Sexta-feira, 31 de Março de 2017

Oliveiras com dois mil anos de idade. A partir de um antiquíssimo olival no Alvito, Baixo Alentejo, o geógrafo Jorge Gaspar, discípulo e amigo de Orlando Ribeiro, conduz-nos pela história milenar dos fenícios, gregos, romanos, visigodos e muçulmanos que contribuíram para a fixação da oliveira em Portugal. E assinala os impactos da evolução recente para cultivo intensivo da oliveira. Portugal, um país atlântico, com uma cultura mediterrânica.

 



publicado por Alma Lusa às 19:29
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

gnr (1).jpg

 

O Grupo Novo Rock (GNR) e os 70 elementos da Orquestra Arte Sinfónica (orquestra da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo) realizaram um concerto conjunto no Centro Cultural de Viana do Castelo, na noite de 6 de Fevereiro de 2016.


Pelos instrumentos da orquestra vianense e pela voz de Rui Reininho passaram um conjunto de temas icónicos da banda portuense GNR. 



publicado por Alma Lusa às 16:23
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

raquel-tavares-575x563.jpg

 

A fadista Raquel Tavares é a próxima convidada do Estúdio 24, este domingo, dia 2 de Abril.

 

Raquel Tavares vai apresentar o novo álbum "Raquel", no dia 21 de Abril, no Coliseu de Lisboa e, no dia 22 de Abril, no Coliseu do Porto.

 

"Raquel", produzido por Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt, tem 12 canções e junta Caetano Veloso, Mallu Magalhães, Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz e Tiago Bettencourt a nomes incontornáveis como Alfredo Marceneiro e Pedro Homem de Mello, passando por João Dias, Carlos Rocha ou Arlindo de Carvalho.

 



publicado por Alma Lusa às 16:17
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

reporter tvi.jpg

 

É considerada já uma das maiores revoluções do cérebro e está a ser feita por médicos portugueses.

A cirurgia chama-se Estimulação Cerebral Profunda e, através de eléctrodos dentro do crânio, é possível tratar doenças como Parkinson, Alzheimer, distonia, anorexia, obesidade, depressão e até mesmo obsessões e toxicodependência.

Uma equipa de reportagem da TVI acompanhou vários doentes que se sujeitaram a esta operação e é verdadeiramente impressionante o antes e o depois da cirurgia.

No Hospital de Santa Maria, em Lisboa, fez-se mesmo uma experiência única no mundo, ao operar-se o primeiro dependente de cocaína. Os médicos portugueses conseguiram bloquear a zona cerebral do prazer, devolvendo ao doente uma vida sem dependência de drogas.

Até onde irão os limites éticos de tudo isto? É a pergunta que agora se coloca a muitos médicos.

 

Para ver este domingo, no Jornal das 8, da TVI, com início às 20h00.

 



publicado por Alma Lusa às 16:02
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

non.jpg

 

Ano: 1990

Realização e Argumento: Manoel de Oliveira

Música original: Alejandro Massó (Espanha)

Produção: Paulo Branco

 

Elenco: Luis Miguel Cintra, Diogo Dória, Miguel Guilherme, Luís Lucas, Carlos Gomes, António S. Lopes, Mateus Lorena, Lola Forner (Espanha), Raúl Fraire (Argentina), Ruy de Carvalho, Teresa Menezes, Leonor Silveira, Paulo Matos, Francisco Baião, António Lupi, João Bénard da Costa, Luís Mascarenhas, André Gago, Pepe Ruiz (Espanha), Ángel Gómez (Espanha), Salvador Martos, Mateus Cardoso, Altino Almeida, Jaime Silva, Jorge Rolla, Ana David, Catarina Furtado, José Ramos, António Sequeira Lopes, Sofia Sá da Bandeira, Ricardo Trêpa, Manoel de Oliveira (narrador)

 

Sinopse: Em África, nos finais da guerra colonial portuguesa, um grupo de soldados avança pelo mato. Falam da guerra e da missão histórica do homem em combate. Entre eles encontra-se o alferes Cabrita (Luis Miguel Cintra), licenciado em História, que vai percorrer outras memórias de guerra onde Portugal teve de enfrentar os ventos da derrota e da tragédia. De Viriato e da luta de resistência ao domínio romano até ao inevitável desastre africano, de que o alferes Cabrita será uma das últimas vítimas, Portugal enfrentou terríveis e devastadoras derrotas militares ao longo da sua História.

 

Estreado mundialmente no Festival de Cannes em 1990, onde Manoel de Oliveira foi igualmente homenageado, "Non ou a Vã Glória de Mandar" é uma pessoal e fascinante viagem pela nossa memória histórica que começa e acaba na Guerra Colonial, passando por uma série de momentos igualmente desastrosos, sobretudo militares, como a resistência de Viriato aos romanos ou o delírio de Alcácer-Quibir. Para além da sua aparente dimensão didáctica, "Non ou a Vã Glória de Mandar" é, acima de tudo, uma obra concebida e criada como uma épica ironia histórica, em que se glorifica e presta homenagem ao espírito de um povo através das suas maiores e mais trágicas derrotas e catástrofes.

 

Oliveira, mais uma vez, a reafirmar o seu gosto visionário num filme que recusa, ostensiva e frontalmente, a estrutura de espectáculo popular para se assumir da primeira à última imagem como uma obra enigmática, alegórica e metafórica sobre as desgraças que em Portugal foram, através de uma das mais alucinantes conjugações de memórias, mitologias e evocações colectivas, alguma vez recriadas em cinema.

 



publicado por Alma Lusa às 15:57
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

ai mouraria.jpg

 

"Ai, Mouraria" é o retrato do bairro mais multicultural do país. Vivem, nesta zona da capital, 52 nacionalidades. Católicos, muçulmanos, budistas, hindus cruzam as calçadas do bairro como se o mundo tivesse caído, todo ao mesmo tempo, num só lugar.


Os portugueses são cada vez menos e os árabes são cada vez mais. A zona para onde D. Afonso Henriques empurrou os mouros após a Reconquista Cristã está novamente tomada pelo mundo árabe, mas não só. Aos poucos, os portugueses e os turistas começam a conhecer esta zona de Lisboa e a fascinante multiculturalidade.


"Ai, Mouraria" é uma reportagem de Mafalda Gameiro, com imagem de Carlos Pinota, Nuno Tavares, Ricardo Passos Mota e edição de Vanessa Brízido. A pesquisa é de Rita Rodrigues e a produção de Cristina Godinho.



publicado por Alma Lusa às 15:44
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

MONACO PSG.jpg

 

Pouco antes de começar um dos maiores clássicos do futebol português (Benfica x FC Porto), tem início a final da Taça da Liga Francesa que será, também, uma festa portuguesa.

 

O Mónaco, treinado por Leonardo Jardim e onde jogam Bernardo Silva e João Moutinho, defronta o Paris Saint-Germain, equipa onde joga Gonçalo Guedes.

 

A final da Taça da Liga Francesa disputa-se no Parque Olímpico de Lyon, tem início às 20h00 e será transmitida na Sport TV3.

 

leonardo-jardim2.jpg

Leonardo Jardim - treinador do Mónaco

 

bs jm monaco.jpg

Bernardo Silva e João Moutinho (Mónaco)

 

gonçalo guedes psg.jpg

Gonçalo Guedes (Paris Saint-Germain)

 

 



publicado por Alma Lusa às 15:08
Quinta-feira, 30 de Março de 2017

100-metros.jpg

 

País: Espanha/Portugal

Realização e argumento: Marcel Barrena (Espanha)

Produção: Cien Metros La Pelicula, Castelao Pictures, MGN Filmes - Tino Navarro (Portugal)

Banda sonora original: Rodrigo Leão (Portugal)

 

Elenco: Dani Rovira, Karra Elejalde, Alexandra Jiménez, Maria de Medeiros (Portugal), David Verdaguer, Clara Segura, Alba Ribas, Bruno Bergonzini, Ricardo Pereira (Portugal), Manuela Couto (Portugal), Marc Balaguer, Gael Díaz, Andrés Velencoso, Betsy Túrnez, Andrea Trepat

 

Sinopse: Ramón, pai de família, vive para o trabalho até que o seu corpo começa a falhar. Com o diagnóstico de Esclerose Múltipla todos os prognósticos pareciam indicar que, no espaço de um ano, não seria capaz de andar nem cem metros. Ramón decide levantar-se para a vida e participar na prova desportiva mais dura do planeta. Com a ajuda da sua mulher e do rabugento do seu sogro, Ramón começa um treino peculiar no qual lutará contra as suas limitações, demonstrando ao mundo que render-se não é opção.

O filme "100 Metros", co-produção entre Espanha e Portugal, tem no elenco os actores portugueses Maria de Medeiros ("Noelia"), Ricardo Pereira ("Marcos") e Manuela Couto (chefe de "Ramón"). A banda sonora é da autoria do compositor português Rodrigo Leão.

 

maria medeiros 100 metros.jpg

Maria de Medeiros no filme "100 Metros"

ricardo pereira 100 metros.png

Ricardo Pereira no filme "100 Metros"

manuela couto.jpg

Manuela Couto

rodrigo leão 2.jpg

Rodrigo Leão compôs a banda sonora de "100 Metros"

 



publicado por Alma Lusa às 11:40
Quinta-feira, 30 de Março de 2017

calabria.jpg

 

País: Suíça

Realização e Argumento: Pierre-François Sauter

 

Com: José Russo Baião (Portugal) e Jovan Nikolic

 

Sinopse: "Calabria" é um road movie funerário. Após a morte de um emigrante calabrês à procura de trabalho na Suíça, dois cangalheiros, Jovan e José, viajam do norte para o sul de Itália para repatriar o defunto. Jovan, um cigano que foi cantor em Belgrado, acredita na vida depois da morte, ao passo que José, um português apaixonado pela cultura, só acredita no que vê. As surpresas e contingências que enfrentam na viagem são, simultaneamente, uma homenagem ao morto e uma celebração da vida.

 

Prémio: Grande Prémio Cidade de Lisboa para Melhor Filme na Competição Internacional do DocLisboa 2016

 

A sessão desta quinta-feira, 30 de Março, no Cinema Ideal, em Lisboa, conta com a presença do realizador suíço e dos protagonistas José ​Russo Baião ​e Jovan​ Nikolic, para posterior conversa com público. Termina com o concerto de Jovan, músico sérvio e protagonista do filme.

 

 

 


publicado por Alma Lusa às 11:03
Quinta-feira, 30 de Março de 2017

RALI AÇORES.png

Créditos de foto: Eurosport

 

 

O Europeu de Ralis (ERC) começa no meio do Atlântico, com o SATA-Rali dos Açores. A prova portuguesa, que tem lugar na Ilha de São Miguel, reúne a melhor lista de inscritos da história do ERC, com 28 carros da categoria rainha (R5).

 

O campeão, o polaco Kajetan Kajetanowicz, coloca o título em jogo, destacando-se também a presença do segundo e terceiro classificados do ERC 2016, o russo Alexey Lukyanuk e o estónio Ralfs Sirmacis. O local Ricardo Moura, vencedor no ano passado, quer repetir o feito e lidera o pelotão nacional onde se destaca também o regresso de Bruno Magalhães, vencedor da prova em 2008 e 2010.

 

O SATA-Rali Açores teve a primeira edição em 1965 (então conhecido como Volta à Ilha de São Miguel) e, desde então, só não houve prova em 1974. Fez parte do Europeu de Ralis entre 1992 e 2005. De 2009 a 2012 esteve inscrito no calendário do IRC, voltando ao Europeu em 2013. Este ano é a primeira de oito jornadas do campeonato.

 

A prova inicia-se na 5ª feira, 30 de Março, e termina no sábado, 1 de Abril. Ao todo, haverá 16 troços de classificação em piso de terra, num total de 210,46 km contra o cronómetro.

 

O Eurosport 1 emite os resumos diários às 22h00 com comentários de João Carlos Costa. Haverá uma emissão de balanço no dia 4 de Abril.

 



publicado por Alma Lusa às 10:15
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12

19
25

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO