Sábado, 04 de Março de 2017

 



publicado por Alma Lusa às 19:00

salgueiro maia alfredo cunha.jpg

Salgueiro Maia retratado por Alfredo Cunha a 25 Abril 1974

 

O Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, em Lisboa, tem patente, de 4 de Março a 25 de Abril, a exposição "Tempo depois do tempo".

 

São cerca de 500 imagens que ilustram meio século de actividade do reputado fotojornalista português Alfredo Cunha, numa viagem pela História de Portugal e do Mundo. 

 

descolonizacao_alfredo_cunha657175ff.jpg

Caixotes dos retornados em Belém, 1975 (foto de Alfredo Cunha)

 

AlfredoCunha.png

 

Alfredo Cunha nasceu em 1953, em Celorico da Beira. Começou a sua carreira profissional em fotografia publicitária em 1970 e, como fotojornalista, no Notícias da Amadora, em 1971. Trabalhou no jornal O Século e n'O Século Ilustrado (1972), na Agência Noticiosa Portuguesa ANOP (1977) e nas agências de notícias Notícias de Portugal (1982) e Lusa (1987). Foi fotógrafo e editor-chefe no Público, entre 1989 e 1997, quando decidiu juntar-se ao grupo Edipresse como fotógrafo-chefe. Em 2000, começou a trabalhar na revista Focus. Em 2002, colaborou com Ana Sousa Dias no programa "Por Outro Lado", na RTP2. Foi fotógrafo e editor-chefe do Jornal de Notícias, entre 2003 e 2009, e director fotográfico da Global Imagens entre 2010 a 2012. Actualmente trabalha como freelancer e desenvolve vários projectos editoriais.


Fotografou o 25 de Abril de 1974 em Portugal. Pouco depois, viajou por Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, S. Tomé, Timor-Leste e Cabo Verde, fotografando a descolonização Portuguesa. Publicou alguns livros de fotografia, entre os quais Raízes da Nossa Força (1972), Vidas Alheias (1975), Disparos (1976), Naquele Tempo (1995), O Melhor Café (1996), Porto de Mar (1998), 77 Fotografias e um Retrato (1999), Cidade das Pontes (2001), Cuidado com as crianças (2003), Cortina dos Dias (2012), O Grande Incêndio do Chiado (2013) e Os Rapazes dos Tanques (2014).



publicado por Alma Lusa às 18:42

festival canção.jpg

 

Este domingo, 5, realiza-se a Grande Final do Festival RTP da Canção 2017, onde será escolhido o representante de Portugal no Festival Eurovisão, que terá lugar em Maio, em Kiev, capital da Ucrânia.

 

São 8 os finalistas na gala que decorrerá no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, com apresentação de Catarina Furtado e Sílvia Alberto. Além da festa da música, será também o início das celebrações dos 60 anos da RTP, que se assinalam no próximo dia 7 de Março.

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 17:46

corta mato mira.jpg

 

O Campeonato Nacional de Corta-Mato Longo, elites masculina e feminina, realiza-se este ano em Mira, na Pista de Corta-Mato aberta na mata que rodeia a Praia de Mira.

 

A RTP2 emite em directo, a partir das 10h30. 

 



publicado por Alma Lusa às 17:17
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12

19
25

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO