Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 22:31
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

                                  1. "Sangue do meu Sangue" de João Canijo

  
 2. "Complexo: Universo Paralelo" de Mário Patrocínio

 

 
 3. "A Cidade dos Mortos" de Sérgio Tréfaut

 

 

 

 4. "48" de Susana de Sousa Dias
 
 5. "O Estranho Caso de Angélica" de Manoel de Oliveira
 
 6. "A Morte de Carlos Gardel" de Solveig Nordlund

 

 
7. "Cisne" de Teresa Villaverde
 
 8. "Com que Voz" de Nicholas Oulman 

 

 
 9. "Viagem a Portugal" de Sérgio Tréfaut

 

 
 10. "América" de João Nuno Pinto


publicado por Alma Lusa às 20:57
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

                          11. "Quinze Pontos na Alma" de Vicente Alves do Ó

 

 

                                            12. "O Barão" de Edgar Pêra

 
 
 13. "A Espada e a Rosa" de João Nicolau

 

 
 
 
 14. "E o tempo passa" de Alberto Seixas Santos

 

 
 
 15. "Águas Mil" de Ivo M. Ferreira

 

 
 
16. "Quem vai à guerra" de Marta Pessoa 

 

 

 

 
 17. "Efeitos Secundários" de Paulo Rebelo

 

 
 
 18. "The North Canyon" de Garrett McNamara, Polvo Concepts e Paulo Caldeira

 

 
 
 19. "Durante o fim" de João Trabulo

 

 
 
 20. "Perdida Mente" de Margarida Gil

 

 


publicado por Alma Lusa às 20:22
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

                                               1. Norberto Lobo - "Fala Mansa"

 
 2. Clã - "Disco Voador"
 
 3. PAUS - "PAUS"
 
 4. Sérgio Godinho - "Mútuo Consentimento"
 
 5. Luísa Sobral - "The Cherry on my Cake"
 
 6. Dead Combo - "Lisboa Mulata"
 
 7. Buraka Som Sistema - "Komba"
 
 8. Os Golpes - "G"
 
 9. doismileoito - "Pés Frios"
 
10. Halloween - "Árvore Kriminal"


publicado por Alma Lusa às 18:22
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

                                           11. Aldina Duarte - "Conto de Fados"

 

                                                  12. Filho da Mãe - "Palácio"

 
 13. Old Jerusalem - "The Go-Between"
 
 14. Aquaparque - "Pintura Moderna"
 
 15. Frankie Chavez - "Family Tree"
 
16. B Fachada - "Deus, Pátria e Família"
 
 17. Algodão - "Uma Falaciosa Noção de Intimidade"
 
 18. JP Simões e Afonso Pais - "Onde mora o mundo"
 
19. Jorge Palma - "Com todo o respeito"
 
 20. Rita Braga - "Cherries that went to the police"


publicado por Alma Lusa às 18:01
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

 

                                21. Amor Electro - "Cai o Carmo e a Trindade"

 
 22. Sean Riley & The Slowriders - "It´s been a long night"
 
 23. The Glockenwise - "Building Waves"
 
 24. Fernando Alvim - "Os Fados e as Canções do Alvim"
 
 25. X-Wife - "Infectious Affectional"
 
 26. You Can't Win, Charlie Brown - "Chromatic"
 
 27. Stealing Orchestra - "Deliverance"
 
 28. Os Velhos - "Os Velhos"
 
 29. Os Capitães da Areia - "O Verão Eterno"
 
30. Dazkarieh - "Ruído do Silêncio"


publicado por Alma Lusa às 17:42
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

 

O concerto da banda portuguesa Buraka Som Sistema no Rock in Rio, em Setembro, foi considerado, pelo jornal brasileiro O Globo, um dos 12 melhores do ano no Brasil. Os Buraka subiram ao palco acompanhados dos brasileiros Mixhell, dupla formada por Iggor Cavalera (ex-Sepultura) e a mulher, Laima Leyton.

 

O jornal brasileiro justifica a escolha do concerto da banda portuguesa que define como "uma combinação infernal entre o kuduro angolano, o funk carioca e as batidas electrónicas". Falando do concerto em si, refere que "foi uma apresentação curta (apenas 50 minutos), mas suficientemente crua, agressiva e cheia de groove para marcar um dos melhores momentos do festival".

 

Da lista dos melhores concertos de 2011 no Brasil, fazem parte nomes como Adriana Calcanhotto, System of a Down, Vampire Wekend, Sepultura, Faith No More, Katy Perry e James Blake, entre outros.

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 13:43
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

 

Origem: Fafe

 

De Fafe para Moscovo. Ou para Viena, só para darmos dois exemplos. Nascida no Norte do País, a Gluen ainda não comemorou um ano, mas conseguiu a internacionalização mais rápida de todas as marcas portuguesas.

 

As peças de roupa Gluen apareceram nas lojas (portuguesas e estrangeiras) só este ano, mas o sucesso parece estar, desde já, garantido. São modelos sofisticados e cosmopolitas, que «servem», sobretudo, às mulheres mais jovens, mas que, naturalmente, podem ser usadas por quem assumir este estilo. As apresentadoras da SIC Bárbara Guimarães e Vanessa Oliveira, por exemplo, já o «compraram». A Gluen nasceu pela mão de duas pessoas que, desde sempre ligadas à indústria têxtil, perceberam que o mercado ainda tinha lugar para receber mais uma marca - Camilo Marques foi uma delas. Mais tarde juntaram-se a estes dois sócios mais três: Pedro Chaves, Daniela Almeida e a estilista Odete Reis, todos na casa dos 40 anos de idade. Apesar de ainda não ter comemorado o primeiro aniversário, a Gluen mostra-se adulta: moderna e competitiva (qualidade, design e preço são atributos que a diferenciam de algumas marcas concorrentes), conseguiu já alcançar grandes volumes de exportação. Espanha, Itália, Áustria, França, Rússia, Bélgica, Holanda e Luxemburgo renderam-se a esta marca «made in Portugal». Porém, os responsáveis  pela Gluen têm uma meta a cumprir: alcançar os 90% de volume de exportação dentro de 2 anos.

 

As colecções da Gluen realçam os pormenores de qualidade e as tendências trendy que o mundo vive. Destaque para a utilização das sedas e de outras matérias nobres. Com vários temas como fonte de inspiração, desde a natureza até ao romantismo grunge, a feminilidade está sempre presente. A colecção Primavera-Verão 2012, já apresentada, desenvolve-se em torno do contraste entre o espírito aventureiro e a sensualidade. O conceito da campanha de comunicação apresenta precisamente uma «viagem em busca do desconhecido num descampado em ruínas». Green Mind, Savannah, Bringing the garden to the city, Romantic, Ethereal e Sofisticated são os nomes das colecções.

 

A estratégia inicial é tentar direccionar a Gluen para os canais multimarca, tendo já como parceiros importantes mercados europeus. Quando existir uma consolidação destes mercados, então avançarão com uma rede de lojas próprias e outras em regime de franchising.

 

(retirado do artigo "O ataque da Gluen à Europa" publicado na edição nº 981 da revista VISÃO)

 

http://www.gluen.com/web/

 

 

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 18:49
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

Gravado no bairro de Campolide, em Lisboa.

 

 

 


publicado por Alma Lusa às 16:36
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22
23
24

25
26
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO