Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Fotograma ensaio de leitura.jpg

 

A partir da Comédia Nova intitulada convidado de pedra ou D. João Tonorio, o dissoluto de Molière (tradução portuguesa de 1785)

 

Dramaturgia e encenação: Luis Miguel Cintra

Direcção de produção e assistência encenação: Levi Martins

Assistência de produção: Maria Mascarenhas

Ilustração e design gráfico: André Reis

Co-produção: Companhia Mascarenhas-Martins, Teatro Viriato

 

Elenco: André Pardal, Bernardo Souto, Dinis Gomes, Duarte Guimarães, Guilherme Gomes, Joana Manaças, João Reixa, José Manuel Mendes, Leonardo Garibaldi, Luís Lima Barreto, Luis Miguel Cintra, Nídia Roque, Rita Cabaço, Rita Durão, Sílvio Vieira, Sofia Marques 

 

Sinopse: Depois de um percurso de 43 anos à frente do Teatro da Cornucópia, Luis Miguel Cintra regressa ao trabalho com um grupo de actores ligados à companhia que entretanto terminou. Ao longo de 2017, o grupo visitará quatro cidades e, em cada uma delas, partilhará com os espectadores as diferentes fases de preparação de um espectáculo. No final, o objectivo consiste em regressar a cada um dos locais para apresentar a sequência total, o que se prevê que aconteça a partir de Janeiro de 2018.

 

Faz parte também do projecto ser partilhado por entidades de importância e natureza muito diferentes. Montijo será a primeira cidade visitada, com o apoio da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro, estando em negociações qual será o segundo local; o terceiro bloco será apresentado em Viseu, no Teatro Viriato (um teatro com larga prática de projectos de criação que aceitou tornar-se co-produtor de Um D. João Português) e o quarto prevê-se que seja em Guimarães.

 

Um D. João Português parte de uma tradução portuguesa anónima da peça de Molière, que se vendeu nas ruas como literatura de cordel. Na versão trabalhada por Luis Miguel Cintra, D. João e Esganarelo surgem como marginais da sociedade, sempre em fuga, quase como num road movie. "Tudo neste espectáculo a que chamei Um D. João Português é imperfeito, ou melhor, inacabado, bastardo, hesitante, incerto", afirma o encenador. Como a vida? Eis a pergunta que assoma inevitavelmente, quando o objectivo é, durante um ano, colocar este grupo em permanente viagem e trabalho, numa busca que Luis Miguel Cintra deseja partilhar com o público: "Queremos que os espectadores sejam cúmplices deste jogo, desta mistura que é igual a como funcionam as nossas cabeças nos seus melhores momentos. Para nós o Teatro é como um campo de treinos do desporto favorito dos seres humanos, aquele que o distingue dos animais: pensar. E aceitar ou não, ser moral e ser feliz."

 



publicado por Alma Lusa às 11:57

guilherme-rosa-vereador-em-lambeth_419269.jpg

 

A história de um português na política britânica. Guilherme Rosa é vereador no município londrino de Lambeth.


No dia em que o Reino Unido dá o primeiro passo para deixar a União Europeia, Guilherme Rosa vai à Grande Entrevista com Vítor Gonçalves. 



publicado por Alma Lusa às 11:03

cinzento e negro tvcine.jpg

 

Ano: 2016

Realização e Argumento: Luís Filipe Rocha

Produção: Luís Galvão Teles (Fado Filmes) e Luz Mágica Produções (Brasil)

Director Fotografia: André Szankowski 

Música: Mário Laginha

Locais rodagem: Açores (Faial e Pico) e Lisboa

 

Elenco: Joana Bárcia, Filipe Duarte, Miguel Borges, Mónica Calle, Manuel de Blas (Espanha), Camilla Amado (Brasil), Ana Risueño (Espanha), Adriano Carvalho, Alex Miranda, David Pereira Bastos

 

Sinopse: "Cinzento e Negro" conta a história de Maria (Joana Bárcia), uma mulher traída pelo companheiro, David (Miguel Borges), quando este lhe rouba um saco de dinheiro e foge, refugiando-se na ilha do Pico. Furiosa e determinada a vingar-se, ela propõe a um inspector da Polícia Judiciária, Lucas (Filipe Duarte), perseguir e encontrar o companheiro. Entretanto, David, numa visita à ilha do Faial, apaixona-se por uma faialense, Marina (Mónica Calle), empregada do mítico bar Peter Café Sport. Maria e Lucas procuram David nos Açores, cruzam-se com Marina no Faial e os três vão descobrir David na sua casa da montanha, no cimo do Pico. Num confronto final, como numa tragédia grega, Maria e David ajustam as contas que o destino lhes traçou.

 

Prémios: Melhor Actor Principal (Miguel Borges), Melhor Banda Sonora Original (Mário Laginha) e Melhor Argumento Original (Luís Filipe Rocha) nos Prémios Sophia 2017

 

Melhor Actor (Filipe Duarte) nos Prémios CinEuphoria 2017

 

Melhor Realizador (Luís Filipe Rocha) e Melhor Actor (Filipe Duarte) nos Prémios Áquila 2016

 

Melhor Longa-Metragem, Melhor Realização (Luís Filipe Rocha), Melhor Argumento (Luís Filipe Rocha), Melhor Actriz Principal (Joana Bárcia) e Melhor Fotografia (André Szankowski) no Festival de Cinema Figueira Film Art 2015

 

Prémio do Público, Melhor Actor (Filipe Duarte) e Melhor Banda Sonora Original (Mário Laginha) nos Caminhos do Cinema Português 2015

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 10:14
Terça-feira, 28 de Março de 2017

 



publicado por Alma Lusa às 18:17

caverna-diana-54.jpg

 

Realização e Argumento: Edgar Pêra

Produção: Bando à Parte (Rodrigo Areias)

 

Com: Miguel Borges, Keith Davis, André Gaudreault, Eduardo Lourenço, Guy Maddin, Laura Mulvey, Olaf Möller, F.J. Ossang, Jorge Prendas, Laura Rascaroli, Valdemar Santos, Augusto Seabra, Wanda Strauven, Diana Sá, Adelaide Teixeira, Paulo Borges (voz)

 

Sinopse: Cine-investigação sobre o acto de ver cinema, um diálogo entre diferentes tipos de espectadores: o que é mais cinema? Ver o "Citizen Kane" num telemóvel ou ver um jogo de futebol projectado numa sala de cinema? Quantos tipos de espanto existem?

 

 


publicado por Alma Lusa às 11:02

 

Depois de ter vencido a Hungria por 3-0, no passado sábado, em jogo de qualificação para o Mundial 2018, Portugal volta a entrar em campo, esta terça-feira.

 

A Selecção Nacional disputa um jogo particular frente à Suécia, no renovado Estádio dos Barreiros, no Funchal.

 

Apesar de ser um particular, este será um jogo com um enorme simbolismo, em especial para Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo, natural da ilha da Madeira.

 

A Selecção Nacional volta a jogar na Madeira 16 anos depois e este será o primeiro jogo de Cristiano Ronaldo por Portugal na sua ilha natal, que se prepara para homenagear mais uma vez o melhor futebolista do mundo, na quarta-feira, ao dar o seu nome ao Aeroporto do Funchal.

 

Cristiano Ronaldo nasceu em Santo António, concelho do Funchal, na ilha da Madeira. Começou a jogar futebol aos 8 anos num pequeno clube da sua terra, o Andorinha, onde esteve dois anos. Depois foi jogar no Nacional da Madeira, onde também esteve dois anos, e, com apenas 11 anos, deixou a Madeira e foi para Lisboa, para ingressar na formação do Sporting Clube de Portugal. Estreou-se na equipa principal do Sporting com apenas 17 anos, mas o seu talento rapidamente chamou a atenção do Manchester United e, em 2003, transferiu-se para o clube inglês, onde esteve até 2009. A seguir, mudou-se para o Real Madrid, onde está até hoje. 

 

Cristiano Ronaldo foi considerado por quatro vezes o Melhor Jogador do Mundo (2008, 2013, 2014 e 2016). Conquistou vários títulos individuais e a nível de clubes, mas o título que mais ambicionava foi alcançado no Verão de 2016: Campeão Europeu por Portugal!

 

O jogo Portugal x Suécia realiza-se no Estádio dos Barreiros, no Funchal, tem início às 19h45 e será transmitido pela TVI.

 

selecção madeira.jpg

Os Campeões Europeus na chegada à Madeira

 

 



publicado por Alma Lusa às 10:00

ALEMANHA PORTUGAL.jpg

 

Esta terça-feira, a Selecção Nacional sub-21 defronta a Alemanha num jogo particular.

 

Depois de ter vencido o particular com a Noruega por 3-1, na passada 6ª feira, Portugal vai agora à Alemanha para mais um jogo de preparação para o Euro 2017. 

 

O jogo Alemanha x Portugal, em sub-21, disputa-se no Gazi Stadion auf der Waldau, em Estugarda, tem início às 17h00 e será transmitido pelo Eurosport 1.

 



publicado por Alma Lusa às 09:49
Segunda-feira, 27 de Março de 2017

judaica2017.jpg

 

 https://www.judaica-cinema.org

 

A Judaica – Mostra de Cinema e Cultura está de regresso para a sua 5ª edição e volta a estar presente em Lisboa, Cascais, Belmonte e Castelo de Vide, com uma programação diferenciada para cada localidade.

 

São inúmeros os motivos de interesse da Judaica 2017 – muito e bom cinema, debates, colóquios, concertos, gastronomia e livros.

 

Lisboa (28 Março a 2 Abril)

Cascais (6 a 9 Abril)

Belmonte (5 Maio a 3 Junho)

Castelo de Vide (12 Maio a 10 Junho)

 

 



publicado por Alma Lusa às 16:34

 



publicado por Alma Lusa às 12:09

posto ap.jpeg

 

Ano: 2016

Realização: Hugo Vieira da Silva

Argumento: Hugo Vieira da Silva (baseado no conto do escritor britânico Joseph Conrad)

Produção: Paulo Branco

Direcção Fotografia: Fernando Lockett

Local Rodagem: Angola (Rio Congo, Soyo, Porto do Pinda, Porto Rico, comunidade do Kimpondo)

 

Elenco: Nuno Lopes, Ivo Alexandre, David Caracol (Angola), Inês Helena (Angola), António Mpinda (Angola), José Manuel Mendes, Cleonise Malulo (Angola), Domingos Sita (Angola), Miguel Delfina (Angola)

 

Sinopse: No final do século XIX, dois colonizadores Portugueses, imbuídos de uma vaga intenção civilizadora, desembarcam numa parte remota do Rio Congo para coordenar um posto comercial. À medida que o tempo passa, começam a desmoralizar pela sua incapacidade de enriquecer à custa do comércio de marfim. Sentimentos de desconfiança mútua e mal-entendidos com a população local isolam-nos no coração da floresta tropical. Confrontados um com o outro iniciam uma caminhada em direcção ao abismo.

 

Prémio: Melhor Actor para David Caracol no Festival de Cinema de Las Palmas 2016 (Espanha)

 

 

 

 



publicado por Alma Lusa às 10:11
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12

19
25

26
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO