Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

A partir dos anos 50 do séc. XX, as tapeçarias de Portalegre levaram o nome de Portugal aos quatro cantos do mundo. A astuta determinação de um só homem e a convergência feliz de circunstâncias fizeram com que Portugal deixasse de ser apenas o eterno importador de tapeçarias de grande qualidade, mas passasse também a ser um produtor de referência a uma escala global. Em Portalegre, o "Visita Guiada" leva-o ao Museu da Tapeçaria de Portalegre - Guy Fino e à Manufactura das Tapeçarias de Portalegre.

 

 



publicado por Alma Lusa às 16:44
Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

Mercado-Romano-Troia-2014-_mn.jpg

 

De 1 a 3 de Maio,  entre as 11h00 e as 20h00, as Ruínas Romanas de Tróia serão palco do Mercado Romano, uma verdadeira viagem ao passado que terá como objectivo reavivar a história deste que é o maior complexo de salgas de peixe conhecido no mundo romano. Este ano recriam-se os Ludi Florales - Jogos Florais, um conhecido festival romano em honra da deusa Flora.

 

Durante três dias, os visitantes recuarão dois mil anos no tempo, cruzando-se com vários personagens inspirados na Roma Antiga, e, ao longo do dia, será possível assistir a vários momentos teatrais associados ao culto da deusa Flora, como o Florifertum, o Mito da Deusa Flora e o nascimento de Marte. Haverá também tabernas romanas onde não faltarão os sabores de época, como o porco no espeto, a sopa de "entulho", os crepes gauleses, hidromel e muito vinho. Vários artesãos e vendedores terão à venda peças em ferro e cerâmica, bijuteria, coroas de flores, frutos secos, vários doces e mel, no meio de muita música, danças e animação.

 

Uma Quinta Romana com animais vivos e passeios de burro e de pónei farão as delícias dos mais novos. Haverá ainda oficinas educativas para fazer coroas de flores, louros e hera e máscaras de teatro clássico inspiradas na figura da deusa Flora e seu esposo Zéfiro, organizadas pelo Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas. As crianças serão ainda convidadas a preparar oferendas para a deusa e diversos jogos tradicionais romanos vão garantir o divertimento de toda a família.

 

A entrada no Mercado Romano de Tróia tem o custo de 3 euros por dia e é gratuita para menores de 5 anos. Para chegar às Ruínas Romanas de Tróia, haverá o serviço de transporte gratuito de visitantes em autocarros a partir dos cais dos ferries e dos catamarãs de Tróia.

 



publicado por Alma Lusa às 16:23
Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

TESOUROS FOTOGRAFIA.jpg

 

A fotografia, no século XIX, encontra-se numa encruzilhada entre indústria, ciência, comércio e arte, constituindo uma das marcas da entrada da cultura oitocentista na Modernidade e abalando profundamente as formas de representação artística e não artística.

 

A partir do seu lançamento público em França, em 1839, a fotografia foi prontamente integrada no contexto científico, artístico e comercial da sociedade portuguesa de Oitocentos, constituindo-se como um património valioso que cruza as mais diversas áreas do conhecimento e que estabelece um retrato inovador da sociedade e da cultura coevas.

 

Através da visitação do legado fotográfico produzido em Portugal, entre meados de 1840 e 1900, podemos entender como se elaborou esta nova cultura visual no nosso país, contribuindo para a compreensão de uma sociedade em profunda transformação.

 

Este projecto apresenta, pela primeira vez, um conjunto significativo de autores e fotografias provenientes dos mais importantes acervos públicos e privados da história da fotografia portuguesa, colocando em diálogo os acervos fotográficos de diversas instituições públicas que têm como missão a salvaguarda do património fotográfico nacional, realçando a necessidade e a premência de abordagens integradas no acesso, estudo e divulgação da fotografia portuguesa.

 

D. Carlos.jpg

 Augusto Bobone, "D. Carlos" (séc. XIX)

 



publicado por Alma Lusa às 16:13
Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

corvos.jpg

 

 

"Corvos Convidam" é o sexto trabalho de estúdio da banda instrumental Corvos. Neste novo álbum, os Corvos convidam 10 grandes nomes da música portuguesa e recriam grandes êxitos da música nacional nos anos 80. 

 



publicado por Alma Lusa às 14:09
Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

manoel_oli-750x409.png

 

Celebrando o realizador Manoel de Oliveira, a RTP2 convidou algumas das pessoas mais marcantes do cinema português, e que privaram de perto com este grande realizador, para falarem dele e da sua obra. Manoel de Oliveira faleceu no passado dia 2 de Abril, aos 106 anos de idade. Era o mais velho realizador do mundo ainda em actividade e trabalhou até 15 dias antes da sua morte. De 30 de Abril a 3 de Maio, a RTP2 presta homenagem ao mestre do cinema português através de uma programação especial onde poderemos ver alguns dos seus filmes, os quais serão antecedidos de depoimentos de figuras importantes ao longo da carreira do realizador.

 

5ª feira, 30 de Abril

 

Celebrar Manoel de Oliveira - Paulo Branco (23h30)

 

O produtor de cinema Paulo Branco, cuja primeira e inesquecível experiência com o realizador Manoel de Oliveira aconteceu em 1981 com o filme "Francisca", celebra o realizador falando sobre o filme "O Passado e o Presente".

 

"O Passado e o Presente" (23h32)

 

Vanda é uma jovem mulher que em vida despreza os maridos para os venerar depois da morte. Um jogo de ficção entre o real e o imaginário, o imaginário de uma personagem obcecada por um mundo que já não é mundo. Procura viver o presente com os homens que viveu no passado, com uma memória daquilo que enquanto tinha não fez caso.

 

"O Passado e o Presente" (1971) marca o reinício da actividade de Manoel de Oliveira como realizador, no género da ficção. Antes, tinha-se dedicado mais ao documentário. Embora sendo originais alguns dos filmes que antes realizou, só a partir de então a sua obra se distinguirá pela permanência e evolução de um estilo pessoal em que ele mistura a arte do cinema e a arte do teatro e que se caracteriza por um abandono do realismo, que se converte nele em retrato de traços alegóricos e expressionistas, ilustrando, com algum picante, figuras-tipo da sociedade portuguesa. Filme premiado pela Casa da Imprensa com os prémios de Melhor Realização e Melhor Fotografia. 

 

 

 

6ª feira, 1 de Maio

 

Celebrar Manoel de Oliveira - Luís Miguel Cintra (23h30)

 

O actor Luís Miguel Cintra, um dos mais antigos e fiéis actores que colaboraram com Manoel de Oliveira, irá celebrar este grande realizador através do seu comentário ao filme "Os Canibais", no qual também participou como actor.

 

Os Canibais (23h35)

 

"Os Canibais" (1988) é um filme-ópera. Toda a acção se desenvolve em torno da música interpretada pelos actores que representam a alta sociedade aristocrática do séc XIX. Margarida é uma jovem bela que se apaixona pelo Visconde de Aveleda. Uma paixão interceptada por D. João que odeia o Visconde e não descansa enquanto não o derruba. É no fundo o regresso à tetralogia dos amores frustados, iniciado com "Benilde ou a Virgem Mãe", "Amor de Perdição" e "Francisca", que Oliveira aqui faz representar, só que de uma forma diferente. Com este filme, Oliveira obteve o Prémio Especial da Crítica - São Paulo 1988, Prémio L'Age d'Or, atribuído pela Cinemateca de Bruxelas no mesmo ano, e uma Menção Honrosa da Rádio Difusão Portuguesa, através do canal Antena 1, em 1989.

 

 

 

Sábado, 2 de Maio

 

Celebrar Manoel de Oliveira - Catarina Wallenstein (22h30)

 

A actriz Catarina Wallenstein, protagonista do filme "Singularidades de uma Rapariga Loura", celebra Manoel de Oliveira comentando o filme "Vale Abraão".

 

Vale Abraão (22h35)

 

No Vale do Douro, Ema vive com o pai e é educada numa atmosfera de grande sensibilidade poética. Torna-se numa mulher bela e sensual com um irresistível gosto pelas ficções românticas, que acaba por nunca conseguir encontrar plena satisfação junto dos homens, desde logo casando com um médico que nunca amou. Na sequência de uma intensa vida social, Ema vai envolver-se com três homens sempre numa constante busca de paixões, luxo e desafios, cuja beleza e espírito provocatório lhe vão valer o epíteto de "Bovarinha", uma versão moderna e portuguesa da "Bovary" de Flaubert. Por fim, desiludida e frustrada, Ema morre afogada no Douro, sem nunca se chegar a perceber se foi acidente ou suicídio. "Vale Abraão" (1993) parte da adaptação ao cinema da obra homónima de Agustina Bessa-Luís, por sua vez um exercício literário inspirado na "Madame Bovary" de Flaubert, que Manoel de Oliveira transforma num filme deslumbrante e portentoso. Narrando de forma absolutamente irresistível a trajectória amorosa de uma bela mulher, vítima dos seus incongruentes desejos e paixões, "Vale Abraão" é, sem dúvida, o filme mais ambicioso, deslumbrante e admirável do Mestre Oliveira, onde Leonor Silveira, a sua actriz emblemática, é simplesmente portentosa, à cabeça de um grande elenco que conta com Luís Miguel Cintra, Ruy de Carvalho, Diogo Dória e João Perry. "Vale Abraão" é um dos mais importantes filmes de toda a História do cinema português, que, muito justamente, os "Cahiérs du Cinéma" consideraram como "um dos mais belos filmes do Mundo".

 

 

 

Domingo, 3 de Maio

 

Celebrar Manoel de Oliveira - Ricardo Trêpa (00h00)

 

Ricardo Trêpa, neto de Manoel de Oliveira, participou como actor em diversos filmes do realizador. Celebra este grande realizador comentando "Um Filme Falado", no qual também fez parte do elenco.

 

Um Filme Falado (00h05)

 

Em "Um Filme Falado" (2003), Rosa Maria, uma jovem professora de História, parte com a sua filha Maria Joana num cruzeiro que atravessa o Mediterrâneo e se dirige a Bombaim, na Índia, onde se reunirão com o seu marido. Através das diversas cidades onde o cruzeiro pára, Rosa Maria vai pela primeira vez conhecer lugares de que falava nas suas aulas, mas que nunca antes visitara. Por isso, a viagem por Ceuta, Marselha, as ruínas de Pompeia, Atenas, as pirâmides do Egipto e Istambul, é também uma viagem pela civilização mediterrânica e uma evocação de tudo o que de decisivo marcou a nossa cultura ocidental: da Grécia antiga aos romanos, passando pelo antigo Egipto, Constantinopla, os Descobrimentos Portugueses, a França da Revolução e da Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Mas nesse cruzeiro, ela vai também conhecer três mulheres que muito a impressionam: uma francesa, empresária de renome; uma italiana, antiga modelo famosa; e uma grega, actriz e professora; e sobretudo o comandante do navio, um americano de origem polaca. Na sala de refeições do navio, à mesa do comandante, elas conversam animadamente, cada qual na sua língua, como se de uma Babel ao contrário se tratasse, onde cada um entende tudo o que o outro diz na sua própria língua. Mas quando chegam a um porto do Golfo Pérsico, uma estranha ameaça perturba o cruzeiro e ameaça o navio e a vida dos passageiros...

 



publicado por Alma Lusa às 09:52
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

sara sampaio angel.jpg

 

A modelo portuguesa Sara Sampaio subiu um degrau altíssimo e tocou as nuvens... Sara Sampaio é, desde esta terça-feira, um dos dez novos anjos da famosa marca de lingerie norte-americana Victoria's Secret. 

 

Sara Sampaio, de 23 anos, trabalha há quatro anos com a marca e tinha o sonho de se tornar um dos anjos da marca. Após ter integrado campanhas fotográficas para a linha juvenil da marca - Pink -, a modelo portuguesa desfilou, em 2013 e 2014, no espectáculo anual de apresentação da colecção da marca. A modelo portuguesa é agora um dos novos "anjos" e junta-se a grandes nomes da moda como as brasileiras Alessandra Ambrosio e Adriana Lima ou a sul-africana Candice Swanepoel.

 

Sara Sampaio, natural do Porto, vive em Nova Iorque e é, actualmente, a modelo portuguesa mais internacional. O novo "anjo" ganhou asas e promete altos voos!

 



publicado por Alma Lusa às 17:16
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

o_favorito_portugues_de_pedro_o_grande.jpg

 

 

Sinopse: A história incrível de António de Vieira, um judeu português na corte do czar de todas as Rússias.
 
«Não devem ter sido muitos os portugueses que deixaram um rasto tão forte na história de países estrangeiros como o que António Manuel Luís de Vieira e alguns dos seus descendentes conseguiram nos destinos da Rússia. Apesar da sua  modesta origem social, e de ter contra si o facto de ser um judeu de origem portuguesa, conseguiu uma carreira brilhante no Império Russo.»

 

 

José Milhazes nasceu na Póvoa de Varzim em 1958. Tradutor de autores clássicos e políticos russos, tornou-se conhecido enquanto correspondente em Moscovo da SIC, TSF e jornal Público. Doutorado pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, é autor de vários livros. Vive em Moscovo desde 1977. É actualmente correspondente da SIC e da RDP, colunista do jornal online Observador e lecciona o curso de Estudos Portugueses no Centro de Cultura e Língua Portuguesa na Rússia.



publicado por Alma Lusa às 17:03
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

O Espiao de Dom Joao II.jpg

 

 

Sinopse: Na demanda dos segredos do Oriente e do misterioso reino do Preste João. Pêro da Covilhã, o formidável espião de D. João II, injustamente esquecido pelos historiadores e quase desconhecido dos portugueses, é uma personagem histórica invulgar, cujas acções tiveram enorme repercussão no xadrez político da Europa. Escudeiro do rei, que o escolhia para as missões mais secretas e arriscadas, era dotado de qualidades e talentos excepcionais: memória fotográfica, extraordinária aptidão para aprender línguas, mestria na arte do disfarce para assumir as mais diversas identidades, capacidade de adaptação ao imprevisto, perícia no manejo de todas as armas do seu tempo, uma imensa coragem e espírito de sacrifício, ideais cavaleirescos da Demanda, da Aventura e do culto da Mulher e do Amor. Em 1488, Pêro da Covilhã e Afonso de Paiva são enviados, ao mesmo tempo que Bartolomeu Dias, a descobrir por terra o que o navegador ia demandar por mar: uma rota para as especiarias da Índia e notícias do misterioso reino de Preste João. Disfarçado de mercador do Al-Andalus, o espião de D. João II vai realizar proezas admiráveis que causaram espanto no mundo do seu tempo.

 

 

Deana Barroqueiro nasceu nos Estados Unidos da América, em 1945. Filha de emigrantes portugueses, atribui à sua ascendência murtoseira e lisboeta, assim como à longa viagem de transatlântico de Nova Iorque para Lisboa, aos dois anos, a génese da sua paixão pelos Descobrimentos Portugueses e seus protagonistas. Inicia a sua actividade como autora de romance histórico com os sete volumes da colecção Cruzeiro do Sul (2002-2004). Publica Contos Eróticos do Velho Testamento (2003), traduzido e editado em Espanha, Itália e Brasil, e Novos Contos Eróticos do Velho Testamento (2004), a que se seguem os romances D. Sebastião e o Vidente (2006), vencedor do Prémio Máxima de Literatura 2007 (Prémio Especial do Júri), O Navegador da Passagem (2008), O Espião de D. João II (2009, com nova edição revista em 2015), Tentação da Serpente (reedição dos Contos, 2011) e O Corsário dos Sete Mares (2012).



publicado por Alma Lusa às 16:08
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

pessoa lorca.jpg

© Pedro Oliveira

 

 

A partir de: Fernando Pessoa, Federico Garcia Lorca e Walt Whitman

Elenco: Eduardo Dias e Wagner Borges (actores), Filipe Oliveira (músico)

 

Sinopse: O Teatro Estúdio Fontenova (Setúbal) leva ao Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada, o espectáculo Saudação a Walt Whitman. Sábado, dia 2, às 21h30; e domingo, 3, às 16h00, vai ser possível assistir ao encontro entre três poetas que, na vida real, nunca se cruzaram: Walt Whitman, Federico Garcia Lorca e Fernando Pessoa. Trata-se de uma criação colectiva que conta com a interpretação de Eduardo Dias e Wagner Borges e música ao vivo de Filipe Oliveira.

 

Saudação a Walt Whitman é a segunda parte – primeira a ser apresentada, no entanto – de uma trilogia que, na sua génese, "tinha o ritmo marcado pelos escritos de Federico Garcia Lorca". Foi de Lorca, justamente, que surgiu o nome de Walt Whitman, já que o espanhol dedicou alguns versos ao poeta norte-americano, na sua Ode a Walt Whitman. Pessoa, com a sua Saudação, veio completar esta tríade de poetas desencontrados no tempo e na geografia. A admiração que os poetas ibéricos tinham por Whitman está bem manifesta em várias passagens dos poemas que lhe dedicaram.

 



publicado por Alma Lusa às 13:46
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

BARROSELAS.png

 

 

A partir desta quarta-feira, 29 de Abril, a vila minhota de Barroselas recebe a décima oitava edição do SWR Barroselas Metalfest. Quarenta e seis bandas dividem-se pelos quatro dias e três palcos do evento, sendo um deles de entrada livre e curado por parceiros como o Milhões de Festa, o Burning Light Fest ou a editora Signal Rex, encarregue do dia 0, de entrada gratuita. Entre os nomes do cartaz destacam-se Entombed A.D., Primordial, Shining, Impaled Nazarene, Fleshgod Apocalypse, Bong, Skull Fist e Enthroned, entre muitos outros. Entre 29 de Abril e 2 de Maio, haverá também em Barroselas diversas actividades como Meet & Greets, conversas com bandas, concursos, futebol...

 

http://naam.pt/swr-fest/pt/news

 



publicado por Alma Lusa às 10:48
Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12

19
25

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO