Segunda-feira, 03 de Abril de 2017

PORTUGAL RAGUEBI 2.jpg

 

A Selecção Nacional de Râguebi sub-20 sagrou-se, este sábado, campeã europeia ao derrotar, na final, a Espanha, em Bucareste, na Roménia.

 

Para chegar à final, Portugal derrotou, nos quartos-de-final, a Holanda (42-5) e, nas meias-finais, a Roménia (21-16). Na final, levou de vencida a Espanha por 12-7, com ensaios de José Luís Cabral e Gonçalo Santos.

 

A vitória no Europeu garante também o apuramento para o Mundial sub-20, que se irá realizar entre 25 de Agosto e 10 de Setembro, no Uruguai. 

 

PARABÉNS, PORTUGAL!!!



publicado por Alma Lusa às 17:26

 

Silvana Urzini nasceu em Nápoles, no sul de Itália. É coordenadora dos cursos de língua italiana no Instituto Italiano de Cultura de Lisboa.

 

A jornalista e apresentadora Serenella Andrade, rosto bem conhecido da RTP, tem origens italianas. Filha do realizador Luiz Andrade (falecido em 2013) e de mãe italiana, Serenella nasceu em Nápoles, Itália, e cresceu em Lisboa. 

 

Marcantonio del Carlo é um actor português de origem italiana. Filho de italianos, nasceu no Zimbabwe mas cresceu em Itália. Aos 15 anos, veio viver para Portugal e é hoje um rosto bem conhecido dos portugueses na área da representação, tendo-se estreado recentemente na realização. Actualmente, podemos vê-lo na série "Vidago Palace", na RTP1. 

 

Io Appolloni é uma actriz, cantora e dramaturga luso-italiana. Nasceu em Perúgia, Itália, em 1945 e veio para Portugal em 1965, tendo adquirido a nacionalidade portuguesa em 1975. Para além da sua carreira como actriz, é também conhecido pelo seu talento na área dos doces. 

 

Rodrigo Paganelli é um actor português de origem italiana. Filho de pai italiano e mãe portuguesa, nasceu em Lisboa, em 1992. Dos 10 aos 16 anos, viveu em Itália e, pouco depois de regressar a Portugal, estreou-se na série juvenil "Morangos com Açúcar", na TVI. Actualmente, podemos vê-lo na telenovela "Ouro Verde" (TVI) e, em breve, estará no filme "Jacinta", que será exibido nos cinemas e na TVI.

 

Ronaldo Bonacchi é um actor italiano. Nasceu em Florença, Itália, em 1950, e vive em Portugal desde 1991. Com várias participações no cinema e televisão portugueses, actualmente podemos vê-lo na telenovela "Rainha das Flores", na SIC. 

 

De 5 a 13 de Abril, as cidades de Lisboa, Porto, Coimbra, Almada e Setúbal recebem a 10ª edição da Festa do Cinema Italiano.

 

Nadir Bonnacorso é um arquitecto e empresário italiano que vive em Portugal desde 1992.

 

Marco de Camillis é um dos italianos mais conhecidos em Portugal. Coreógrafo de diversos espectáculos de dança e programas de televisão, actualmente participa no programa "Danças do Mundo", na RTP1.

 

O chef Augusto Gemelli vive em Portugal desde 1996 e é um dos grandes nomes da cozinha italiana em Portugal.

 

Giuseppe Godono e Stefania Raiola são italianos e apaixonados pela cozinha do seu país! Decidiram abrir La Pasta Fresca, um restaurante inovador em Lisboa: um autêntico laboratório de pasta fresca, de muitas formas e sabores.

 

Restaurantes "BellaLisa" (Lisboa)

 

Restaurante "La Trattoria" (Lisboa)

 

 

Restaurante "La Dolce Vita" (Lisboa)

 

Restaurante "Valentino Expo" (Lisboa)

 

Gelateria Nannarella (Lisboa)

 

Um português e dois italianos juntaram-se e abriram a Don Pavili, uma geladaria artesanal em Oeiras. 



publicado por Alma Lusa às 16:44

Amadeo-de-Souza-Cardoso-o-Último-Segredo-da-Arte-

 

Realização: Christophe Fonseca

 

Sinopse:  Um documentário que se propõe descobrir a obra fulgurante do pintor português do qual se diz que é "o segredo mais bem guardado do primeiro modernismo". Considerado como um dos artistas mais talentosos da sua geração, íntimo de Modigliani, Brancusi e do casal Sonia e Robert Delaunay, Amadeo de Souza Cardoso expôs em Berlim, Paris e na Armory Show, em Nova Iorque, ao lado dos maiores do seu tempo: Braque, Picasso, Duchamp, Matisse, Kandinsky e Léger, sempre recusando qualquer etiqueta. Ele conhece em vida um grande sucesso da crítica, mas a sua morte precoce mergulhou-o no esquecimento durante mais de 50 anos.

  

Ao longo de 52 minutos, "Amadeo de Souza Cardoso: O último segredo da arte moderna" conta-nos o percurso apaixonante deste jovem, sedutor e afortunado prodígio, que chegou a Paris no dia em que completou 19 anos, com um destino de envergadura nas suas mãos. Numerosas entrevistas a especialistas, críticos e historiadores, como Helena de Freitas, Catarina Alfaro, António Cardoso, Maria João de Melo, Catherine Grenier, Laurent Salomé, Laurette McCarthy, Marilyn Kushner, Stephanie D’Alessandro, enriquecem a narração com fotografias, correspondências e testemunhos raros.

 

Uma história que mergulha o espectador no coração de um dos períodos artísticos mais ricos e apaixonantes, para assim conferir todo o seu espaço à obra de Amadeo de Souza Cardoso na história do modernismo. Amadeo de Souza Cardoso nasceu a 14 de Novembro de 1887, em Manhufe, freguesia de Mancelos, concelho de Amarante, e faleceu a 25 de Outubro de 1918, com apenas 30 anos de idade. 

 

 



publicado por Alma Lusa às 11:08

Foto de Visita Guiada.

 

Esta segunda-feira, estreia a 7ª temporada do "Visita Guiada", programa com autoria e apresentação de Paula Moura Pinheiro que faz uma visita guiada ao património cultural português.

 

O "Visita Guiada" é um programa de rádio (Antena 1) e televisão sobre peças da História da Arte e da Cultura portuguesas.


Em cada emissão, o programa elege uma peça-protagonista seleccionada num arco temporal de cerca de mil anos e considerando todo o território nacional, ilhas incluídas. A peça-protagonista pode ser um pequeno cálice ou uma catedral, um conjunto de esculturas, uma pintura, um jardim botânico ou um complexo de arquitectura industrial. O que conta é a sua excepcionalidade. Para cada uma das emissões, contamos com as explicações de um especialista diferente, na maioria dos casos, um historiador.

 

O primeiro programa da 7ª temporada visita o Palácio da Bolsa, no Porto:

 

 

Já reparou que na cidade do Porto não há, nunca houve, um palácio real? Nunca um rei português encomendou um palácio no Porto. Aquilo que à primeira vista parece uma bizarria irrelevante é, na verdade, um facto muitíssimo significativo. O Porto é uma cidade que, desde antes da fundação do reino de Portugal, se foi construindo na tensão entre o Bispo, inicialmente todo-poderoso, e uma burguesia progressivamente musculada. Projecto do séc.XIX, o Palácio da Bolsa, sede da Associação Comercial do Porto, é uma espécie de confirmação da vitória da burguesia sobre as outras forças na cidade.


O eurodeputado Paulo Rangel - aqui na inesperada função de divulgador da História do Porto e do seu Palácio da Bolsa - guia-nos neste edifício que se oferece a múltiplas leituras e cujo interior é um impressionante testemunho do gosto ecléctico do fim de século XIX e um repositório do que havia de melhor nas artes decorativas portuguesas.

 

Segundas, por volta das 23h00, na RTP2.



publicado por Alma Lusa às 10:29

axilas2.jpg

 

Ano: 2016

Realização: José Fonseca e Costa (1933 - 2015)

Realização sequências adicionais e montagem: Paulo MilHomens

Argumento: Mário Botequilha e José Fonseca e Costa (a partir do conto "Axilas" do escritor brasileiro Rubem Fonseca)

Música original: José Manuel Proença e Carlos Manuel Neto

Produção: Paulo Branco (Leopardo Filmes)

 

Elenco: Pedro Lacerda, Elisa Lisboa, Maria da Rocha, André Gomes, Margarida Marinho, Fernando Ferrão, José Raposo, Rui Morisson, Paula Guedes, Cecília Guimarães, Luís Mascarenhas, Carlos Curto, Luís Lucas, Alexandra Sargento, Miguel Monteiro, Francisco Brás, Victor Santos, Elisete Teixeira, Marta Félix, Mariema, Marco Paiva, Filipa Cardoso, Romeu Runa, David Mesquita, Helena Nunes, Rui Passos, Bernardo Santos, Lourenço Seruya; Jan Wiezba (maestro), Máximo Cavalli (contrabaixo), Mário Delgado (guitarrista), Laurent Filipe (trompetista), Alexandre Frazão (baterista), Ianina Khmelik (violoncelista), Matilde Khmelik (violoncelista)

 

Sinopse: Lázaro de Jesus (Pedro Lacerda) é o filho adoptado de uma senhora rica de Lisboa, a quem chama Avó (Elisa Lisboa). É ela que o apresenta ao Padrinho (André Gomes), um grande empresário que o toma como seu protegido, e a Angelina (Margarida Marinho), a mulher com quem a Avó pretende que ele se case. Mas Lázaro tem outros interesses ocultos, o mais importante dos quais é uma fixação obsessiva pelas axilas femininas. Quando vê a violinista Maria Pia (Maria da Rocha) a tocar, Lázaro apaixona-se de imediato e passa a viver em função dela, o que irá precipitar um final absolutamente imprevisível.

 



publicado por Alma Lusa às 09:30
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16

23
29

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO