Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

 

lidia_jorge_gf_20130217.jpg

 

A escritora portuguesa Lídia Jorge foi distinguida com o Prémio Luso-Espanhol de Arte Cultura 2014, atribuído pelo Ministério da Cultura espanhol e pela Secretaria de Estado da Cultura portuguesa.

 

O prémio foi atribuído por unanimidade por um júri composto por especialistas dos dois países que justificam a escolha da escritora portuguesa por "criar uma relação e vínculo de união entre Portugal e Espanha através da sua contribuição para o conhecimento mútuo de ambos os países" mas também "pelo valor da sua obra literária, que aborda algumas das questões fundamentais do nosso tempo".

 

O Prémio Luso-Espanhol de Arte Cultura foi criado em 2006, tem uma periodicidade bianual, e visa premiar a obra de um artista "que tenha contribuído para melhorar a comunicação e cooperação cultural entre Portugal e Espanha, reforçando os laços entre os dois países". Desde a sua criação, o prémio já distinguiu o poeta e tradutor português José Bento (2006), o professor e escritor espanhol Perfecto Cuadrado (2008), o arquitecto português Álvaro Siza Vieira (2010) e o realizador espanhol Carlos Saura (2012).

 

Lídia Jorge, de 68 anos, é um dos maiores nomes da literatura portuguesa contemporânea. A sua obra mais recente, "O Organista", uma  fábula sobre a criação do universo e a relação dos homens com Deus, foi lançada este ano.



publicado por Alma Lusa às 15:24
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
22

23

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO