Terça-feira, 02 de Maio de 2017

bandeira-da-romenia.jpg

 

Paolo Marinou-Blanco é um realizador português de origem romena. Filho de pai romeno e mãe portuguesa, nasceu em Nova Iorque, EUA, e cresceu em vários países da América Latina e Europa. Realizou a curta-metragem "The Curse of Marcel Duchamp" (2002), a longa-metragem "Goodnight Irene" (2008) e a série "O Dez", para a RTP1 (2010). 

 

Mariana Pop é uma romena que reside na vila alentejana de Campo Maior. Há vários anos, o seu marido chegou a Portugal em busca de novas oportunidades e, pouco depois, a família seguiu o mesmo percurso.

 

Karina Vlad foi jornalista na Roménia, mas a vinda para Portugal, em 2001, obrigou-a a mudar de área. A trabalhar como esteticista no nosso país, decidiu retomar a escrita e lançou livros para preservar as tradições romenas entre a segunda geração de imigrantes romenos em Portugal.

 

O Instituto Cultural Romeno, em Lisboa, foi criado em 2007 e pretende divulgar a cultura romena em Portugal.

 

O projecto "Família do Lado " é uma iniciativa através da qual uma família aceita acolher em sua casa uma família que não conheça. Em Algés, no concelho de Oeiras, um lar de imigrantes romenos abriu as portas da sua casa e acolheu uma família portuguesa.

 

 

Restaurante Bran Jr. (Lisboa)

 

Snack-Bar Transilvânia (Sintra)



publicado por Alma Lusa às 16:15

FÁTIMA ALFREDO CUNHA.jpg

 

Editora: Porto Editora

 

Sinopse: Nas celebrações dos 100 anos das Aparições de Fátima, o fotógrafo Alfredo Cunha apresenta 100 fotos que fazem uma justa homenagem a todos os fiéis de Fátima, e aos peregrinos em particular, que irão rever-se nas imagens e no texto da obra. Com introdução do jornalista António Marujo, em edição bilingue (português e inglês), este livro é um registo único do Santuário de Fátima e dos que fizeram daquele um dos maiores locais de peregrinação do mundo cristão.

"Rostos, expressões, sentimentos, experiências. Vidas vividas. (…) São estas pessoas, e é este sagrado, que nos falam nas fotos de Alfredo Cunha reunidas neste álbum. Desde os rostos sulcados pela vida até aos mais institucionais, como os do Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Bertone, muitos bispos e padres ou religiosas como as que nos acolhem nas primeiras fotos. Adivinham-se, aliás, expressões, sentimentos, experiências e vidas muito diversas. (…) Ao longo de décadas, têm sido estas pessoas, milhões de rostos assim, a construir Fátima." (António Marujo)

 

 

Alfredo Cunha nasceu em 1953. Começou sua carreira profissional em fotografia publicitária, em 1970, e como fotojornalista no Notícias da Amadora, em 1971. Trabalhou no jornal O Século e n'O Século Ilustrado (1972), na Agência Noticiosa Portuguesa ANOP (1977) e nas agências de notícias Notícias de Portugal (1982) e Lusa (1987). Foi fotógrafo e editor-chefe no Público entre 1989 e 1997, quando decidiu juntar-se ao grupo Edipresse como fotógrafo-chefe. Em 2000, começou a trabalhar na revista Focus. Em 2002, colaborou com Ana Sousa Dias no programa "Por Outro Lado", da RTP2. Foi o fotógrafo e editor-chefe do Jornal de Notícias, entre 2003 e 2009, e director fotográfico da Global Imagens entre 2010 a 2012. Actualmente trabalha como freelancer e está desenvolvendo vários projectos editoriais. Fotografou o 25 de Abril de 1974 em Portugal. Pouco depois, viajou por Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, S. Tomé, Timor-Leste e Cabo Verde, fotografando a descolonização portuguesa. Publicou alguns livros de fotografia, entre os quais Raízes da Nossa Força (1972), Vidas Alheias (1975), Disparos (1976), Naquele Tempo (1995), O Melhor Café (1996) Porto de Mar (1998), 77 Fotografias e um Retrato (1999), Cidade das Pontes (2001), Cuidado com as crianças (2003), Cortina dos Dias (2012), O Grande Incêndio do Chiado (2013) e Os Rapazes dos Tanques (2014).
 
 



publicado por Alma Lusa às 15:04

jogo tronos

 

Guião e Realização: Público e Improvio Armandi

Com: André Sobral, Hugo Rosa, João Cruz, Juan Pereira, Ricardo Karitsis

 

Sinopse: Inspirado numa conhecida saga, o Jogo dos Tronos – Uma paródia medieval improvisada foi o primeiro espectáculo nacional de improviso a ter um formato inteiramente baseado numa série de televisão e estreia agora a sua segunda temporada.

 

Nesta temporada, quatro nobres famílias portuguesas criadas na hora e inspiradas em elementos do público, disputam o direito de se sentarem no trono, recorrendo a todo o tipo de meios para o fazer: assassinatos, casamentos, batalhas e frágeis alianças que, a qualquer momento, podem desmoronar ou sair fortalecidas com a intervenção dos espectadores.

 

Durante uma hora o público vai conhecer e ajudar a compor os protagonistas desta intriga medieval, sejam eles nobres guerreiros, conselheiros maquiavélicos, belas princesas ou assassinos sem escrúpulos, que poderão ver o seu destino mudado de um momento para o outro, mas sempre com uma garantia: no final… só um será rei. 

 

Depois do sucesso da primeira temporada em Lisboa e Porto, os Improvio Armandi apresentam a "season II" de Jogo dos Tronos – Uma paródia medieval improvisada, que vai estar em cena nos dias 13, 18, 19 e 20 de Maio no Auditório Carlos Paredes, em Benfica, Lisboa, às 21h30. 



publicado por Alma Lusa às 11:58

futebol praia.jpg

 

Depois de ter vencido o Panamá por 7-0 e de ter sofrido uma inesperada derrota, por 5-3, frente ao Paraguai, esta terça-feira Portugal vai disputar o terceiro e último jogo da fase de grupos do Mundial de Futebol de Praia, que está a decorrer nas Bahamas.

 

Portugal é campeão mundial de futebol de praia e quer defender o título conquistado em 2015. Como tal, é obrigatório levar de vencida este jogo. Os dois primeiros classificados do grupo passam aos quartos-de-final da competição.

 

O jogo Emirados Árabes Unidos x Portugal tem início à uma da manhã e será transmitido, em directo, na RTP1 e, em diferido, na Eurosport 2, a partir das 8h30 de quarta-feira.

 

FORÇA, PORTUGAL!!!

 



publicado por Alma Lusa às 10:57

fatima.jpg

 

As Aparições de Fátima continuam a suscitar curiosidade mundial. Este ano celebra-se o seu centenário. Mas se uns são crentes e devotos a este fenómeno ocorrido em Fátima, outros continuam a questioná-lo. A história, os factos e a fé, no próximo Sociedade Civil.



publicado por Alma Lusa às 10:17
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

17

21

28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO