Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alma-lusa

alma-lusa

18
Jan19

ESTREIA TV: Gente Que Não Sabe Estar (Jornal das 8, TVI/ domingo, 20 - 20h00)

A imagem pode conter: 1 pessoa

 

"Gente Que Não Sabe Estar" é o nome do novo programa de Ricardo Araújo Pereira, que irá estar centrado, sobretudo, na actualidade política nacional, num ano em que terão lugar várias eleições.

 

Ricardo Araújo Pereira estará acompanhado por José Diogo Quintela, Miguel Góis, Joana Marques, Guilherme Fonseca, Cátia Domingues, Manuel Cardoso, Cláudio Almeida e Insónias em Carvão. 

 

Serão 25 minutos de puro humor e crítica, que irão para o ar durante a emissão do Jornal das 8, aos domingos. O programa terá uma emissão semanal até Junho e, a partir de Outubro, será emitido diariamente. Os dois primeiros programas serão gravados, a partir do Teatro Villaret, em Lisboa, e as emissões seguintes serão em directo.

 

Domingos, no Jornal das 8, da TVI.

 

18
Jan19

TEATRO INFANTIL: Romance da Raposa (Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada - 19 e 20 Janeiro)

romance raposa.png

 

Texto: a partir do romance homónimo de Aquilino Ribeiro

Música original: Alexandre Delgado

Encenação e adaptação: Teresa Gafeira

Cenários e figurinos: António Lagarto

Piano: Alexei Eremine

 

Intérpretes: Anabela Ribeiro, Carolina Dominguez, João Farraia, João Maionde

 

Sinopse: Figura maior da literatura portuguesa do século XX, autor de uma obra que assenta numa escrita de grande virtuosismo narrativo e riqueza lexical e idiomática, dizia-se (em Lisboa) de Aquilino Ribeiro (1885-1963) que tinha levado consigo a província para a cidade. Romance da Raposa, escrito em 1924, para o oferecer pelo Natal a um seu filho, ilustra-o: trata-se de uma história «em harmonia com a ciência natural» de um território em que o «bicho-homem» vive paredes-meias com grande quantidade de bicharada. Uma história que é, ao mesmo tempo, realista e simbolista, capaz de mostrar às crianças «o mecanismo da astúcia» e pondo «à vista a relojoaria íntima, engenhosa e arteira» da raposa.

 

Tendo já dedicado ao teatro para a infância alguns grandes textos, a par com um trabalho continuado de pedagogia em torno da chamada grande música, que no teatro de arte encontra um lugar natural, Teresa Gafeira (n. 1952) parece ter reunido nesta sua nova criação o melhor de três mundos: a suprema e exuberante engenharia literária de Aquilino, o génio musical de Alexandre Delgado  (n. 1965), a quem entregou a tarefa de compor música nova para uma história sobre uma já velha raposa, e o talento de António Lagarto  (n. 1948), autor da cenografia e dos figurinos, para dar a tudo isso um corpo plástico que revisita e transfigura o espírito do tempo de há quase 100 anos, quando Romance da Raposa foi escrito

 

Espectáculos: Sábado, 19 (16h); Domingo, 20 (11h)

 

Resultado de imagem para romance raposa

18
Jan19

CINE TV: As Mil e Uma Noites - Volume 2, O Desolado (RTP2/ sábado, 19 - 23h55)

O Desolado

 

Ano: 2015

Realização: Miguel Gomes

Argumento: Telmo Churro, Mariana Ricardo, Miguel Gomes

 

Elenco: Crista Alfaiate, Chico Chapas, Luísa Cruz, Joana de Verona, Gonçalo Waddington, Margarida Carpinteiro, Américo Silva, Jing Jing Guo, Teresa Madruga, João Pedro Bénard, Isabel Muñoz Cardoso, Carloto Cotta, Eduardo Frazão, Pedro Inês, Adriano Luz, Carla Maciel, José Manuel Mendes, Manuel Mozos, Gracinda Nave, Lucky (cão)

 

Sinopse: Num país europeu em crise - Portugal -, um realizador propõe-se a construir ficções a partir da miserável realidade onde está inserido. Mas, incapaz de descobrir um sentido para o seu trabalho, foge cobardemente, dando o seu lugar à bela Xerazade. Ela precisará de ânimo e coragem para não aborrecer o Rei com as tristes histórias desse país! Com o passar das noites, a inquietude dá lugar à desolação e a desolação ao encantamento. Por isso Xerazade organiza as histórias que conta ao Rei em três volumes. 

 

Vol. 2, O Desolado: Xerazade narra como a desolação invadiu os homens: "Oh venturoso Rei, fui sabedora de que uma juíza aflita chorará em lugar de ditar a sua sentença, numa noite de três luares. Um assassino em fuga vagueará pelas terras do interior durante mais de quarenta dias e teletransportar-se-à para fugir à Guarda, sonhando com putas e perdizes. Lembrando-se de uma oliveira milenar, uma vaca ferida dirá o que tiver a dizer e que é bem triste! Moradores de um prédio dos subúrbios salvarão papagaios e mijarão em elevadores, rodeados por mortos e fantasmas; mas também por um cão que… ". E vendo despontar a manhã, Xerazade calou-se.

 

 

 

 

 

18
Jan19

CINE TV: O Fim da Inocência (TVCine 1/ sábado, 19 - 21h30)

Resultado de imagem para o fim da inocencia tvcine 1

 

Ano: 2017

Realização: Joaquim Leitão

Argumento: Roberto Pereira (adaptação do livro de Francisco Salgueiro)

Produção: Cinemate (Ana Costa)

 

Elenco: Oksana Tkach, Rodrigo Paganelli, Raquel Franco, Joana Barradas, Francisco Fernandez, Joana Aguiar, Ricardo Sá, Ana Marta Ferreira, Sofia Alves, Sandra Celas, Virgílio Castelo, Catarina Matos, Ângelo Torres, Leonor Vasconcelos, João Alves, Luís Garcia, Raquel de Oliveira, Marco Paiva, David Gomes, Miguel Frazão, Pedro Borges

 

Sinopse: "O Fim da Inocência", adaptação da obra homónima de Francisco Salgueiro, conta a história de Inês (Oksana Tkach), mas não só. É também a história de muitos jovens que vivem uma vida dupla, longe dos olhares dos seus pais, mesmo quando estes se julgam os melhores e mais presentes pais do mundo. Aos olhos de todos, principalmente dos seus pais, Inês é a menina perfeita. Estuda num dos mais caros e reputados colégios da Linha de Cascais e o seu núcleo de amigos é meramente composto por filhos de embaixadores e presidentes de grandes empresas. Acontece que, por detrás das aparências, a realidade de Inês e do seu grupo de amigos é outra, muito diferente. Inês e o seu grupo de amigos são consumidores regulares de drogas, têm comportamentos sexuais de alto risco e utilizam o lado mais perigoso da Internet para os seus fins sexuais e não só. Assim, e ainda menores de idade, as suas vidas já se encontram num estado de degradação física elevado e num descontrolo emocional total. E tudo sem que os seus pais se dêem conta…

 

O Cinema Português tem cada vez mais motivos para se orgulhar e de contribuir para enriquecer o património cultural do país. Nesse sentido, os Canais TVCine começam o ano com uma celebração do que de melhor se faz na indústria e dedicam todo o mês de Janeiro à produção nacional, com o Especial Êxitos do Cinema Português, onde, todos os sábados, será exibido um blockbuster recém-lançado. 

 

 

 

 

 

 

17
Jan19

CINE ESTREIA: "Tiro e Queda"

TIRO E QUEDA.jpg

 

Realização: Ramón de los Santos (Espanha)

Argumento: Filipe Homem Fonseca

Direcção de Fotografia: JP Caldeano

Música original: Tiago Perestrelo

Produção: Stopline Films (Leonel Vieira)

Local de rodagem: Viana do Castelo

 

Elenco: Eduardo Madeira, Manuel Marques, José Eduardo, Henriqueta Maya, Emília Silvestre, Carla Vasconcelos, Gabriela Barros, Óscar Branco, Camilo Silva, Dinarte de Freitas, Ismael Calliano, Joana de Viana, Nuno Fernandes

 

Sinopse: Dois homens. Uma missão. Um alvo. Uma comédia.

 

Eddie (Eduardo Madeira) e Manecas (Manuel Marques) são dois grandes amigos dotados de uma estupidez "galáctica". E juntos revelam-se um verdadeiro desastre.

 

No bairro conhecido como "Camboja", onde vivem sob o comando de suas mulheres, Eddie e Manecas têm em comum uma vida dupla, mas ignoram que Rute (Gabriela Barros) e Guidinha (Carla Vasconcelos) não são tão estúpidas quanto eles.

 

Ao receberem a mensagem de código – K4-37 – arriscam-se numa missão secreta e viajam até Viana do Castelo onde, depois de instalados num estranho hotel, recebem a visita de uma mulher misteriosa e singular que os informa sobre a missão a cumprir: «eliminar dois alvos». Para este trabalho clandestino, Eddie e Manecas devem dirigir-se para o Navio Gil Eanes e contornar as medidas de segurança.

 

As mulheres acabam por lhes seguir o rasto e Eddie e Manecas terão que enfrentar um fim vergonhoso. Mas serão eles dois verdadeiros atiradores profissionais? Ou apenas dois tipos que disparam uma hilariante e inteligente sátira à sociedade portuguesa?

 

O filme "Tiro e Queda" é realizado por Ramón de Los Santos, realizador espanhol radicado em Portugal desde 2012.

 

 

17
Jan19

CINE ESTREIA: "Selvagens"

selvagens.jpg

 

Realização e Argumento: Dennis Berry (EUA)

Direcção de Fotografia: Carlos Nogueira de Melo

Música original: Thomas Rozès (França)

Produção: Leopardo Filmes (Paulo Branco), Alfama Films (Paulo Branco, França), Bando à Parte (Rodrigo Areias)

Local de rodagem: Lisboa

 

Elenco: Nadia Tereszkiewicz (França), Catarina Wallenstein, João Nunes Monteiro, Hugo Fernandes

 

Sinopse:  Nora (Nadia Tereszkiewicz) é libertada da prisão. Ela tem apenas uma coisa em mente: encontrar uma jovem artista neo-punk que admira, Léa (Catarina Wallenstein). Espelho uma da outra, estas duas almas gémeas vão conhecer-se e reconstruir a sua vida juntas.

 

 

 

17
Jan19

CINE ESTREIA: "Os Dois Irmãos" de Francisco Manso

os dois irmãos.jpg

 

Realização: Francisco Manso

Argumento: José Fanha (baseado no romance homónimo do escritor cabo-verdiano Germano Almeida)

Direcção de Fotografia: José António Loureiro

Música: Bitori Nha Bibinha (Cabo Verde), Batucadeiras do Terreiro dos Órgãos (Cabo Verde), Luís Cília

Produção: Take 2000 (José Mazeda)

Local de rodagem: Chão de Tanque, Ilha de Santiago (Cabo Verde)

 

Elenco (Cabo Verde): Flávio Hamilton, João Paulo Brito, Manuel Estevão, Alexandre Fonseca Soares, Raquel Monteiro, Agnelo Duarte, Dulce Sequeira, Gil Moreira, Che Gonçalves, Janeth Tavares, Leonel Varela, Sandro Gomes, Adalberto Varela, Cláudio Correia, Luciano Gonçalves, Elisabete Fernandes, Maria da Luz Miranda, António Semedo, Vera Anícia, Admilson Martins

 

Sinopse: O filme "Dois Irmãos" inspira-se numa história verídica. André, cabo-verdiano emigrante em Lisboa, recebe uma carta do pai a dizer-lhe que o irmão mais novo se envolveu com a sua mulher e a exigir-lhe que regresse para que limpe a desonra caída sobre a família. A pressão do pai, e da própria aldeia, vai constituir uma terrível força que leva André a matar o irmão, por quem tinha enorme amizade e ternura. Um conflito entre as leis actuais e uma lei ancestral não escrita, mas aceite pela comunidade, talvez até mais poderosa.

 

O filme "Os Dois Irmãos", uma co-produção de Portugal e Cabo Verde, tem realização do português Francisco Manso e um elenco cabo-verdiano.

 

 

 

francisco-manso.jpg

 

Francisco Manso nasceu em Lisboa, em 1949. Frequentou a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e completou o Curso de Cinema e Audiovisuais do AR.CO e os Cursos de Audio e de Assistente de Realização da RTP. Realizador e produtor, iniciou a sua carreira na realização na década de 70. Além de longas-metragens de ficção, realizou também vários documentários. Para televisão, além de telefilmes e séries documentais, realizou a mini-série histórica "Almeida Garrett" (RTP1). Actualmente, está a gravar a série histórica "O Nosso Cônsul em Havana", para a RTP1.

 

Filmografia:

 

Os Dois Irmãos (2019)

Aristides de Sousa Mendes - O Cônsul de Bordéus (2012)

Assalto ao Santa Maria (2010)

O Último Condenado à Morte (2009)

A Ilha dos Escravos (2008)

Memórias de um Rio - Avieiros, os Nómadas do Tejo (doc., 2004)

O Cinema Português (telefilme documental, 2003)

Clandestinos (doc., 2000)

Dez Grãozinhos de Terra (doc., 2000)

O Testamento do Senhor Napumoceno (1998)

Na Mão de Deus (Antero de Quental) (telefilme, 1993)

Nostalgia (1993)

Quase (Mário de Sá-Carneiro) (telefilme, 1992)

Saudade (Soares dos Reis) (telefilme, 1992)

Terra Nova, Mar Velho (1983)

A Epopeia dos Bacalhaus (1983)

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D