Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alma-lusa

alma-lusa

02
Mar11

Portugal é o 2º país com melhores políticas de integração de imigrantes

Foram divulgados esta semana, em Bruxelas, os resultados do MIPEX III, o estudo sobre Políticas de Integração de Imigrantes, e, entre os 31 países analisados da Europa e da América do Norte, Portugal surgiu como o segundo país com melhores políticas de integração de imigrantes, mantendo assim o resultado do ranking anterior, referente a 2007.

 

De acordo com o ACIDI (Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural), Portugal registou uma progressão muito positiva no ranking, alcançando uma melhoria de 5 pontos percentuais no cômputo global dos indicadores, aproximando-se assim da Suécia, que ocupa o primeiro lugar do ranking. O ACIDI refere ainda que Portugal ocupa o primeiro lugar da lista no que toca às melhores políticas de integração de imigrantes na vertente da reunificação familiar e do acesso à nacionalidade e é também o segundo melhor país na vertente da integração dos imigrantes no mercado de trabalho.

 

O ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, disse à Agência Lusa que "o que este ranking vem dizer é que Portugal tem a melhor lei da nacionalidade do mundo desenvolvido, que tem, na sua lei, as políticas mais humanistas de reagrupamento familiar." Pedro Silva Pereira acrescentou ainda: "Transformámos a política de integração de imigrantes num dos pilares de uma nova geração de políticas sociais. Com uma atitude humanista, atenta à integração dos imigrantes, uma postura simultaneamente de solidariedade e de justica para com os imigrantes e que honra muito a tradição de um país de emigração."

 

Este estudo teve em conta 148 indicadores referentes às políticas de integração de imigrantes. A primeira edição do MIPEX III realizou-se em 2005, com 15 países analisados, e Portugal ficou em 4º lugar. Em 2007, o nosso país subiu para o 2º lugar, com 28 países analisados, posição que mantém e reforça em 2011, agora entre 31 países.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub