Quinta-feira, 25 de Agosto de 2016

refrigerantes.jpg

 

 

Realização: Luís Galvão Teles

Argumento: Nuno Markl

Banda Sonora: João Tempera, Sérgio Godinho, Jorge Palma e Filipe Raposo

 

Elenco: Ivo Canelas, Victória Guerra, João Tempera, Lúcia Moniz, Gregório Duvivier (Brasil), Ruy de Carvalho, André Nunes, Marco Delgado, Sérgio Godinho, Jorge Palma, Luís Lucas, Margarida Moreira, Luísa Cruz, Marina Albuquerque, David Carreira, Elisabete Piecho, Daniela Faria, Raquel Jacob, João Maria Pinto, Jacqueline Corado, João Gil, Alex Miranda, Duarte Victor, Mariema, Manuel Moura dos Santos, Beatriz Leonardo

 

 

Sinopse: Lucas Mateus (Ivo Canela) é um músico que passou ao lado de uma carreira promissora, ao contrário do seu antigo parceiro de banda, Pedro Capelo (João Tempera), um dos artistas pop mais bem sucedidos do país. Quando, por cima disso, a namorada de Lucas, Carla (Lúcia Moniz), o troca por Pedro, o mundo de Lucas desaba... pelo menos até encontrar, no supermercado, uma misteriosa rapariga que vive dentro do fato de mascote da empresa de refrigerantes para que trabalha: um dinossauro cor-de-rosa, por quem se apaixona sem fazer a mínima ideia de como ela é. Pelo meio há um assassino contratado e um Jorge Palma imaginário. E um supermercado onde o amor acontece.

 

 

 

Luís Galvão Teles nasceu a 4 de Dezembro de 1945, em Lisboa. Licenciou-se em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, em 1967, e estudou Cinema em Paris, entre 1968 e 1970. Conta quase com 50 anos de carreira como realizador, argumentista e produtor de cinema. Fundou a Fado Filmes em 1977, tendo produzido mais de 25 curtas e longas-metragens. "Refrigerantes e Canções de Amor" é o seu segundo filme a estrear este ano, depois de "Gelo", que co-realizou com o seu filho Gonçalo Galvão Teles.

 

Filmografia:

 

Refrigerantes e Canções de Amor (2016)

Gelo (2016, c/Gonçalo Galvão Teles)

Dot.com (2007)

Glamour (curta-metragem, 2005)

Tudo isto é Fado (2004)

A Noiva (telefilme, 2000)

Elas (1997)

Retrato de Família (1991)

A Vida é Bela?! (1982)

Morte no Tejo (documentário, 1979)

A Rapariga dos Fósforos (1978)

A Confederação: o Povo é que faz a História (1978)

Liberdade para José Diogo (documentário, 1976)

A Procissão dos Bêbedos (documentário, 1975)

Entremês Famoso sobre a Pesca no Rio Minho (curta-metragem, 1974)

Bestiário (curta-metragem, 1970)



publicado por Alma Lusa às 12:04

mistérios lisboa.jpg

 

 

Ano: 2010

Realização: Raúl Ruiz (Chile, 1941 - 2011)

Argumento: Carlos Saboga (adaptação da obra de Camilo Castelo Branco)

Produção: Paulo Branco

 

Elenco: Adriano Luz, Maria João Bastos, Ricardo Pereira, Clotilde Hesme (França), Afonso Pimentel, Léa Seydoux (França), Albano Jerónimo, João Arrais, Martin Loizillon (França), Julien Alluguette (França), Joana de Verona, Rui Morisson, Carloto Cotta, Maria João Pinho, João Baptista, José Manuel Mendes, Malik Zidi (França), Melvil Poupaud (França), Margarida Vila-Nova, Sofia Aparício, Catarina Wallenstein, André Gomes, Filipe Vargas, José Airosa, Marco D'Almeida, Martinho da Silva, Paulo Pinto, Vânia Rodrigues, Américo Silva, Ana Chagas, António Simão, Dinarte Branco, Duarte Guimarães, Helena Coelho, João Villas-Boas, Lena Friedrich (França), Marcello Urgeghe, Miguel Monteiro, Nuno Távora, Pedro Carmo, Tiago Fagulha, Cleia Almeida, Bruno Ambrósio, Carlos António, Martim Barbeiro, António Pinhão Botelho, Joana Botelho, Ana Sofia Campos, São José Correia, Raquel Dias, Leonor Figueiredo, Afonso Lagarto, Sofia Leite, Beatriz Leonardo, Sofia Marques, Eduardo Martins, Rui Neto, Júlio Salgado, Leonor Vasconcelos, Thor Schenker (França)

 

Sinopse: «Tinha 14 anos e não sabia quem era...» "Mistérios de Lisboa" mergulha-nos num turbilhão imparável de aventuras e desventuras, coincidências e revelações, sentimentos e paixões violentos, vinganças, amores desgraçados e ilegítimos numa atribulada viagem por Portugal, França, Itália e Brasil. Nesta Lisboa de intrigas e identidades ocultas, encontramos uma série de figuras que dominam o destino de Pedro da Silva, órfão de um colégio interno - Padre Dinis, que de aristocrata e libertino se converte em justiceiro; uma condessa roída pelo ciúme e sedenta de vingança; um pirata sanguinário tornado próspero homem de negócios - que atravessam a história do séc. XIX e a procura da identidade do nosso personagem.

 

"Mistérios de Lisboa", de Camilo Castelo Branco (1854)

 

 

 

A obra-prima de Raúl Ruiz, multi-premiada mundialmente, será reposta nas salas e reeditada em DVD a partir desta quinta-feira, 25 de Agosto.

 

Passados 5 anos sobre a morte de Raúl Ruiz (e 75 sobre o seu nascimento), e no ano que se celebra o 6º aniversário da estreia em sala de "Mistérios de Lisboa", a Leopardo Filmes repõe a obra ímpar na história do cinema português, nas salas de cinema de todo o país. Serão exibidos o filme e a série de 6 episódios numa edição remasterizada. Paralelamente será também reeditado o DVD do filme.

 
 
Considerado pela crítica como um dos melhores filmes do Século XXI, a obra de Raúl Ruiz, com argumento de Carlos Saboga, adaptado do texto de Camilo Castelo Branco, percorreu o mundo desde a sua estreia em 2010, tendo estreado comercialmente em mais de 15 países, passado por mais de duas dezenas de festivais e sido distinguida com 18 dos mais prestigiados prémios nacionais e internacionais. O filme foi ainda considerado o melhor pelas mais conceituadas publicações a nível internacional: Cahiers du Cinéma, Les Inrockuptibles, Film Comment, Le Monde , The New York Times.
 
 
Datas e Locais de Projecção:
 
Cinema Monumental, Lisboa (25 Agosto a 7 Setembro)
Auditório Municipal Charlot, Setúbal (25 a 31 Agosto)
Teatro Municipal do Campo Alegre, Porto (1 a 7 Setembro)
Theatro Circo, Braga (5 Setembro)
Centro de Artes e Espectáculos, Figueira da Foz (9 Setembro)
Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra (26 Setembro)
 



publicado por Alma Lusa às 10:33
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016

fredo.jpg

 

 

Sinopse: Fredo conta a história de Adolfo Maria, um jovem do interior que se muda para Lisboa à procura de um lugar para ser diferente, e a história de Fredo, um homem que teve quatro famílias e morreu sozinho. Dois mundos que se tocam, duas histórias em contramão. É um elogio aos heróis que nunca foram cantados, aos amores sem testemunho, às mortes solitárias. «Decidir cada passada é maçador, implica coragem e ousadia, implica uma determinação que transforma a viagem em algo verdadeiramente nosso, com um corpo, com memória, com presença. Implica pensar com os pés. Atravessar um quarteirão, ou uma vida, sem a cabeça nos pés, é caminhar para esquecê-lo. Mais fácil.»
 
 

Ricardo Mota.jpg

 

Ricardo Fonseca Mota nasceu em Sintra, em 1987, cresceu em Tábua e acabou de crescer em Coimbra. Com o pseudónimo Ricardo Agnes publicou o livro de poesia In Descontinuidades (2008) e diversos trabalhos em diferentes publicações. Tem trabalhado com músicos, grupos de teatro, fotógrafos e artistas plásticos. É formado em Psicologia pela Universidade de Coimbra e, em 2015, foi o mais jovem vencedor do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís.


publicado por Alma Lusa às 15:36
Terça-feira, 23 de Agosto de 2016

festival contos mundo.png

 

 

 https://palavrasandarilhas.wordpress.com/

 

Mais de trinta artistas, músicos e contadores de histórias, de dez nacionalidades, estarão em Beja entre os dias 24 e 28 de Agosto, numa programação dedicada à arte de contar histórias que invade a cidade e arredores. Mais de cinquenta sessões de contos, espectáculos de teatro e de música ao longo de cinco dias bem preenchidos.

 

Na primeira edição, o Festival de Contos do Mundo terá o coração no Jardim Público e no Centro Histórico, desdobrando-se pelas freguesias rurais – com os Contos d’Ir Ò Fresco – e levando ainda os contos a lares e centros de dia.

 

O Festival traz, pela mão de contadores de histórias, artistas e músicos do mundo, palavras e sonoridades que nos surpreendem pela semelhança ou pela diferença, que nos falam de outros lugares e de outros sonhos nos quais somos capazes de nos rever na diversidade. São imaginários que nos chegam de Portugal, de Espanha, de Itália, de Marrocos, do Mali, de São Tomé, de Cuba, da Argentina, do Brasil e do Japão.

 

Entre muitas outras actividades, a programação propõe, nos fins de tarde, sessões de contos e espectáculos dirigidos a públicos de todas as idades pelas sombras e recantos do Jardim Público. Entre uma actividade e outra, é possível visitar as instalações/exposições e o Mercado Andarilho, com artesãos e livreiros.

 

Para as noites frescas do festival, a programação propõe a cumplicidade das sessões de contos passadas na companhia dos contadores de histórias que chegam de toda a parte. Entre as muitas sessões que nos vão aconchegar durante as noites do festival, destacam-se: as palavras de Manuel Garrido e a música da kora de Ibrahim Diabaté, que nos trazem uma grande epopeia mandinga na noite do dia 24; o passeio do Coro dos Sonhadores – desde o Castelo até o Jardim Público onde terminaremos a noite de 25 em roda com Estes contos que nos unem; as histórias berberes de Mohamed M. Hammu; a delicadeza das histórias com objectos do espanhol Rodorín na noite de 26; o encontro das tradições portuguesa, brasileira, cubana, são-tomense e japonesa pela mão de Vitor Fernandes, António Fontinha, José Mauro Brant, Cláudia Fonseca, Corália Rodriguez, Ângelo Torres e Yoshi Hioki, a partir de 24 de Agosto.

 

A programação propõe ainda experiências artísticas que cruzam muitas linguagens e olhares como é o caso de Pasta e Basta – Um mambo italiano, espectáculo de Giacomo Scalisi e em co-criação com Miguel Fragata e Afonso Cruz que se apresenta nos dias 25, 26 e 27 e que estreia em Beja, no dia 28, uma versão para os mais novos, numa sessão especial para crianças a partir dos 3 anos.

 

As apresentações de livros, de projectos, os espectáculos de poesia, as pequenas exposições e instalações convidam a circular entre o Teatro Pax Julia, a Biblioteca e o Jardim, na procura destas vozes e destas histórias.

 

O Festival de Contos do Mundo encerra a 28 de Agosto com duas vozes de forte identidade: as histórias de Jorge Serafim e as músicas de Celina da Piedade, num serão de domingo, já quase a cheirar a fim de férias, mas remoçados com tantas vozes, histórias e sonoridades.



publicado por Alma Lusa às 16:13
Segunda-feira, 22 de Agosto de 2016

Backstage.png

 

"Backstage" é um programa que nos revela tudo o que o público e os fãs gostariam de saber acerca de um artista ou de uma banda no dia do seu concerto.

 

O programa é narrado pelo artista e explica-nos, sempre através do seu ponto de vista, as situações do dia, como a preparação da mochila, a chegada ao recinto, o ensaio de som, as reuniões, os momentos de pausa, o backstage, o jantar, o aquecimento da voz, o concerto e o pós-concerto.

 

"Backstage" é uma série de 13 episódios, onde cada programa é dedicado a um só artista, assumindo-se como um projecto de promoção dos artistas e músicos portugueses (e respectivos espectáculos) e constituindo um património audiovisual para memória futura da actual música portuguesa.

 

No primeiro episódio, vamos de viagem com os Amor Electro.

 

De 2ª a 6ª, ao final da noite, na RTP1.

 

22 de Agosto – Amor Electro
23 de Agosto – Agir
24 de Agosto – Tiago Bettencourt
25 de Agosto – Ana Moura
26 de Agosto – Mickael Carreira

 

29 de Agosto – Paulo Gonzo
30 de Agosto – Aurea 
31 de Agosto – David Fonseca 
1 de Setembro – Rui Veloso
2 de Setembro – Anselmo Ralph

 

5 de Setembro – Deolinda
6 de Setembro – HMB
7 de Setembro – The Gift



publicado por Alma Lusa às 10:55

livreiro2.jpg

 

Realização, Argumento e Música: José Medeiros

Elenco: José Medeiros, David Medeiros, Sara Almeida, Maria Botelho, Nelson Cabral, Frederico Amaral, Marta Andrino, Bruno Correia, Maria do Céu Guerra, Carlos Guerreiro, Maria Medeiros, Anabela Morais, Filipa Pais, Jorge Palma, Raul Resendes, Leonardo Sousa

 

Sinopse: "O Livreiro de Santiago", mini-série de 3 episódios, conta a extraordinária história de Carlos George Nascimento, açoriano nascido na Ilha do Corvo que, após ter emigrado para os Estados Unidos da América, e posteriormente para a América do Sul, veio a ser o mais importante editor livreiro de Santiago do Chile, tendo sido o primeiro editor de nomes tão significativos para a literatura como Gabriela Mistral e Pablo Neruda.

 

Segundas, às 23h40, na RTP2.

 

CARLOS GEORGE NASCIMENTO.jpg

 

Carlos George Nascimento (1885 - 1966) 

 



publicado por Alma Lusa às 10:29
Sexta-feira, 12 de Agosto de 2016

comitiva-de-portugal-nos-jogos-olimpicos-rio-679x4

 



publicado por Alma Lusa às 15:14

TELMA_SANTOS_SALSA_OBJECTO.jpg

 

A partir das 23h30, Telma Santos disputa, frente à norte-americana Iris Wang, o segundo jogo da fase de grupos do torneio individual feminino de badminton.

 

A partida terá transmissão na RTP1.



publicado por Alma Lusa às 14:53

ANA_RENTE_SALSA_OBJETO.jpg

 

Esta sexta-feira, 12, a ginasta portuguesa Ana Rente disputa, a partir das 18h00, as eliminatórias de Trampolim Individual Feminino. Caso seja apurada, irá disputar a final a partir das 19h40.

 

As provas de Ginástica serão transmitidas na RTP2 e Sport TV4.

 



publicado por Alma Lusa às 11:44

lima e costa.jpg

 

Jorge Lima e José Costa 

 

Esta sexta-feira, 12, os velejadores portugueses Jorge Lima e José Costa iniciam a prova de 49er.

 

O primeiro dia da prova tem início às 17h00 e será transmitido na RTP1 e Sport TV2.

 



publicado por Alma Lusa às 10:31
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
16
17
18
19
20

21
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO