Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013


publicado por Alma Lusa às 18:05
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013

Filmado em Lisboa.

 

                                            "Entrelinhas"

 

"Naftalina"

 



publicado por Alma Lusa às 17:59
Sábado, 26 de Janeiro de 2013

 

Origem: Lisboa

 

Para ajudar a apagar o flagelo dos incêndios que todos os anos assola o País, uma tecnologia portuguesa inovadora aprendeu a ler os sinais do fumo e não tira o olho da floresta.

 

No Verão de 2003, o País foi assolado por uma vaga de incêndios que fez arder perto de 425 mil hectares de floresta. Para fazer frente ao flagelo, João Matos e Pedro Vieira, ambos formados em Física Tecnológica que, três anos antes, haviam fundado a Novas Tecnologias de Robótica e Domótica, propuseram-se desenvolver uma tecnologia de detecção de incêndios assente na espectrometria óptica. Já em 2006, haveriam de fazer renascer das cinzas da antiga empresa a NGNS - Ingenious Solutions, munida do inovador Forest Fire Finder. Em Portugal, o sistema está, desde 2009, instalado no concelho de Ourém, onde, só nesse ano, terão ardido apenas 19,72 hectares, muito aquém dos 678,42 hectares do ano anterior. Em 2012, o grave incêndio que atingiu o concelho terá sido detectado pelo sistema, mas «as condições atmosféricas extremas, com muito calor e pouca humidade» foram determinantes para as proporções que o fogo assumiu, explica João Matos.

 

Onde há fumo pode nem sempre haver fogo, mas é preciso estar atento. Este é o mote de funcionamento da tecnologia de detecção de incêndios Forest Fire Finder que, através de um complexo sistema de espectrometria óptica e da análise química da atmosfera, reconhece a existência de fumo e automaticamente distingue entre uma nuvem de fumo orgânico (que resulta da queima de árvores), de fumo industrial ou até uma nuvem normal. Depois de identificar a origem do fumo, o sistema lança o alarme de incêndio, num processo que geralmente se desenrola em apenas cinco minutos. Quando percebe que há fogo, esta sentinela electrónica com chancela portuguesa envia alertas via SMS, e através da Internet, para as autoridades responsáveis e para as equipas de combate aos incêndios presentes no terreno, com imagens da coluna de fumo, dados atmosféricos e a localização do incêndio.

 

Só no primeiro semestre de 2012 ocorreram, em Portugal, 2752 incêndios, o dobro dos valores médios registados na última década (1367 incêndios), segundo o relatório de Acompanhamento e Avaliação dos Impactos da Seca, divulgado pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território. Já a área ardida ascendeu a 20 930 hectares, o triplo da média verificada nesse mesmo período.

 

1 euro é quanto custa proteger um hectare de floresta com o Forest Fire Finder, por contraponto aos 3 mil euros que é preciso gastar para reflorestar cada hectare perdido. As contas são fáceis de fazer, diz João Matos: «O preço de venda deste sistema ronda os 70 mil euros e ele tem um raio de acção de 15 km que abrange 70 mil hectares, daí o rácio de 1 euro por hectare protegido.» De acordo com o responsável da empresa, bastariam 300 equipamentos para cobrir a totalidade do território nacional, o que permitiria ao Estado poupar 50 milhões de euros por ano em recursos e meios de combate aos incêndios e reflorestação.

 

A NGNS é ainda responsável pelo desenvolvimento de um sistema, usado em hospitais ingleses, para estudar a síndrome do túnel cárpico (uma doença das mãos associada ao uso prolongado de teclados), de um projecto de um scanner que faz um mapeamento 3D da coluna vertebral e ainda de uma cadeira que corrige automaticamente a postura de quem nela se senta.

 

(retirado do artigo "Portugal faz bem - Fogo à vista" publicado na edição nº 1038 da revista VISÃO)

 

http://www.ngns-is.com/

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 21:48
Sábado, 26 de Janeiro de 2013

 

 

Autor: António Barreira

 

O luxo e o lixo da sociedade servem de pano de fundo à história de duas mulheres cujas vidas jamais serão as mesmas depois de verem os seus destinos cruzados.

 

"Destinos Cruzados" estreia amanhã, domingo, às 21h15, na TVI.

 

 



publicado por Alma Lusa às 18:51
Sábado, 26 de Janeiro de 2013

Filmado no estúdio Golden Pony, em Lisboa.

 

Fernando Mota é "compositor, artista sonoro e aprendiz de inventor de instrumentos musicais experimentais". Os seus projectos tocam áreas como a música, o teatro, a dança, o cinema de animação, o vídeos e as artes plásticas. Já conquistou numerosos prémios e distinções.

 

 

 

(viola amarantina)



publicado por Alma Lusa às 11:37
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013

 

Depois do sucesso das "Conversas Improváveis", Anselmo Crespo e Bernardo Ferrão voltam em 2013 com o programa "Quem Diria", uma evolução do programa "Conversas Improváveis" que mantém o formato de dois convidados que nunca, ou quase nunca, foram vistos juntos em televisão.

 

Os convidados do primeiro "Quem Diria" são os jornalistas José Rodrigues dos Santos, da RTP, e Rodrigo Guedes de Carvalho, da SIC.

 

Últimos sábados de cada mês, às 23h00, na SIC Notícias.

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 23:19
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013

 

"É a Vida Alvim!" marca o regresso à televisão de Fernando Alvim e será um talk show transmitido diariamente entre as 22h15 e as 23h15, no novo canal +TVI. No programa de estreia, que acontece hoje, às 22h30, a primeira dupla de convidados será composta pela actriz Erica Fontes, a primeira portuguesa a ser galardoada como melhor artista internacional do ano nos prémios XBIZ, dedicados ao cinema para adultos, e o músico brasileiro Pierre Aderne.

 

De 2ª a 6ª, às 22h15, no +TVI.

 

 



publicado por Alma Lusa às 15:41
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013

Filmado em Leiria.

 

António Cova é um cantautor natural de Leiria e integra, como guitarrista e vocalista, o grupo Assacínicos, formado em 2001.

 

 

 

"Cuidado com o pai" (Assacínicos)

 

 



publicado por Alma Lusa às 11:35
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013

 

A Ericeira, no concelho de Mafra, é umas 10 vilas mais "cool" da Europa para o canal de notícias norte-americano FOX News, que fez uma lista dos recantos europeus que, apesar da sua pequena dimensão, conquistam sempre quem por lá passa.

 

Sobre a vila portuguesa, a FOX News escreve que, "com os seus edifícios e calçada, a Ericeira parece uma típica vila piscatória portuguesa", mas esconde muitos segredos, entre os quais "as praias de areia branca" e as condições perfeitas para a prática de surf. Outro dos grandes atractivos da Ericeira é o marisco fresco, além do facto de estar a menos de 40 minutos de carro de Lisboa.

 



publicado por Alma Lusa às 18:05
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013

Filmado em Leiria.

 

A Caruma nasceu em Leiria, apresenta-se como "pop-marialva" e, em 2010, lançaram o álbum de estreia homónimo. A sua formação é composta por Carlos Martins (Umpletrue, The Clits e Annette Blade) na voz e guitarra, Rui Costa (Silence 4 e Filarmónica Gil) no baixo, Pedro Santos (Silence 4 e Filarmónica Gil) no piano e no euphonium, José Carlos (Dapunksportif e Umpletrue) na bateria e Ana Santo na voz.

 

 

                                                  "Coitadinha"

 

                                               "Bezana"



publicado por Alma Lusa às 12:28
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO