Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015

barca dalva.jpg

 

Autoria: Paulo Costa

Produção: João Barrigana

 

Sinopse: A tentativa um pouco quixotesca de um grupo de entusiastas dos caminhos-de-ferro, portugueses e espanhóis, para a reabertura, apenas para viagens turísticas, daquele que é, sem dúvida, o mais belo e dispendioso trecho da linha férrea jamais construído na Península Ibérica: a ligação entre o Porto e Salamanca, através da fronteira de Barca d'Alva / La Fregeneda. Embora este trecho do caminho-de-ferro já se encontre formalmente em território espanhol, na margem direita do rio Águeda, corre na prática junto à própria linha de fronteira e foi todo inteiramente construído e pago por investidores portugueses. Levou mesmo à falência de muitas casas bancárias e de muitos bons burgueses do Porto, antes de ser finalmente concretizada em 1887.



publicado por Alma Lusa às 17:52
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015

DAVID4_001.jpg

 

Com três discos editados entre Portugal e França, país onde nasceu e viveu até aos 10 anos, e sempre a acumular galardões pelas vendas surpreendentes dos seus trabalhos, David Carreira decide terminar a sua digressão de 2014 nos Coliseus. 

 

Este sábado, a RTP1 transmite um dos concertos mais marcantes da EVOLUTION TOUR de David Carreira: o concerto realizado no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, em Novembro de 2014.

 

Os fãs tiveram o privilégio de assistir a um grande espectáculo de música, cor e dança, num ambiente de entrega total por parte de David Carreira enquanto percorria os sucessos dos dois álbuns editados até então, como são exemplos "Esta Noite", "Falling Into You", "Haverá Sempre Uma Música" e "Só Tu e Eu" (com Carolina Deslandes como convidada principal). O vídeo em palco acompanhou o artista, a par e passo, ao longo de cada coreografia e história contada.

 

 



publicado por Alma Lusa às 17:35
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

gatos_nao_tem_vertigens.JPG

 

Ano: 2014

Realização: António-Pedro Vasconcelos

Argumento: Tiago R. Santos, António-Pedro Vasconcelos

Produção: Tino Navarro

Música: Luís Cília

Tema Original: "Clandestinos do Amor" (interpretado por Ana Moura)

 

Elenco: Maria do Céu Guerra, João Jesus, Nicolau Breyner, Fernanda Serrano, Ricardo Carriço, Tiago Delfino, Victor Gonçalves, Joana Barradas, Miguel Santiago, Gustavo Alves, Eva Barros, Elsa Valentim, Joana Manuel, Jorge Silva, Francisco Ferreira, António-Pedro Vasconcelos, Renato Godinho, Adérito Lopes, Joaquim Leitão, Joaquim Nicolau, Pedro Lamares, Afonso Pimentel, Teresa Schmidt, Melchior dos Reis, Duarte Grilo, Vânia Naia, Sofia Leite, Raul Atalaia, Ivo Alexandre, Ana Lúcia Palminha, Adelaide João, Mariema, Sara Barros Leitão, Dinis Evangelista, Elisabete Pedreira, Pedro Galhano Faínha, Maria Hernâni, Bruno Rossi, Nuno Mendes, Paula Soler, Miguel Sopas, Tino Navarro, Diogo Faria, Tiago R. Santos

 

Sinopse: Jó é expulso de casa pelo pai no dia em que faz anos. Sem ter sítio para onde ir, refugia-se no terraço do prédio de Rosa, que acabou de perder o marido. Ele tem 18 anos e ela 73. Quem diria que iria ser amor à primeira vista?

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 19:04
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

velozes-e-furiosos-51.jpg

 

 

Ano: 2011

País: EUA

Realização: Justin Lin

Elenco: Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster, Tyrese Gibson, Dwayne Johnson, Chris "Ludacris" Bridges, Sung Kang, Gal Gadot, Matt Schulze, Tego Calderon, Don Omar, Joaquim de Almeida (Portugal)

 

 

Sinopse: Agora, o polícia demissionário Brian O'Conner junta-se ao ex-condenado Dom Toretto no outro lado da lei. Dwayne Johnson é a nova aquisição, com Jordana Brewster, Chris "Ludacris" Bridges, Tyrese Gibson, Sung Kang, Gal Gadot, Matt Schulze, Tego Calderon e Don Omar para esta derradeira corrida. Este poderoso elenco conta ainda com a participação do actor português Joaquim de Almeida, no papel de "Reyes". 

 

Desde que Brian e Mia Toretto soltaram Dom da prisão, eles ultrapassaram várias fronteiras para evitar as autoridades. Instalados agora no Rio de Janeiro, terão de realizar um último trabalho para conquistar a liberdade. Enquanto reúnem uma equipa de elite com condutores de topo, estes aliados improváveis sabem que esta é a única oportunidade para enfrentar o empresário corrupto que os quer matar a todos. Mas ele não é o único que os persegue.

 

O duro agente federal Luke Hobbs nunca falha um alvo. Quando é destacado para perseguir Dom e Brian, ele e a sua equipa de intervenção desencadeiam uma missão de grande escala para os capturar. Mas enquanto a sua equipa invade o Brasil, Hobbs apercebe-se que não consegue separar os bons dos maus. Agora, terá de confiar nos seus instintos para apanhar a sua presa… antes que alguém o faça.

 

Fast_Five_Joaquim_de_Almeida.jpg

 

Joaquim de Almeida em "Velocidade Furiosa 5" 

 



publicado por Alma Lusa às 19:00
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

RTP1 - Volta ao Mundo 2016

 

 

Uma verdadeira "maratona televisiva" a partir das 10h00 do dia 31 de Dezembro, em simultâneo com as comunidades portuguesas através da RTP Internacional.

 

"Volta ao Mundo 2016" é o programa que vai encerrar 2015 e começar o novo ano na antena da RTP1. Com a presença de vários rostos conhecidos, numa emissão especial em directo com a duração de 22 horas, os momentos da passagem de ano e os respectivos fogos de artifício serão acompanhados, não só nas principais cidades mundiais, mas também em diferentes pontos do país.


Vanessa Oliveira será a enviada especial ao Rio de Janeiro, Brasil; Sónia Araújo a Nova Iorque, EUA; Álvaro Costa a Los Angeles, EUA; e José Carlos Malato a Paris, França. Já em Portugal, Joana Teles estará em Lisboa, Hélder Reis no Porto, Catarina Camacho em Albufeira, Tiago Góes Ferreira no Funchal e ainda um repórter em Ponta Delgada.

 

"Volta ao Mundo 2016", uma emissão especial em directo para acompanhar das 10h00 do dia 31 de Dezembro até às 08h00 do dia 1 de Janeiro, na RTP1. 



publicado por Alma Lusa às 18:54
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

pedro e inês.jpg

 

Coreografia, dramaturgia e selecção musical: Olga Roriz

Cenografia: João Mendes Ribeiro

Figurinos: Mariana Sá Nogueira

Desenho de luz: Cristina Piedade

Sonoplastia: Bruno Gonçalves

 

Intérpretes: Bailarinos da Companhia Nacional de Bailado (CNB)

 

Sinopse: O bailado Pedro e Inês estreou no Teatro Camões, em 2003, e seguiu em digressão por várias cidades portuguesas e também pela Rússia, pela Tailândia e pelo Brasil. Recuperando o episódio que deu origem a diversas obras em várias áreas artísticas, Olga Roriz criou uma coreografia a partir da trágica história de amor de Pedro e Inês. No Expresso, Cristina Peres escreveu que “os personagens surgem aqui como figuras aprisionadas num destino adverso, mas cujo amor é cantado num dueto de rara beleza à volta e dentro do lago que, na cenografia de João Mendes Ribeiro, reproduz a fonte da Quinta das Lágrimas, em Coimbra. (…) O movimento é livre, rápido, envolvente e encantado pela complementaridade dos corpos dos amantes que se perseguem e encontram num lugar e num momento em o amor é possível".

 



publicado por Alma Lusa às 16:45
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

O-Regresso-210x300.jpg

 

Realização: Júlio Alves

Produção: Ukbar Filmes, Midnight Express

 

Sinopse: Documentário da autoria de Júlio Alves sobre a emigração das populações do interior de Portugal, ao longo das décadas de 60 e 70.

 

«Os habitantes de Mega Fundeira, uma pequena aldeia do centro de Portugal, emigraram na sua quase totalidade ao longo das décadas de 60 e 70, deixando-a praticamente vazia. Entretanto muitos regressaram para "morrer na terra". Outros não o conseguiram. É o caso dos meus pais, que faleceram antes de poder cumprir o seu projecto de vida. Parto para a aldeia e visito os lugares onde nasceram, viveram e casaram. Procuro refazer memórias e reconstituir o imaginário das suas expectativas desfeitas. Pergunto-me se os meus pais viveriam como todos aqueles que conseguiram voltar.» (Júlio Alves)

 



publicado por Alma Lusa às 10:22
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2015

 RTP1 - Os Maias

 

 

Realização: João Botelho

Argumento: João Botelho (a partir da obra de Eça de Queiroz)

Figurinos: Sílvia Grabowski

Cenários: João Queiroz (as cenas exteriores foram todas gravadas em estúdio com cenários pintados por João Queiroz)

 

Elenco: Graciano Dias, Maria Flor (Brasil), Pedro Inês, João Perry, Hugo Mestre Amaro, Maria João Pinho, Adriano Luz, Filipe Vargas, Marcello Urgeghe, Pedro Lacerda, Rita Blanco, José Manuel Mendes, André Gonçalves (Brasil), José Neto, José Eduardo, Nuno Pardal, Ana Moreira, Nuno Casanovas, Rui Morisson, Catarina Wallenstein, João Barbosa, Cândido Ferreira, Diogo Vida, Dinarte Branco, Ricardo Aibéo, Francisco Tavares, Cláudio da Silva, João Pedro Vaz, Sandra Santos, Maya Booth, Sara Mestre, João Araújo, Laura Soveral, Rafael Fonseca, Tiago da Cruz, Alexandra Sargento, Leonaldo de Almeida, André Gomes, Solange Santos, Paulo Filipe, Miguel Monteiro, Dinis Gomes, Mitó Mendes, Júlia Cruz, Mário Sabino Sousa, Vera Jardim, Jorge Vaz de Carvalho (voz de Eça de Queiroz)

 

Sinopse: No início dos anos 20 do século XIX, o velho Caetano da Maia expulsa de sua casa o filho Afonso, partidário da Revolução Francesa que varre a Europa. Pouco tempo depois, Afonso arrepende-se e, com o perdão e o dinheiro do seu pai, casa com a pequena fidalga trigueira Dona Maria Runa e vai viver para Inglaterra. Juntos têm um filho, Pedro da Maia, onde vinte anos depois também se vai revoltar contra o seu pai, pelo seu casamento não consentido com Maria Monforte. Pedro e Maria fogem do país e, passados alguns anos, regressam a Portugal com a sua filha Maria, mais tarde nasce Carlos. Mas, mesmo assim, Afonso recusa a reconciliação. A tragédia espreita. Pedro e o seu filho mais novo, Carlos, voltam para casa do pai Afonso, pois a sua mulher fugiu com o príncipe italiano Tancredo e levou a outra filha, Maria. Toda esta situação leva Pedro a cometer o suicídio. Entre Afonso da Maia e o seu neto Carlos, constrói-se o último laço forte da velha família Maia. A vida ociosa de Carlos, um médico aristocrata, invariavelmente acompanhado pelo seu amigo João da Ega, conduz a um comportamento sem muitas regras e muitas convicções. Até que se apaixona de verdade por uma mulher bela e cheia de mistérios. Mesmo sabendo que Maria Eduarda é a irmã, a paixão de Carlos não morre e vai ao limite. E depois termina abruptamente porque Afonso da Maia morre para expiar o pecado terrível do seu neto, neto que era a razão da sua existência. Carlos e Ega partem para uma longa viagem de ócio e de pequenos prazeres mas, dez anos depois, voltam a encontrar-se em Lisboa tão diferente e tão igual, a capital de um país a caminho da bancarrota. Esta obra literária escrita pelo genial Eça de Queiroz, grande, melodramático, divertido e melancólico, aponta um destino sem remédio, tanto para a família Maia como para Portugal.

"Os Maias", o filme que João Botelho realizou a partir da obra de Eça de Queiroz e que estreou nas salas de cinema nacionais em 2014, chegam agora em versão alargada aos ecrãs da RTP1, uma mini-série de quatro episódios, com cenas inéditas e personagens mais desenvolvidas.  "Os Maias", de João Botelho, foi o filme nacional mais visto de 2014, tendo arrecadado vários prémios e distinções. Conquistou o público e a crítica em Portugal e no Brasil pela grandiosa produção que adaptou para o ecrã uma das mais incontornáveis obras-primas da literatura portuguesa.

Segunda (dois episódios) e terça (dois episódios), às 22h45, na RTP1. 

 

 



publicado por Alma Lusa às 10:19
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2015

amor impossivel.jpg

 

 

 

Realização: António-Pedro Vasconcelos

Produção: Tino Navarro

Argumento: Tiago R. Santos

Fotografia: Miguel Sales Lopes

Montagem: Pedro Ribeiro

Música: José M. Afonso

Som: Vasco Pedroso

Decoração: Clara Vinhais

Guarda-Roupa: Mia Lourenço

 

Local rodagem: Viseu

 

Elenco: Victoria Guerra, José Mata, Soraia Chaves, Ricardo Pereira, Maria d'Aires, Lia Carvalho, Carlos Malvarez, José Martins, Manuela Couto, Guilherme Filipe, Maria Leite

 

Sinopse: Cristina (Victoria Guerra) desapareceu. Tiago (José Mata), o seu namorado, afirma que ela foi raptada, mas é uma história em que Madalena (Soraia Chaves) e Marco (Ricardo Pereira), os dois investigadores da Policia Judiciária responsáveis pelo caso, têm dificuldade em acreditar. Ao seguir as pistas que antecederam o crime, "Amor Impossível" caminha entre duas narrativas paralelas: – a de Cristina, uma jovem que busca um amor total e sem limites; – e a de Madalena, uma mulher que, ao investigar o desaparecimento, é confrontada com as insuficiências da sua própria relação.

 

 

a-pv_0.jpg

 

António-Pedro Vasconcelos nasceu a 10 de Março de 1939, em Leiria. Aluno do Curso Superior de Filmografia, na Universidade de Paris IV, é um dos cineastas representativos do Cinema Novo Português com o filme Perdido por Cem, de 1973. Foi responsável também por alguns dos filmes portugueses que maior sucesso comercial tiveram nas salas nacionais, como O Lugar do MortoJaimeOs ImortaisCall GirlA Bela e o Paparazzo ou Os Gatos Não Têm Vertigens. Produtor, participou na criação da V.O. Filmes, da Opus Filmes e ainda do Centro Português de Cinema, que produziu a maior parte dos filmes do Cinema Novo. É argumentista, montador e teve participações como actor nalguns filmes. Presença regular na televisão como comentador desportivo, apresentou na década de 1970 o programa Cineclube (RTP2); fez crítica literária e cinematográfica; chefiou a redacção, com João César Monteiro, do jornal O Cinéfilo; foi colunista da revista Visão e director de A Semana (suplemento do Independente). É autor de Interesse Público, Interesses Privados e foi Provedor do Leitor no semanário desportivo Record. Foi Professor da Escola de Cinema do Conservatório Nacional e é, actualmente, coordenador executivo da Licenciatura em Cinema, Televisão e Cinema Publicitário da Universidade Moderna. É Cavaleiro pela Ordem do Infante D. Henrique.

 

Filmografia:

 

Amor Impossível (2015)

Os Gatos Não Têm Vertigens (2014)

A Bela e o Paparazzo (2010)

Call Girl (2007)

Milú, A Menina da Rádio (documentário, 2007)

Os Imortais (2003)

Jaime (1999)

Aqui D'El Rei! (telefilme, 1992)

O Lugar do Morto (1984)

Oxalá (1981)

Emigrantes... E Depois? (documentário, 1976)

Adeus, Até ao Meu Regresso (documentário, 1974)

Perdido por Cem (1973)

Fernando Lopes Graça (1971)

A Indústria Cervejeira em Portugal (curta-metragem documental, 1967)

 



publicado por Alma Lusa às 10:46
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015

Virados-do-Avesso-750x422.jpg

 

 

Realização: Edgar Pêra

Argumento: Henrique Dias, Frederico Pombares, Roberto Pereira

Elenco: Diogo Morgado, Jorge Corrula, Diana Monteiro, Nicolau Breyner, Marina Albuquerque, Nuno Melo, Rui Melo, Philippe Leroux, Álvaro Faria, Isabel Medina, Melânia Gomes, Miguel Borges, Rui Unas, Marco Paiva, José Wallenstein, Miguel Partidário, Vanessa Ferreira, Miguel Pereira

Participação especial: Anselmo Ralph (Angola), Bárbara Guimarães

 

Sinopse: João é um célebre escritor a atravessar uma enorme crise de criatividade. Também a sua vida afectiva vive momentos de dúvida. Um acontecimento muito invulgar fez com que João acordasse um dia sem saber se a pessoa que tem a seu lado na cama é aquela com quer continuar a partilhar a vida. João decide afastar-se e, livre de compromissos, assume-se como um verdadeiro solteiro folião. Quem vai aproveitar este desvio é Isabel, a escritora rival de João. Isabel só precisava de um deslize para, com a sua falta de escrúpulos, pisar João e ficar em vantagem. Conseguirá João recuperar a inspiração para terminar o seu livro? E se a única forma de o acabar for com a ajuda da sua família e do amor que deixou em standby?

 

Na noite de 25 de Dezembro, a RTP1 exibe a mini-série de três episódios "Virados do Avesso", uma comédia hilariante e sem preconceitos, capaz de surpreender quem acha que já viu tudo. O filme estreou nas salas de cinema nacionais em Novembro de 2014.

 



publicado por Alma Lusa às 16:56
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13

20
24
25
26

27
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO