 4 de Maio, a literatura volta a Castelo Branco. À terceira edição, o Festival Literário de Castelo Branco assume o nome de Fronteira, num evento que se pretende de reflexão e de discussão sobre até onde a literatura pode chegar.

À semelhança das edições anteriores, a vontade de criar novos públicos e a atenção aos mais novos continuam a ter destaque com visitas de autores a várias escolas do concelho. Catarina Correia Marques, Fernando Alvim, Gémeo Luís, José Pires, Marta Torrão e Paulo Galindro são os autores que levam às escolas o tema «Ler: atravessar fronteiras para outros mundos».

A programação continua com encontros de escritores, abertos à comunidade. Bruno Vieira Amaral, Francisco José Viegas, o músico João Afonso, João de Melo, João Tordo, José Manuel Fajardo (Espanha), Valério Romão e Valter Hugo Mãe completam a lista dos autores que estarão presentes nestas mesas de debate.

Este ano o festival conta também com uma sessão especial, a 4 de Maio, numa homenagem ao autor moçambicano Mia Couto.

O festival celebra também Castelo Branco e o seu património, com a programação a estender-se da Biblioteca Municipal até ao Cineteatro Avenida, passando pelo Centro Cultural de Alcains, pelo Museu Cargaleiro e pelo auditório da Escola Superior de Educação.

09
Abr15

TV: Contentor 13 - Luís Miguel Rocha (RTP2 - 00h30)

luis-miguel-rocha_1344547402.jpg

 

"Contentor 13" é uma série de 13 episódios que revela a vida e obra de 13 escritores. No início do programa, o autor fala sobre o seu percurso enquanto escritor, sobre as suas obras, processo criativo, personagens e projectos literários. Num segundo momento aborda-se a sua vida pessoal: hábitos, gostos, hobbies, sugestões, opiniões, etc. Para além disso, são ainda entrevistados 2 amigos ou familiares do autor, os quais partilharão alguns episódios relacionados com a vida pessoal e profissional do convidado.

 

Esta quinta-feira, a RTP2 exibe o 12º episódio do programa "Contentor 13" que tem como convidado o escritor Luís Miguel Rocha, falecido recentemente. Luís Miguel Rocha nasceu em Fevereiro de 1976 e faleceu no passado dia 26 de Março, aos 39 anos de idade. Foi o primeiro autor português a entrar para o top dos livros mais vendidos do jornal norte-americano The New York Times, com o livro "O Último Papa".

08
Abr15

LETRAS LUSAS: "Portugal Querido", de Mário dos Santos Lopes

portugal querido.jpg

 

 

Sinopse:  Algarvios, muitos, minhotos e serranos construíram, na primeira metade do século XX, uma nova vida num país que estava, também ele, a ser ainda construído. De Buenos Aires à Patagónia. Em Portugal Querido podemos ler histórias como a de Yudith, que atravessou o oceano sem saber como era o pai que a esperava no outro lado do Atlântico.

 

mario santos lopes.jpg

 

Mário dos Santos Lopes, de 55 anos, escritor, jornalista e professor, é filho de algarvios que emigraram para a Argentina e lançou, naquele país, o livro Portugal Querido, onde reúne histórias de emigrantes portugueses e luso-descendentes na Argentina. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D