Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

31
Out13

"A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria" - António Pinho Vargas

António Pinho Vargas licenciou-se em História, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, tirou o Curso Superior de Piano do Conservatório do Porto, fez o Mestrado de Composição do Conservatório de Roterdão na Holanda e completou o seu doutoramento em Sociologia da Cultura na Universidade de Coimbra em 2010. Gravou 8 discos de jazz como pianista/compositor e conta já com 4 álbuns monográficos. É também autor dos livros "Sobre Música: ensaios, textos e entrevistas" (Afrontamento, 2002), "Cinco Conferências sobre a História da Música do Século XX" (Culturgest, 2008) e "Música e Poder: para uma sociologia da ausência da música portuguesa no contexto europeu" (CES/Almedina, 2011).

 

Filmado em Lisboa.

 

 

                                "Uma já antiga"

 

"Dinky Toys"

 

"June"

 

29
Out13

ISTO É PORTUGAL! - Cardume

 

Origem: Lisboa

 

O anzol já não engana. Com mais de dois anos de existência, a Cardume é uma velha conhecida de todos os apreciadores de street wear. O produto é nacional e, à frente da marca, estão quatro marujos de primeira onda - Tiago, João, Luís e Hélio (autor da deixa "Sai da frente, Guedes!") - que resolveram juntar talentos para se dedicarem ao pronto-a-vestir. Na rede apanham-se bonés, t-shirts, sweats e pólos, tanto para eles como para elas, tudo confeccionado pelas mãos do colectivo.

 

No último Verão, o público feminino teve especial atenção, com tank tops e até fatos-de-banho, sempre fiéis ao estilo da marca e sem preços disparatados (a partir de 20 euros). Depois do sucesso das últimas peças, a próxima estação há-de ser bem mais tranquila, com alguns lançamentos mais espaçados. A Cardume pode abrandar, mas mesmo assim não há quem a apanhe.

 

(retirado do artigo "Marcas alfacinhas" publicado na edição nº 316 da revista Time Out Lisboa)

 

http://www.cardumeapparel.com/

 

 

 

 

Pág. 1/14

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D