Origem: Fafe

 

De Fafe para Moscovo. Ou para Viena, só para darmos dois exemplos. Nascida no Norte do País, a Gluen ainda não comemorou um ano, mas conseguiu a internacionalização mais rápida de todas as marcas portuguesas.

 

As peças de roupa Gluen apareceram nas lojas (portuguesas e estrangeiras) só este ano, mas o sucesso parece estar, desde já, garantido. São modelos sofisticados e cosmopolitas, que «servem», sobretudo, às mulheres mais jovens, mas que, naturalmente, podem ser usadas por quem assumir este estilo. As apresentadoras da SIC Bárbara Guimarães e Vanessa Oliveira, por exemplo, já o «compraram». A Gluen nasceu pela mão de duas pessoas que, desde sempre ligadas à indústria têxtil, perceberam que o mercado ainda tinha lugar para receber mais uma marca - Camilo Marques foi uma delas. Mais tarde juntaram-se a estes dois sócios mais três: Pedro Chaves, Daniela Almeida e a estilista Odete Reis, todos na casa dos 40 anos de idade. Apesar de ainda não ter comemorado o primeiro aniversário, a Gluen mostra-se adulta: moderna e competitiva (qualidade, design e preço são atributos que a diferenciam de algumas marcas concorrentes), conseguiu já alcançar grandes volumes de exportação. Espanha, Itália, Áustria, França, Rússia, Bélgica, Holanda e Luxemburgo renderam-se a esta marca «made in Portugal». Porém, os responsáveis  pela Gluen têm uma meta a cumprir: alcançar os 90% de volume de exportação dentro de 2 anos.

 

As colecções da Gluen realçam os pormenores de qualidade e as tendências trendy que o mundo vive. Destaque para a utilização das sedas e de outras matérias nobres. Com vários temas como fonte de inspiração, desde a natureza até ao romantismo grunge, a feminilidade está sempre presente. A colecção Primavera-Verão 2012, já apresentada, desenvolve-se em torno do contraste entre o espírito aventureiro e a sensualidade. O conceito da campanha de comunicação apresenta precisamente uma «viagem em busca do desconhecido num descampado em ruínas». Green Mind, Savannah, Bringing the garden to the city, Romantic, Ethereal e Sofisticated são os nomes das colecções.

 

A estratégia inicial é tentar direccionar a Gluen para os canais multimarca, tendo já como parceiros importantes mercados europeus. Quando existir uma consolidação destes mercados, então avançarão com uma rede de lojas próprias e outras em regime de franchising.

 

(retirado do artigo "O ataque da Gluen à Europa" publicado na edição nº 981 da revista VISÃO)

 

http://www.gluen.com/web/

 

 

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 18:49

Gravado no bairro de Campolide, em Lisboa.

 

 

 


publicado por Alma Lusa às 16:36

 

 

Três portugueses do mundo do futebol foram reconhecidos a nível mundial ao serem premiados nos Globe Soccer Awards, no Dubai.

 

O futebolista Cristiano Ronaldo, que joga no Real Madrid, foi distinguido por ter sido o jogador com maior número de golos através de bis e hat-trick, ou seja, 2 e 3 golos no mesmo jogo. O português foi ainda considerado a figura mundial mais mediática.

 

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, recebeu o Prémio Carreira e de Melhor Dirigente do Ano, no dia do seu 74º aniversário. Pinto da Costa, que está à frente do FC Porto há quase 30 anos, é o dirigente desportivo com mais títulos conquistados, a nível mundial.

 

Jorge Mendes recebeu o Prémio de Empresário do Ano FIFA.

 

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 15:39

Cinco Lounge, Lisboa

 

O Cinco Lounge, em Lisboa, e o Manga Rosa, em Almada, fazem parte da lista dos 100 Melhores Bares do Mundo do sítio World's Best Bar. O bar lisboeta ficou em 3º lugar e, no número 89, está o bar de Almada.

 

O sítio aconselha uma visita ao Cinco Lounge para quem esteja em Lisboa e deseje beber um cocktail, tendo vários à escolha, desde os mais clássicos a criações mais originais. Já o Manga Rosa mistura uma decoração entre o opulento e o industrial, com uma multidão jovem e cheia de vivacidade que bebe e dança a noite inteira ao som de um programa original de música ao vivo.

 

http://www.worldsbestbars.com/top-100.htm

 

 

http://cincolounge.com/

http://www.ezimut.com/pois/manga-rosa-lounge

 

 



publicado por Alma Lusa às 15:25

 

 

The Lost Boy, o "nickname" de um repórter do sítio norte-americano Indiewire - dedicado sobretudo ao cinema - passou alguns dias em Lisboa, no mês de Outubro, e ficou deslumbrado com a capital portuguesa, ao ponto de a considerar a sua "nova cidade preferida".

 

No relato dos dias passados em Lisboa, o repórter conta que assim que chegou à capital ouviu um lisboeta dizer: "Ou se ama Lisboa, ou se gosta muito dela." The Lost Boy confirma essa afirmação e sublinha que se enquadra na primeira categoria, dos que amam a cidade. O repórter diz que adorou "cada momento passado" na cidade das sete colinas, onde viveu o "espírito infantil e nostálgico" que só Berlim e Montreal (as suas duas outras cidades favoritas) lhe conseguem transmitir.

 

Para o jornalista, a sociedade portuguesa foi um dos principais factores que o conquistaram, destacando a sua "inteligência, vertente artística, sentido de humor e forma descontraída com que encaram a vida". Acrescenta ainda que Lisboa é uma cidade onde é muito fácil sentirmo-nos "confortáveis, pois as pessoas são muito próximas e nada preconceituosas".

 

Na tabela onde The Lost Boy classifica as cidades que visita, Lisboa alcança pontuação máxima nas categorias de beleza, custo, pessoas, optimismo, vida nocturna e condições meteorológicas, estando no 1º lugar da lista das melhores cidades visitadas pelo repórter.

 

http://blogs.indiewire.com/thelostboy/ranking_cities



publicado por Alma Lusa às 15:05
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22
23
24

25
26
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO